P O L I T I C A – Um artigo de EDSON MATOS

AUTORETRATO DE UM HONORÁVEL CORRUPTO

Por Edson Matos

jn 2Podem dizer o que quiserem de mim, não dou à mínima. No imaginário dos meus eleitores sou um herói. Eu me amo quando bandos de otários, que não votam em mim, me olham e baixinho me chamam de ladrão, velhaco, salafrário…

Todo mundo já ouviu o velho ditado: “Falem mal, mas falem de mim”. Quando me chamam de corrupto, bandido e patife eu entro em estase, fico leve, eufórico e tomado pela sensação de me sentir superior aos idiotas e babacas que pensam que eu ligo para o que estão dizendo.

O que eles sentem mesmo é inveja. Invejam a idolatria dos meus eleitores, que simplesmente ignoram que me dei bem, por anos, afanando e surrupiando o que é público.

Eu sou um profissional da corrupção. Adoro a sensação de mentir descaradamente, de enganar e de ludibriar. Eu não sou um corrupto qualquer, “aqui” eu sou o professor. Sou um PHD em enganação, em ludibriar, em iludir e seduzir o povão. Eu sou a perversão em pessoa.

Tenho um orgulho danado do que sou. Orgulho das minhas contas rejeitadas. Orgulho dos processos que enfrentei e que ainda enfrento.

Conheço todos os atalhos que tornam os processos do judiciário brasileiro lento, burocrático e cheios de artérias por onde transitam as apelações, as liminares e os embargos, transformando qualquer querela numa coisa sem fim.

Estou feliz. Sem falsa modesta, reconheço que sou uma Fênix da política suja. De mim só restavam às cinzas, estava morto e enterrado, mas bastou uma ajudinha “daqui” e de “lá” e aqui estou vivíssimo e pronto pra luta.

Confesso que estou alucinado com a possibilidade de rever uma velha amiga: a “mala preta”. Sonho diariamente com esse dia e pouco interessa que minha velha companheira venha cheia de dólares, euros ou até mesmo de reais, o importante é que venha amarrotada.

A mala é viciante e tem o poder de me deixar em transe total. Receber uma propina é melhor do que fazer sexo. Duvido que alguém se lembre, daqui a dez anos, que em tal dia e tal hora fez sexo com alguém. Mas, garanto, palavra de bandido, que ninguém é capaz de esquecer que recebeu uma mala cheia de bufunfa, de dindin.

Não, nada se compara, é especial, a malinha é uma delícia.

Mesmo sem poder me candidatar, estou de volta à cena política e isso é o que interessa. Que venham civis e militares, homens ou mulheres, daqui da “terra” ou até de marte, não vai ter pra ninguém, porque eu sou o cara, eu sou o professor, eu sou o que de pior alguém pode enfrentar.

Sou um corrupto diplomado, com registro no conselho, com firma reconhecida em cartório eleitoral, judicial e o escambau a quatro. Não temo ninguém.

Que venham as eleições.

___________________________

edson matosEdson Matos

Obs: Este é texto de ficção, qualquer semelhança com pessoas ou fatos reais é mera coincidência.

REDES SOCIAIS – Um apelo dramático do lider empresário ARNALDO SOUSA, o Arnaldo da Cesta Básica

Texto retirado da página pessoal do facebook do empresário

ARNALDO CB“Queremos conclamar aos empresários, investidores, rotarianos, maçons, líderes sindicais, comunitários, eclesiásticos, associações, liberais e até políticos que por ventura tenham algum cuidado com a nossa cidade independente de bandeira partidária, para discutirmos os problemas da nossa amada Gravatá e procurarmos juntos soluções urgente. Antes que seja tarde demais!”

NICEA LIMA – “Hoje é o dia da saudade. Coisa esquisita. Saudade tem dia? “

saudade 3

Texto retirado do facebook da autora

NICEA LIMA“Hoje é o dia da saudade. Coisa esquisita. Saudade tem dia? Creio que não. Eu sinto saudade todos os dias. Saudade é um sentimento que aparece todas as vezes que sentimos falta de algo ou de alguém que não está junto. Sentimos saudades do passado distante e do passado recente desde que tenha marcado nossa vida. Das pessoas que nos são caras e que fizeram parte do nossos dias. Vivemos na saudade e somos felizes por termos algo bom para recordar”.

