BRUNO MARTINIANO nas ruas pedindo votos? O que a população espera dele?

O ex-prefeito resolveu quebrar o silêncio. Deve entender qua a única maneira de se explicar a população é visitando eleitores porta-à-porta, pedindo votos para seus candidatos e ouvindo o povo.

bruno MDepois de ter seu mandato de prefeito de Gravatá tomado (como ele faz questão de afirmar), o ex-prefeito de Gravatá-PE, Bruno Martiniano, resolveu ir para às ruas com militância organizada, enfrentar mais uma campanha política, dessa vez pedindo votos para seus candidatos João Paulo Costa (deputado estadual) Silvio Costa Filho (deputado federal) e Silvio Costa, que briga por uma vaga no Senado.

Está visitando todos os bairros da cidade e localidades da Zona Rural, além de promover caminhadas na feira nos sábados.

Tem procurado contato direto com lideranças de diversas localidades, sempre reafirmando sua determinação em voltar a política e depois retomar o comando administrativo da cidade.

Bruno Martiniano tem revelado aos seus amigos mais chegados que tem encomendado várias pesquisas de opinião, conversado muito com lideranças da cidade, estudando os cenários da política local para os próximos dois anos.

Os resultados obtidos nas próximas eleições do dia 7 de outubro deverá se constituir num termômetro para 2020. Por isso, resolveu sair do silêncio em que se encontrava até então e espera surpreender a todos

Candidatos filhos de Gravatá, LEO GIESTOSA e JUNIOR DARITA. De Olho em 2020?

AS PESQUISAS REVELAM O QUE MUITA ELEITOR DE GRAVATÁ JÁ IMAGINAVA

darita e leoOs candidatos filhos da terra apostam numa vitória majoritária. São eles, Léo Giestosa (candidato a deputado estadual pelo PR) e Edval Junior Darita (candidato a deputado federal-PSB).

Os dois candidatos (Darita já disputou uma eleição para prefeito em 2016 e Léo Giestosa é vereador de segundo mandato) estão fazendo uma campanha utilizando o porta-a-porta, o olho-no-olho, rua por rua, bairro por bairro, incursões pela Zona Rural e muita mídia pelas redes sociais da Internet e reuniões com familias.

Darita, federal, pede votos para o seu estadual Waldemar Borges, que tenta a reeleição epla legenda do PSB.

Léo Giestosa, candidato a estadual, pede votos para Sebastião Oliveira-PR, deputado federal que tenta a reeleição.

Na realidade, com propostas tão ambiciosas dos dois candidatos de Gravatá para disputar as próximas eleições, o foco dos dois está voltado também para as próximas eleições para prefeito em 2020.

COMO SURGIU GRAVATÁ? Um pouco da nossa história. Para ninguém nunca esquecer

O município de Gravatá teve origens numa fazenda, em 1808, pertencente a José Justino Carreiro de Miranda.

Fonte Wikipédia – A Enciclopédia Livre
A foto é de hoje

A foto é de hoje

O local esse que servia como hospedagem para os viajantes que iam comercializar o açúcar e a carne bovina, principais produtos da época, que eram levados em embarcações do Recife até o interior para as cidades de Caruaru, Pesqueira, Arcoverde, entre outras cidades do agreste e sertão pernambucano.

Como a navegação pelo rio Ipojuca era difícil, os comerciantes eram obrigados a fazer paradas estratégicas para evitar também que o gado perdesse peso.

Uma dessas paradas ficou conhecida como Crauatá, denominação, que deriva do tupi Karawatã (“mato que fura”), por conta da predominância de uma planta do gênero da família das bromélias, também chamada caraguatá, caroatá, caroá e gravatá.

Foi nos fins do século XVIII – 1797 ou princípios de 1798 que José Justino Carreiro de Miranda tomou posse da Fazenda Gravatá que, por muito tempo, serviu de hospedagem para viajantes e, como consequência natural, surgiram dois arruados, um em cada margem do rio.

Em 1816 iniciou-se a construção de uma capela dedicada a Sant’Ana que, em 1822 provavelmente em 26 de Julho, dedicado pela Igreja Católica a Sant’Ana, seria concluída por seu filho João Félix Justiniano.

Em seguida, as terras foram divididas em 100 lotes e vendidas aos moradores, dando início ao povoado de Gravatá, sendo um distrito do município de Bezerros.

Finalmente no dia 25 de Maio de 1857, 35 anos de pois da inauguração da capela, pela Lei Provincial 422 foi a povoação elevada a Freguesia de Gravatá.

Foi o primeiro vigário encomendado da nova freguesia o padre Joaquim da Cunha Cavalcanti, sendo feito o registro competente no Livro 1 de Casamentos desse ano.

