Deputado WALDEMAR BORGES (PSB) não é mais o líder do Governo Paulo Câmara na Assembleia Legislativa do Estado

Nota à Imprensa

WaldemarFruto de um entendimento amadurecido ao longo dos últimos meses junto ao governador Paulo Câmara, deixo a Liderança do Governo na Assembleia Legislativa de Pernambuco a partir desta legislatura.  Há seis anos no cargo, acredito ser saudável que haja um rodízio nessa função que tanto me orgulho de ter desempenhado. A oportunidade de liderar na Assembleia o projeto político iniciado em Pernambuco por Eduardo Campos, e hoje comandado por Paulo Câmara, foi verdadeiramente um privilégio que a história me reservou.

Agradeço inicialmente aos governadores que me confiaram essa missão. A Eduardo Campos, a João Lyra e a Paulo Câmara. Nenhum desses jamais me recomendou nada além de empenho para servir, com o melhor dos meus esforços, a Pernambuco. Agradeço às equipes governamentais com as quais interagi nesses últimos seis anos. Agradeço à Bancada do Governo na Casa, cuja coesão, respaldada pela qualidade dos projetos elaborados pelo Executivo, garantiu a aprovação de todos as mensagens enviadas à Casa ao longo desse período. Faço uma referência à Bancada da Oposição, com a qual sempre estabeleci uma via de mão dupla assentada no respeito recíproco, e cuja intervenção nos debates muitas vezes ajudou a aperfeiçoar propostas governamentais.

 Coloco-me, como sempre, na condição de militante da Frente Popular de Pernambuco, à disposição para desempenhar qualquer missão que, estando ao meu alcance, venha contribuir com a consolidação e o avanço do projeto político que mais fez por Pernambuco, sobretudo pelo segmento da população historicamente menos assistidos pelo Poder Público. Por fim, dou as boas-vindas aos novos colegas que chegam ou retornam à Assembleia. Suas presenças, certamente darão ainda mais ânimo para que consigamos seguir ajudando o nosso Estado a atravessar, sob a liderança do governador Paulo Câmara, esse grave momento que atravessa o País.

Waldemar Borges

Deputado Estadual

INDEPENDÊNCIA DE PERNAMBUCO e a origem da nossa bandeiara.

marcio-maiaUm texto do jornalista Marcio Maia (cmarciomaia@bol.com.br )

 

bandeiraCausou intensa repercussão o artigo que escrevi e foi publicado no ACERVO DO CASTANHA, na semana passada, sobre as comemorações dos 200 anos da Independência de Pernambuco.

Muitas pessoas mandaram-me mensagens eletrônicas, outros fizeram ligações telefônicas e alguns amigos demonstraram surpresa com o assunto.

Chegaram a dizer que desconheciam aqueles fatos. Não é de admirar pois esse importante ponto da História de nosso Estado sempre foi estrategicamente, escondido pelos historiadores sulistas.

Poucos sabem que as margens do Rio São Francisco até a divisa com Minas Gerais, assim como onde hoje está o Estado das Alagoas, era território pernambucano e que foi desmembrado por Dom Pedro I como represália pela ousadia dos pernambucanos.

Por sinal, existe em tramitação no Congresso Nacional um projeto de lei do então deputado federal Roberto Magalhães, pedindo a devolução das ricas terras.

É interessante perceber que não sabiam que a atual bandeira de Pernambuco é praticamente, a mesma bandeira do País Pernambuco, que existiu há 200 anos.

A única diferença é que a do País tinha três estrelas, que representavam as Províncias da paraíba e Rio Grande do Norte, que faziam parte da Nação.

O pavilhão passou nada menos de cem anos escondido e verdadeiramente proibido de ser ressuscitado.

Quando da comemoração dos 100 anos da Revolução Pernambucana, o então governador Manoel Borba determinou que o Instituto Histórico e Arqueológico de Pernambuco fizesse uma pesquisa e a atual bandeira passou a ser a oficial.

São fatos marcantes que não podem ser esquecidos e devem ser restaurados e mostrados à juventude para que todos tomem conhecimento da força de nosso povo, onde corre o sangue dos Caetés, a única tribo do Brasil, cujos caciques nunca se renderam aos colonizadores.

Também não se pode esquecer que o Frei Caneca, Gervásio Pires e outros heróis passaram anos presos e torturados em verdadeiras masmorras na Bahia.

Mostrando toda sua força, coragem e sede de liberdade, Frei Caneca, ao ser solto, voltou para cá e liderou a Confederação do Equador, outro movimento pelo fim da Monarquia e pela implantação da República.

 

____________________________

 

Santa Efigênia firma parceria com Unifavip/Devry e promove curso para profissionais da saúde que atuam em emergências

SANTA EFIGENIA V1Nos próximos dias 21 e 22 de janeiro, o Hospital Santa Efigênia (HSE), em parceria com o Centro Universitário Unifavip/Devry, promove o primeiro curso de Suporte Avançado de Vida em Cardiologia (ACLS) para capacitação de profissionais da área da saúde como médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e estudantes do último período de medicina.

SANTA EFIGENIA VO curso será aberto, principalmente, aos profissionais que atuam em unidades de urgência e emergência e em unidades intensivas. O objetivo é uma educação continuada para qualificá-los no suporte avançado de vida na cardiologia como, por exemplo, na condução de um paciente em parada cardíaca, além de facilitar a ação no atendimento de arritmias cardíacas. 

O curso é fornecido pela Unidade de ACLS do Hospital de Cardiologia do Estado de Pernambuco Agamenon Magalhães. Os participantes terão direito à certificado reconhecido pela Hart Medical, válido por dois anos.

Assista agora o primeiro trailer da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém. É só acessar https://www.youtube.com/watch?v=u2IziVPAhbw

A Sociedade Teatral de Fazenda Nova divulgou o trailer promocional da temporada 2017 da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém que será realizada de 8 a 15 de abril. 

paixaoO filme, que pode ser assistido no link https://www.youtube.com/watch?v=u2IziVPAhbw , traz cenas do Sermão da Montaha, da tentação de Jesus no deserto e de Judas recebendo as 30 moedas dos sacerdores, entre outras.

Em destaque, aparecem os atores Rômulo Neto (Jesus), Letícia Birkheuer (Maria), José Barbosa (Judas) e Ricardo Mourão (Caifaz).

Ainda serão lançados mais cinco vídeos nos quais aparecerão os outros artistas convidados para essa temporada: Raphael Vianna, (Herodes), Joaquim Lopes (Pilatos), Aline Riscado (Herodíades) e Jesus Luz (apóstolo João).  Os filmes foram criados e dirigidos pelo cineasta Eduardo Morotó. Os ingressos já estão à venda pelo do site oficial (www.novajerusalem.com.br). 

_______________________________________

Mauro Gomes
Jornalista
81 99707.2200 / 81 99974.8183
MG COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL
www.mgcomunicacao.com