Programa JOTA SILVA debate nesta segunda-feira sobre a atitude do prefeito BRUNO MARTINIANO de ter rompido com o senador ARMANDO MONTEIRO para apoiar o candidato PAULO CÂMARA

RADIOI  M  P  E  R  D  Í  V  E  L 

O fato político da semana em Gravatá que teve repercussão em todo o Estado de Pernambuco.

 

metra 2JOTA SILVA    O radialista Jota Silva da Rádio Gravatá FM e o jornalista Claudio Castanha, do BLOG do Castanha, vão debater na manha desta segunda feira o fato marcante da semana política de Gravatá.

O prefeito Bruno Martiniano do PTB rompeu com a candidatura do presidente do seu Partido, senador Armando Monteiro Neto para apoiar o candidato da chapa montada pelo ex-governador presidenciável Eduardo Campos, formada por Paulo Câmara governador, Raul Henry na vice e Fernando Bezerra para o Senado.

O debate começa às 7hs no programa “Sem Medo de Falar a Verdade” do radialista Jota Silva na 92,3 Rádio Gravatá FM, com a participação do jornalista Claudio Castanha, o diretor João Machado Guimarães dentre outros.

O FATO POLÍTICO DA SEMANA – Saiba porque Bruno Martiniano (PTB) preferiu seguir a linha de Eduardo Campos e abandonou o candidato do seu Partido, Armando Monteiro

bruno e paulo

Carta Aberta à População de Gravatá.

Tendo em vista as recentes especulações, tratando de meu apoio ao pré-candidato a Governador o socialista Paulo Câmara, decidi trazer à população Gravataense os motivos que justificam nosso engajamento nesta causa, que é a melhor para o Brasil, para Pernambuco e para Gravatá.

-o-

Durante o exercício 2013 percebemos uma grande queda nos repasses de recursos federais para os municípios, queda esta que vem se perpetuando em 2014, e mesmo com os esforços dos prefeitos em diversas frentes, não foi possível, em 15 meses de tentativas, rever esta política do Governo Federal que vem sufocando as administrações municipais. No contraponto, assistimos um franco crescimento da economia estadual, com desenvolvimento perceptível em saúde, em educação, no segmento industrial e comercial, este refletindo no crescimento contínuo do ICMS e dos índices sociais no Estado. Posso citar ainda a proposta do Ex-Governador e Futuro Presidente do Brasil, amplamente divulgada, que traz para o campo da realidade a discussão sobre o Pacto Federativo, que pretere os municípios na distribuição do bolo de recursos. Considero a proposta de Eduardo Campos séria, comprometida com os municípios e melhor para o Brasil, para Pernambuco e para Gravatá.

-o-

Na busca por apoio do Governo Federal, diversos projetos foram formatados com o intuito de conseguir recursos para executar obras de importância para Gravatá, que trouxessem um crescimento estruturador, mas, também não estamos tendo sucesso nesta frente, apesar de todos os esforços compreendidos. Mesmo com atenção máxima aos procedimentos e burocracia exigidas, sem causa aparente, estamos perdendo os recursos já empenhados, como a implantação do atendimento em especialidades médicas em Gravatá, que teve o empenho anulado sem promessa de novos pleitos. Posso registrar que municípios menores foram contemplados com mais recursos, e que esses recursos estão sendo repassados aos municípios, muito diferente do que acontece conosco, em Gravatá. Nesta esteira, mais uma vez contraponho com a atitude do Governo Estadual, reconhecendo que pela ação direta do Deputado Waldemar Borges, foi autorizada a reforma do Hospital Paulo da Veiga Pessoa, custeada 90 % com recursos do Estado e que está em fase de liberação dos recursos, traduzindo uma política verdadeira e de apoio, melhor para o Brasil, para Pernambuco e para Gravatá.