No Termo de Abertura está o nome do provisor Francisco José Tavares da Gama e a data de 7 de Setembro de 1857, quando chegou o padre interino.

A inscrição datal da paróquia foi feita com solenidade no mesmo dia da chegada do tonsurado, da fundação efetiva do grande sonho dos católicos gravataenses.

Na ocasião foi levado a efeito o primeiro batizado oficial destas terras. Foi do parvolo José, nascido no mês de julho desse ano e filho legítimo de Firmino José e Maria da Conceição.

Vinte dias mais tarde, a 27 do dito mês, verificava-se o primeiro casamento, que foi,conforme documento do ato, realizado “no oratório privado do engenho “Penon”, e oficiado pelo padre Francisco Seabra d’Andrade,- com certeza convidado de outra paroquia – sendo os noivos Manuel Tomás da Silva e Inez Francisca Lisboa. Um dos seus tataranetos dos Cablocos Nordestinos e Tupi-Guarani o Sr. Firmino José e de Dona Maria da Conceição é o Jornalista Carlos Amaro Gomes, residente na cidade do Ipojuca/PE e sua família participou da formação da cidade, no litoral sul de Pernambuco, na década de 60.

Em 13 de junho de 1884, a sede do município foi elevada à categoria de cidade (Lei Provincial nº 1.805), porém sua emancipação política só veio a ocorrer após a Proclamação da República, pela Lei Orgânica dos Município, de 15 de março de 1893, quando a cidade adquiriu sua autonomia municipal e elegeu o seu primeiro prefeito, Antônio Avelino do Rego Barros.

No final do século XIX, com a inauguração da Ferrovia Great Western Railways, ligando o Recife ao sertão pernambucano, a cidade tomou considerável impulso e, aos poucos, foi definida sua vocação para o turismo, sobretudo com a construção da BR-232, em 1950, o que permitiu um melhor acesso, encurtando o tempo de viagem e vencendo o desafio da Serra das Russas. Atualmente comemora a emancipação do município no dia 15 de março.

Nova geração de Beatles: Filhos de Lennon e McCartney postam foto juntos

Sean Lennon e James McCartney postaram uma foto juntos nas redes sociais no ultimo mês de agosto

POR Caio Coletti – Colaboração para o UOL
lennonr

Você vai reconhecer esses sobrenomes: Sean Lennon e James McCartney postaram uma foto juntos nas redes sociais no ultimo mês de agosto, deixando os fãs dos Beatles em polvorosa na sessão de comentários.

Sean e James são, é claro, filhos de John Lennon e Paul McCartney, respectivamente. Sean postou a foto em seu Instagram com uma legenda simples: “Esconde-esconde”.

Visto que ambos seguiram carreiras musicais como os pais, muitos fãs usaram os comentários para pedir uma colaboração entre eles. “Mandem ver, caras!”, escreveu um deles. “Queremos ouvir uma colaboração entre os filhos dos Beatles! Por favor!”.

“Isso é tão legal! Filhos de dois incríveis músicos”, notou outro. “Espero que estejam trabalhando juntos!”.

Sean é filho do casamento de John Lennon, que morreu em 1980, com a artista Yoko Ono. Enquanto isso, James é fruto do casamento de Paul e Linda McCartney – a mãe do rapaz morreu em 1998.

Saiba como o Beatle, Paul MaCartney, soube da notícia da morte de John Lennon aquela madrugada de 8 de dezembro de 1980 que ficou marcada na história.

MEMÓRIA.

Saiba como o seu velho companheiro Beatle, Paul MaCartney, soube da notícia naquela madrugada que ficou marcada na história.

john-l

“Paul, levanta! Atende logo esse telefone, por favor!”

Linda me cutucava. Era de madrugada. Eu sabia que o telefone estava tocando, tocou diversas vezes, mas eu preferi ignorar, e continuar dormindo, uma hora a pessoa que telefonava teria que desistir. Mas a pessoa não desistiu.

Resolvi atender pelo único motivo de poder falar rápido, desligar, e continuar dormindo. Amanhã eu precisava acordar cedo, começaria a trabalhar em um novo projeto, e seria um dia longo e cansativo.

Estiquei o meu braço na preguiça de levantar, e peguei o telefone em cima do criado – mudo.

“Alô?” – Perguntei, e tentei me esforçar para não ficar com uma voz de sono. No outro lado da linha, tocava uma música que eu não escutava e muito menos cantava fazia muito tempo, All My Loving, música que costumava me trazer boas lembranças, tornou a vir em minha mente cercada de momentos ruins. Comecei a ficar com raiva, pois além da música no fundo, eu ouvia muitas vozes e muito ruído. – “Alô? Isso é alguma piada?”

“Paul? Você está me ouvindo? Paul!”