 

Advogados que defenderam com sucesso a prefeita de Gameleira no TJPE, são os mesmos que defendem o prefeito afastado de Gravatá, Bruno Martiniano

gyb 2

A prefeita de Gameleira Yeda Augusto Santos de Oliveira, foi inocentada por unanimidade pela Corte do TJPE. Bruno Martiniano e seu advogado Geraldo Junior acreditam que a mesma decisão vai servir de exemplo para Gravatá

“Por unanimidade, o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) decidiu por arquivar o processo contra a prefeita de Gameleira, municipio da Zona da Mata Sul, Yeda Augusto Santos de Oliveira. Nesta ação e TJPE verificou total lisura dos atos da prefeita quanto aos atos remuneratórios de pessoal do Munícípio sob sua gestão”.

A prefeita vinha senso acusada e passando por procedimento investigativo criminal pelo Ministério Publico de crime de responsabilidade fiscal. Foi julgada a absorvida por unanimidade pelos desembargadores do TJPE. Há quem garanta que a situação politico-administrativa de Gameleira seria muito mais complicada do que a de Gravatá.

A prefeita Yeda Oliveira havia sido sentenciada por ato de improbidade administrativa, acusada de realizar contratações de temporários em detrimento de candidatos aprovados em concurso público ainda vigente.

A prefeita também teve decretada a suspensão dos direitos políticos por três anos, assim como o pagamento de multa civil no valor de 100 vezes de sua remuneração percebida, proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoas jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de três anos.

A prefeita Yeda Oliveira. foi defendida na Corte de Justiça pelo advogado Geraldo Junior, o mesmo que vem atuando na defesa do prefeito – afastado do cargo – de Gravatá, Bruno Martiniano Lins.

A vitória da prefeita de Gameleira foi bastante comemorada pelo prefeito Bruno Martiniano e seu advogado Geraldo Junior.

 

ANTONIO CARLOS SALDANHA é o novo Procurador de Justiça da Câmara Municipal de Gravatá

UMA NOVA MISSÃO PELO DIREITO

AC SaldanhaAdvogado brilhante, ex-procurador da Prefeitura de Gravatá, Saldanha foi nomeado neste mês de janeiro, Procurador de Justiça da Câmara Municipal de Gravatá depois de aceitar convite do presidente daquela Casa Legislativa, vereador Pedro Martiniano Lins.

Uma nova missão que só aumenta o lado afetivo do advogado com a cidade de Gravatá, aonde ele deve instalar um escritório de advocacia nas príximas semanas.

Um novo desafio para o advogado Humberto Interaminense

O advogado Humberto Interaminense é candidato à vaga do Quinto Constitucional destinado à OAB para o Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região.

interaminenseHumberto Interaminense é advogado graduado pela Universidade Católica de Pernambuco, pós-graduado em Direito Comercial com ampla experiência na área de Direito trabalhista. Foi professor substituto de instituições públicas de ensino, procurador do Município de Gravatá, Altinho e Moreno, gerenciou grandes agências bancárias no estado.

Hoje é sócio proprietário na HI Advogados e candidato à vaga de do Quinto Constitucional destinado a OAB para o Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região.

Pense num “METRALHADORA GIRATÓRIA” arretado com os músicos gravataenses do JAZZ FESTIVAL GRAVATÁ !!!

Metra 0099

metralhadora giratória - CópiaUma pérola do radialismo regional. Um programa ao vivo, direto das dependências do Hotel Portal, pela Rádio Gravatá FM, Programa Primeira Página, com os músicos gravataenses que vão se apresentar no internacional JAZZ FESTIVAL GRAVATÁ que acontece de 6 a 9 de fevereiro, durante o período de Carnaval.