-o-

Não tivemos a oportunidade de receber uma só obra nova custeada com recursos federais, apenas estamos executando lentamente uma obra que vem da gestão anterior e que não se conclui pela falha no projeto herdado da administração federal, com diversas omissões e falhas de projeto, já discutidos amplamente inclusive em programas de televisão de audiência nacional. O Governo Estadual entregou o Parque da Cidade, entregou a Escola Técnica Estadual e se comprometeu a fazer a regularização das rodovias e ruas do município e em finalizar a pavimentação da PE 87, que liga o Centro de Gravatá aos distritos de Mandacaru e Uruçu, melhor para o Brasil, para Pernambuco e para Gravatá.

-o-

No campo da governabilidade, trabalhamos uma ampla reunião de forças, abrindo a discussão com os Vereadores, Suplentes de Vereador, Lideranças Comunitárias, pessoas ligadas aos sindicatos, e todos os que compõem nosso grupo político, promovendo a discussão com todo o grupo e observamos uma clara tendência ao grupo socialista, quase que sempre motivada pela ausência dos Trabalhistas nos eventos do município, no cotidiano das atividades sociais e políticas desenvolvidas. Em clara demonstração de uma atitude de interesse com os que fazem o município de Gravatá, tivemos a presença permanente do então Governador Eduardo Campos, junto com todo o seu grupo técnico e político, em mais uma atitude que não discriminou o povo de Gravatá, não trouxe prejuízos, pelo contrário, enriqueceu nosso grupo e fortaleceu nossos atos, sendo muito melhor para o Brasil, para Pernambuco e para Gravatá.

-o-

Sou representante deste povo, que admiro, respeito e sirvo. Recebi da maioria da população Gravataense a incumbência de fazer nossa terra crescer e se desenvolver, e para conseguir isso sou impulsionado a buscar as melhores condições de trabalho e de apoio para cumprir meu objetivo. Não vou falhar nesse trabalho, não vou me omitir nesse compromisso, preciso sempre buscar e oferecer o melhor para Gravatá, para Pernambuco e para o Brasil.

-o-

Com muita satisfação, caminho junto dos amigos de Gravatá: Eduardo Campos, Paulo Câmara, Fernando Bezerra Coelho e Waldemar Borges.

Gravatá, 17 de Abril de 2014

 Bruno Martiniano

 

 

Pré Candidato Paulo Câmara visitou Luiz Prequé na residência de sua familia. Tomaram café juntos na manha desse domingo.

O termômetro da Campanha política de 2014

Depois de uma intensa maratona política do sábado, Paulo Câmara preferiu um café da manhã neste domingo com o vereador Luiz Prequé e sua familia no bucólico terraço da fazenda Umburana no caminho de Três Vendas. No cardápio, cuscuz, tapioca, inhame, macaxeira queijos, frutas, sucos, churrasco e muita conversa política.

preque 1 preque 2 preque 3 preque 4O sábado teria sido muito duro para Paulo Câmara. Recebeu apoio político do prefeito de Gravatá Bruno Martiniano e seu grupo, visitou e foi recebido por muitos políticos que estão passando fim de semana aqui na terrinha e esteve no pátio de eventos para assistir ao show do Padre Fábio de Melo.

Para recuperar as energias e manter acesa a sua luta política, o pré-candidato a governador preferiu visitar o a família do vereador ex-prefeito Luiz Preque e seu filho o vice-prefeito de Gravatá Rafael Prequé, para num café da manhã.

O PSB de Gravatá está dividido. O prefeito Bruno Martiniano do PTB resolveu apoiar a candidatura majoritária do PSB. Está rachado com o seu vice Rafael Prequé (PSB) e tem como principal adversário no legislativo o vereador Luiz Prequé (PSB) que lidera um grupo de oposição na Câmara. As divergências entre o prefeito e o seu vice estão cada vez maiores. E Paulo Câmara e toda a sua chapa eleitoral vai precisar da unidade do PSB em torno do seu projeto político também aqui em Gravatá.

Paulo Câmara já teria conversado com o grupo do ex-prefeito Joaquim Neto (PSDB), numa audiência fechada no Recife, definindo também sua estratégia de apoio nas eleições de 2014.

LIÇÃO DE ARRAES

O pré-candidato a governador de Pernambuco pelo PSB, Paulo Câmara, tem mostrado o que aprendeu da cartilha política do líder socialista Miguel Arraes de Alencar e tão bem assimilada pelo neto Eduardo Campos e agora passada e repassada pelas novas gerações dos políticos seus seguidores.

Conversou muito com Luiz Prequé, ouviu do vereador todas as versões sobre a política local e o relacionamento conturbado com o grupo do prefeito, ficou informado sobre os projetos do vice Rafael Prequé em se lançar candidato a deputado federal pela legenda do PSB e demonstrou está perfeitamente inteirado das questões da política de Gravatá.

O pré-candidato Paulo Câmara estava acompanhado do secretário de Saúde do Estado Antonio Figueiras e de um amigo particular. Luiz Prequé estava acompanhado do filho advogado Ricardo Prequé s de seus familiares e do amigo Eduardo Cassapa. Rafael Prequé está na cidade de Natal, Rio Grande do Norte e se inteirou do encontro pelo telefone.

Paulo Câmara disse que viria a Gravatá para o lançamento da cabdidatura de Rafael Prequé a deputado federal pelo PSB.

 

Pré-candidato a governador de Pernambuco, veio a Gravatá, agradou, mostrou leveza, educação e tranquilidade. AGRADOU A TODOS!

GRAVATÁ REVERENCIA PAULO CÂMARA

Surge um novo personagem na política pernambucana.

BMA 1 BMA 2 BMA 3 BMA 4 BMA 5 BMA 6 BMA 7 BMA 8 BMA 9 BMA 91 BMA 92BM NOITE 1 BM NOITE 2 BM NOITE 3Paulo Câmara esteve em Gravatá neste feriado da Semana Santa e surpreendeu muita gente!

Recebeu importantes apoios para sua candidatura, foi recepcionado, posou para fotos com os políticos, concedeu entrevista ao “Metralhadora Giratória” do Primeira Página da Rádio Gravatá FM, conversou com os nossos vereadores, participou da grande festa política na casa do deputado estadual Sebastião Oliveira e, de noite foi assistir ao show do Padre Fábio de Melo no pátio de eventos e ficou no camarote do prefeito Bruno Martiniano.

Quem imaginava que Paulo Câmara seria um ilustre desconhecido enganou-se. Apesar de estar há muito pouco tempo na exposição dos meios de comunicação sua presença já é muito assimilada pela população. Possivelmente por ter sido indicado pelo presidenciável ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos.

As fotos desta página (cedidas pelo repórter fotográfico Ednaldo Lourenço BONECO) podem mostrar com muito mais clareza o que o texto a cima tentou exprimir.

 

 

“Metralhadora Giratória”, um micronfone de jornalismo inteligente para políticos inteligentes num sábado de Páscoa em que marcou a história contemporânea da Politica de Gravatá

castanha-3radio-castaDe uma só vez, o “Metralhadora Giratória” entrevistou os pré=candidatos Paulo Câmara e Raul Henry, o prefeito Bruno Martiniano, o deputado Waldemar Borges, o secretário geral do PSB, Adilson Gomes, o ex-governador Joaquim Francisco, o ex-prefeito Ozano Brito Valença e outras lideranças, deixando a Gravatá e mais 84 municípios onde a potência da Rádio Gravatá FM chega, A Rádio Maragogi FM, esteve em cadeia com a Gravatá FM, cobrindo de audiência todo o litoral sul de Pernambuco e Norte de Alagoas. 

METRA 2 METRA 3 METRA 4 METRA 5 METRA 6 METRA 7 METRA 8 METRA 9 unnamed  METRA 92 METRA 91 METRA 9O Prefeito de Gravatá, Bruno Martiniano  (PTB) declarou neste sábado (19), durante encontro bastante prestigiado, no Hotel Portal,  apoio ao pré-candidato do PSB, Paulo Câmara e seu vice, Raul Henry, bem como ao pré-candidato ao Senado, Fernando Bezerra Coelho e ao pré- candidato à Presidência da República, Eduardo Campos.