Se apresentaram e participar das entrevistas o presidente da ABIH (Associação Brasileira da Indústria Hoteleira) Eduardo Cavalcanti, a turismóloga diretora executiva da Secretaria de Turismo de Gravatá, Prycila Lopes e os músicos Mauricio Meneses e Sandro Eloy, a Banda TRIMÚRTI com seus componentes Bruno Lee, Helton Eduardo e Marcus Vicius, além de Felipe Costa e Wallesson Queiros da Banda GUITSAN DUO. Todos se apresentaram e mostraram seus talentos pelas ondas da Gravatá FM.

Tudo isso com a participação de Bosco Silva, Simone Cristina, na retaguarda Marcia Daniela, Gilson Manchado Neto e pelo Blog do Castanha, a jornalista Fernanda Tavares.

VEJA AS FOTOS e curta também no facebook.

Metra 002 Metra 003 Metra 004 Metra 005 metra 006 Metra 007 Metra 008 Metra 009 Metra 0091 Metra 0092 Metra 0094 Metra 0095 Metra 0099

 

Nota à imprensa do presidente da Câmara de Gravatá, vereador Pedro Martiniano Lins

PEDRO

Endereçada ao jornalistas Inaldo Sampaio e a outros blogueiros, radialistas e articulistas da Imprensa

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em resposta a notícia veiculada no dia 29 de janeiro, na coluna blog do jornalista Inaldo Sampaio, o Presidente da Câmara dos Vereadores de Gravatá, Pedro Luiz Coutinho Martiniano, vem esclarecer ao ilustre articulista o que se segue:

Inicialmente, reiterar e repetir que sempre esteve a disposição para ajudar dentro de suas atribuições institucionais o Interventor nos problemas do povo de Gravatá, problemas esses, bastante conhecidos pelo Presidente e  pelos Vereadores daquela Casa Legislativa.

Com relação a ser da iniciativa do Presidente a criação de duas ajudas de custos que seriam pagas ao pares uma em janeiro e a outra em dezembro não reflete a verdade, com o devido respeito, uma vez que a mesma encontra-se devidamente instituída no Regimento Interno da Câmara de Gravatá.

Todavia, em total sintonia como o momento que atravessa o Município, o Presidente ingressou junto ao TCE um requerimento questionando a legalidade de tal ajuda, e em ato contínuo, solicitou a Procuradoria Geral da Casa, um amplo estudo no sentido de modificar o Regimento em vigor.

Essa são as verdades dos fatos. Antecipadamente agradeço o espaço concedido.

 

PEDRO LUIZ COUTINHO MARTINIANO LINS

Presidente da Câmara de Vereadores de Gravatá

 

METALHADORA GIRATÓRIA toca JAZZ, neste sábado, Meio Dia, pela Rádio Gravatá FM, 92,3

Se liga na Rádio Gravatá FM, 92,3, neste sábado Meio Dia, e assiste um grande debate com Eduardo Cavalcanti, Priscila Lopes da Secretaria de Turismo e os músicos do Festival Jazz Gravatá. Mauricio Meneses, Sandro Monteiro, Hito Pereira e Bruno Lee, Elton Eduardo e Marcus Venícius,da Trimúrti Banda.

jazz 88

IMPERDÍVEL com o jornalista Claudio Castanha, Bosco Silva, Simone Cristina, produção de Marcia Daniela, direção geral de Gilson Machado Neto e a participação da jornalista Fernanda Tavares na produção pelo blogdocastanha.com. 

 

Atrações nacionais e internacionais participam do Gravatá Jazz Festival

ja logoO evento, gratuito, ocorre no período de Carnaval, de 6 a 9 de fevereiro, em três polos

jazz garavat 1 jazz garavat 2 jazz garavat 3 jazz garavat 4 jazz garavat 5 jazz garavat 6 jazz garavat 7 jpgNo carnaval 2016, Gravatá, no Agreste, é o destino ideal para quem procura descanso, tranquilidade, e infraestrutura de qualidade para curtir o reinado de Momo. É que de 6 a 9 de fevereiro, a cidade serrana abre alas para a realização do primeiro Gravatá Jazz Festival. O evento, gratuito, acontece em três polos: Pátio de Eventos Chucre Mussa Zarzar, Parque da Cidade e Igreja Matriz de Sant’Ana. Artistas de renome nacional e internacional aportam na cidade e garantem shows incríveis para todos os presentes.

Entre os principais nomes, figuram artistas de grande quilate da música brasileira, como Jards Macalé, Victor Biglione, Wanda Sá, Roberto Menescal e Toni Tornado; figuras de referência da música pop nacional, como Tico Santa Cruz e Renato Rocha (Detonautas), Rodrigo Santos e Gutto Goffi (Barão Vermelho), em um emocionante tributo ao repertório blues de Cazuza; além, é claro, de músicos que fazem o jazz e o blues do País atravessar as fronteiras, como Jefferson Gonçalves (Blues Etc.), Flávio Guimarães (Blues Etílicos), Igor Prado, Vasco Faé e Derico (Programa do Jô).

As principais atrações internacionais ficam por conta do trompetista nova-iorquino Mark Rapp, da cantora de blues inglesa Bex Marshall, da cantora de blues e soul africana Koko Jean Davis e do organista austríaco Raphael Wressnig.

Pernambuco também está muito bem representado no Gravatá Jazz Festival 2016, com as apresentações da Uptown Band, da veterana Contrabanda, dos virtuosos guitarristas Luciano Magno (que tem como convidado Roberto Menescal, um dos criadores da bossa nova) e Wallace Seixas (que recebe o trompetista Buiú, do grupo Cidade Negra), da banda revelação de rockabilly Allycats, do grupo Mr. Trio e do Dom Angelo Jazz Combo, que, após uma temporada em Portugal, está de volta ao Estado para apresentar seu novo disco, gravado na Europa, e divide o palco com Mark Rapp.

Ainda do Nordeste, vem do Ceará (outro polo de referência de jazz e blues da região) o guitarrista Artur Menezes, que tem como convidado o homem-banda Vasco Faé.

Como aconteceu nas últimas edições, o festival continua valorizando os os artistas locais. De Gravatá, são atrações Maurício Meneses, Guitasan Duo, Trimúrti e Hito Pereira. Da cidade de Garanhuns, foram convidadas a Street Jazz Band, comandando o Mardi Gras, Valvulados e ainda a participação especial de Herick Faustino.

 

Programação:

 Pátio de Eventos Chucre Mussa Zarzar

20h

Sábado – 6 de fevereiro

Rodrigo Santos (Barão Vermelho) e Banda (convidado especial: Guto Goffi)

Wanda Sá

Wallace Seixas e Trio Buiú

Jards Macalé e Victor Biglione

Domingo – 7 de fevereiro

Tico Santa Cruz e Renato Rocha (Detonautas) com Jefferson Gonçalves

Koko-Jean Davis

Raphael Wressnig e Igor Prado Band

Toni Tornado e Lab 75

Segunda – 8 de fevereiro

Allycats

Contrabanda

Luciano Magno (participações especiais: Roberto Menescal e Sabrina Parlatore)

Mr. Trio

Terça – 9 de fevereiro

Derico (Programa do Jô) / Flávio Guimarães / Uptown Blues Band

Arthur Menezes (convidado: Vasco Faé)

Bex Marshall

Dom Angelo Jazz Combo e Mark Rapp

Mardi Gras (desfile musical no estilo jazz de rua de Nova Orleans)

JAZZ na IGREJA

Segunda – 8 de fevereiro

Local – Igreja Matriz de Sant’Ana

16h

Buiú e Mark Rapp

OFICINAS

Local – Parque da Cidade

10h

Domingo – 7 de fevereiro

Guitarra com Bex Marshall

Segunda – 8 de fevereiro

Bateria com Hito Pereira

Terça – 9 de fevereiro

A partir das 15h

Jazz Kids – Oficina de gaita e música recreativa para crianças com Jefferson Gonçalves

CIRCUITO GASTRONÔMICO

Em todos os dias do Gravatá Jazz Festival, os principais restaurantes da cidade, vão oferecer um prato especial exclusivo.