Mais de trezentas pessoas prestigiaram o evento que contou com a presença de seis deputados, cinco prefeitos e mais de 40 vereadores de cidades da região, os dez vereadores da bancada governista de Gravatá além de inúmeras autoridades como o ex-governador Joaquim Francisco, os ex-prefeitos Ozano Brito e Arnaldo Lucena e correligionários ligados ao grupo de Bruno Martiniano.

 Estiveram presentes: o ex-governador, Joaquim Francisco; o presidente da Alepe, Guilherme Uchoa; o secretário estadual do PSB, Adilson Gomes; a deputada federal, Luciana Santos; os deputados estaduais, Waldemar Borges, Sebastião Oliveira, Diogo Morais, Laura Gomes, Henrique Queiroz; além de prefeitos e vice-prefeitos de várias cidades, o secretário estadual de Turismo, Romeu Batista e o ex- secretário estadual de Saúde, Antônio Figueira. 

 Uma reunião que antes seria para no máximo 20 pessoas, com o objetivo de apresentar Paulo Câmara aos vereadores, tomou uma proporção muito maior, reunindo mais de 300 participantes. Bruno foi o primeiro prefeito do PTB a aderir publicamente a chapa da Frente Popular de Pernambuco.

 “Que alegria ver tantas pessoas reunidas aqui em pleno sábado de Páscoa. É uma honra estar recebendo o seu apoio Bruno, pois sei o quanto você é responsável e verdadeiro em suas atitudes. Este encontro só vem comprovar uma palavra que norteia o nosso projeto “União”. Somos um time preparado para o avanço. Gravatá está de parabéns e tenham certeza que iremos fazer muito mais por esta cidade tão querida”, enfatizou Paulo Câmara.

 ”Ver este auditório cheio é mostrar  a grande expressão política que este prefeito possui aqui em Gravatá. Bruno viu que o nosso projeto tem conteúdo, propostas verdadeiras e que visam o caminho do desenvolvimento. Bem – vindo Bruno Martiniano…Bem – vinda Gravatá”, falou Raul Henry.

 ”Realizamos este evento hoje, porque Gravatá está de portas abertas para aqueles  que queiram o melhor para a nossa querida cidade, para Pernambuco e para o Brasil. Paulo Câmara, Raul Henry, Fernando Bezerra Coelho, Eduardo Campos e Waldemar Borges são homens de coragem, sérios e trabalhadores”, pontuou Bruno Martiniano.

O microfone “Metralhadora Giratória” do Programa Primeira Página foi transmitido ao vivo, do terraço do Centro de Convençôes do Hotel Portal de Gravatá, através do Link de Externa comandado por Ruydenberg Daniel, com Bosco Silva e Simone Cristina no estúdio do Morro do Cruzeiro, com produção de Marcia Daniela e direção de Gilson Machado Neto, que no momento estava nos estúdios da Rádio Maragogy FM na divisa de Pernambuco e Alagoas. O quadro jornalístico de entrevistas do “Metralhadora Giratória” é uma parceria entre a Rádio Gravatá FM e o blogodocastanha.com do jornalista Claudio Castanha.

 

 

Num gesto de coragem e ousadia política prefeito de Gravatá, Bruno Martiniano (PTB) anuncia que vai apoiar achapa do PSB de Paulo Câmara e Eduardo Campos.

BM 1

Cinco deputados, cinco prefeitos, mais de 40 vereadores da Região e outras trezentas pessoas lotaram o auditório do Hotel Portal para receber os candidatos majoritários da chapa liderada pelo presidenciável Eduardo Campos, Paulo Câmara e Raul Henry e outros socialista. Bruno Martiniano descartou a cabdidatura do presidente do seu partido PTB, Armando Momnteiro Neto.

BM 1   BM 3BM 4BM 5METRA 2BM 2BM 6 BM 7 BM 8 BM 9 BM 91Foi assim, nesse sábado de Páscoa, as dependências do Hotel Portal Gravatá, que o prefeito Bruno Martiniano (PTB) conseguiu reunir cerca de 300 pessoas, dentre elas seis deputados, seis prefeitos, quase cinco dezenas de vereadores da região, para, sem nenhum tipo de constrangimento a liderança maior do seu partido no estado, o senador e pré-candidato ao governo Armando Monteiro, para comunicar oficialmente sua adesão ao adversário na disputa pelo comando estadual, Paulo Câmara (PSB), que estava presente à reunião.

Além dos pré-candidatos a governador e vice, respectivamente, Paulo Câmara e Raul Henry (PMDB), estavam presentes ao encontro  os deputados Guilherme Uchôa (PDT), Waldemar Borges, Laura Gomes, Sebastião Oliveira (PP),  e a federal Luciana Santos (PCdoB), e os prefeitos de Bezerros (Branquinho), Sairé (Fernando Pergentino e o vice Natanael Ferreira), Chã Grande (Daniel Alves), Aliança (Cacá), Abreu e Lima (Junior Matuto) ed mais algumas dezenas de vereadores.

Foram prestigiar  a solenidade de adesão de Bruno Martiniano, o ex-governador Joaquim Francisco (PSB), os ex-prefeitos de Gravatá, Ozano Brito e Arnaldo Lucena (ambos do PSB), o secretário geral do PSB, Adilson Gomes, o vereador presidente da Câmara Municipal Pedro Martiniano (PRB) e mais nove vereadores da bancada governista

Na oportunidade foi lida a “Carta Aberta ao Povo de Gravatá” assinada pelo prefeito onde ele relata toda sua motivação que o fez romper com o seu partido e apoiar a candidatura da legenda adversária liderada por Paulo Câmara, Raul Henry, Fernando Bezerra Coelho e Eduardo Campos para presidente. “A importância da continuidade do modelo de gestão implantado pelo ex-governador Eduardo Campos”, é a pregação dos socialistas que têm atraído um grande número de partidos e lideranças sejam elas da base aliada ou dissidentes, como é o caso de Martiniano.

 Caso o PTB considere a postura de Bruno Martiniano infidelidade ao partido, pode fazer uso da Lei de Fidelidade Partidária e requerer o cargo do prefeito de Gravatá.

Mas os socialistas não são os únicos a receberem dissidentes para apoiar a candidatura do afilhado político do ex-governador Eduardo Campos. Na última semana vários prefeitos de outras legendas que deveriam apoiara candidatura do senador  Armando Monteiro Neto  aderiram a linha de Paulo Câmara e Eduardo Campos. Dentre elas destacamos  Gerson Henrique (PTB) – prefeito de Jucati, Pastor Marcos José (PT) – prefeito de Abreu e Lima, Daniel Almeida (PT) – prefeito de Vertente do Lério, Reginaldo Cavalcante (PT) – prefeito de Orocó
Romério Guimarães (PT) – prefeito de São José do Egito e  Gesimário Baracho (PT) – ex-prefeito de Igarassu.

Depois do concorrido evento, Paulo Câmara, Raul Henry, Bruno Martiniano, Joaquim Francisco, Ozano Brito, Pedro Martiniano, Waldemar Borges e outras lideranças concederam entrevistas ao jornalista blogueiro Claudio Castanha no programa Metralhadora Giratória do Programa Primeira Página da Rádio Gravatá FM.

 

Bruno Martiniano (PTB) reúne políticos e lideranças do PSB na manhã de hoje para afirmar que vota no pré-candidato Paulo Câmara (PSB) para governar Pernambuco

castanha-3radio-castaA reunião ocorrerá na manhã de hoje, no salão de convenção do Hotel Portal. A Rádio Gravatá FM, através do programa Primeira Página e da “Metralhadora Giratória” do jornalista Claudio Castanha vai realizar uma série de entrevistas com o personagens desta história.

O prefeito do PTB dissidente do pré-candidato senador Armando Monteiro  Neto será um dos entrevistados logo mais ao meio dia. Além de Bruno, o “Metralhadora Giratória” vai brigar para entrevistar para seus ouvintes os pré-candidatos Paulo Câmara (PSB) o seu vice na chapa Raul Henry (PMDB), o candidato a senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) além dos deputados Waldemar Borges (PSB), Sebastião Oliveira (PP) e muito outros. O ex-governador de Pernambuco e ex-prefeito duas vezes da cidade do Recife, Joaquim Francisco (PSB) também será um dos entrevistados para falar da conjuntura politica atual, do Brasil, do Estado e dos municípios, dentre eles Gravatá.

 

Não é mais novidade, Já está nas redes sociais. O prefeito de Gravatá Bruno Martiniano (PTB) vai apoiar o candidato Paulo Câmara do PSB

As voltas que a política dar

br vO prefeito esteve em Brasília na festa de lançamento da campanha presidencial de Eduardo Campos e Marina Silva, acompanhado do vereador secretário de Turismo Fernando Resende (PSB), e dos secretários Ivam da Farmácia (Saúde) e Gabriel Tenório (Finanças).

Lá, encontrou-se com um socialistas do PSB pernambucano presentes ao evento e liderados pelo candidato a governador Paulo Câmara, Fernando Bezerra Coelho, o deputado Waldemar Borges e outras lideranças do grupo do governador Eduardo Campos.

No dia de ontem, Bruno Martiniano e Fernando Resende estiveram na sede do PSB em Recife e conversaram longamente com os candidatos Paulo Câmara e Fernando Bezerra Coelho, respectivamente candidatos a governador e senador pelo PSB nas próximas eleições.

Poucas horas depois o vereador secretário de turismo Fernando Resende publicava em sua página pessoal no facbook uma foto dele, juntamente com Paulo Câmara, Bruno Martiniano e Ivan da Farmácia com os seguintes dizeres: “Semana santa chegando, além das festividades da cidade, teremos novidades políticas também. Gravata sábado vai amanhecer Bem Melhor”.

A notícia espalhou-se e toda a cidade já está sabendo que Bruno Martiniuano  (certamente para desespero do grupo do candidato a governador pelo PTB, Armando Monteiro Neto) que no próximo sábado de Aleluia deverá declarar seu apoio ao candidato Paulo Câmara e aos seguidores do ex-governador presidenciável Eduardo Campos.

Na manhã de hoje o prefeito Bruno Martiniano deverá se reunir com sua bancada de vereadores, depois com assessores e lideranças do seu grupo político para anunciar os novos rumos da política local por ele protagonizada,
É 40 graus de emoção!!!!!!

Vem aí a edição especial do Jornal VIVA GRAVATÁ

Dias de muito trabalho.

O BLOG ficou um pouco esquecido nas últimas horas. Afinal, fechar quarenta páginas de jornal, tratar de negócios de publicidade com clientes e as agências de midia e propaganda, pesquisar e editar as matérias, escolher e tratar as fotografias, atender telefone dos leitores interessados em saber mais detalhes sobre a edição,,,  é coisa de louco,

Depois disso tudo, encaminhar a Edição do Viva Gravatá para a gráfica, fazer o pagamento à vista, contratar caminhão baú para trazer os mais de 15 mil exemplares e depois organizar a equipe de distribuição dos exemplares. A equipe da redação é pequena, mas os profissionais convocados para este trabalho são muitos. Mais de 15 pessoas, além do apoio da editora assistente jornalista Fernanda Tavares.

Esse é o jornal Viva Gravatá, que me dá muito trabalho, mas, que eu amo muito o que realizo.

Uma boa leitura para todos. Quinta feira nas ruas, no comercio, nos privês, hotéis, bares e restaurantes e nas mãos do povo.

Obrigado pela atenção!