Meu coração bateu mais forte no momento em que reconheci a voz de Yoko.

“Sim, estou, fale.”

“John! É com o John!”

“John? O que está acontecendo, Yoko?”

“Você… Não ficou sabendo?”

“Não! O que houve? Ele está bem?”

“Um louco atirou nele!”

“E como ele está? Aonde vocês estão? Me diz, eu já chego ai, vou me arrumar!’’

“Paul… Ele morreu… Ele não aguentou, ele morreu.”

Eu deixei o telefone cair no chão. Por um minuto, eu fiquei cego. Ouvia Linda me chamando no fundo, perguntando o que acontecia, mas as palavras não saiam da minha boca. Minha mente ficou vazia. Dentro do meu peito, parecia que tinha alguém apertando o meu coração. Fechei meus olhos com força, tentando acordar daquele pesadelo horrível. Mas nada aconteceu. Era real. John estava morto.

Veja o resto deste texto no LInk

http://beatlescollege.wordpress.com/2013/10/10/como-paul-reagiu-a-triste-noticia/

 

RESTAURANTE TAVERNA SUÍÇA: TRADIÇÃO QUE SE RENOVA HÁ 50 ANOS PASSARÁ POR PROCESSO DE REVITALIZAÇÃO DO ESPAÇO

Referência no Turismo  e na Gastronomia do Nordeste, o restaurante Taverna Suíça em Gravatá, que no último mês de agosto celebrou 50 anos de existência.

 taverna-suicaFundado em 20 de agosto de 1968, pelo  suíço José Luiz Truan, foi o responsável por inserir a cultura do fondue em  Pernambuco, e segundo pesquisas da família, foi o primeiro restaurante  aberto ao público no Brasil a servir fondue.

 Para comemorar o feito, a família Truan, que tem a frente à filha primogênita,  Anna Truan, voltou recentemente da Suíça, juntamente com os filho Joe, já administrava o restaurante, e Henry resolveram dar uma repaginada no restaurante.

 Após 50 anos de fundação, a Taverna Suiça passará por um processo de modernização em sua decoração, com um projeto de arquitetura de Interiores e revitalização a ser executado pelo estudante do 9º período de Arquitetura e Urbanismo UNIFAVIP – WYDEN Caruaru, Adamek Patrício, também artista plástico.

 O Projeto  já está em andamento, deve ser finalizado em meados do próximo mês de outubro, vem com o desafio de manter a caracteristicas atuais do encontrado, unindo o moderno e o contemporâneo, enfatiza Adameck.

 Ainda em comemoração aos 50 anos  da Taverna Suíça, será lançado o Cardápio promocional para os almoços e jantares, com pratos executivos exclusivos para os almoços e petiscos criados especialmente para brindar o aniversário nas noites.

Entre os destaques para as noites de quartas-feiras, que vai oferecer a sequência de Fondues para casais por um preço super especial.

Confira as novidades nas Redes Sociais e pelo site: www.restaurantetavernasuica.com

PROGRAMA DO CASTANHA, na Rádio CLIMA FM

O PROGRAMA DO CASTANHA ESTÁ IMPERDÍVEL NESTA SEXTA DIA 28 DE SETEMBRO. Entrevista com Danilo Manoel, empresário que trouxe para Gravatá, a FARMÁCIA CAVALCANTE, unidade de uma Rede de Farmácias, capital pernambucano, com grandes preços e campanhas de apoio a população. VEJA PELA LIVE. Com Claudio Castanha e Fernanda Tavares. Rádio Clima FM, meio dia.

Pro Cast 28-9

UM DIA DE FESTA EM DEZEMBRO – Retorno do Náutico aos Aflitos pode reunir ex-jogadores e técnicos históricos do clube

NAUTICOVolta ao estádio está agendada para dezembro e ideia da diretoria é fazer um dia inteiro de festividades para marcar a data.

Fonte: Diario de Pernambuco

NAUCom o futebol profissional já sem atividades oficiais na temporada, as atenções do torcedor do Náutico estão voltadas principalmente para a volta aos Aflitos, que está agendado, segundo a diretoria, para acontecer em dezembro.

Porém, a ideia da comissão paritária responsável pela requalificação do estádio é não resumir o retorno a apenas uma partida amistosa e sim a todo um dia de atividades para mexer com a emoção do alvirrubro.

Por isso, uma das ideias é realizar uma partida preliminar reunindo ex-jogadores e técnicos históricos do clube, de várias gerações.

A ideia ainda está em estágio embrionário, com os possíveis homenageados ainda sendo levantados. Porém, o ex-técnico Muricy Ramalho (bicampeão pernambucano pelo clube em 2001 e 2002) é um dos que receberá o convite.

O hoje comentarista da Sportv é conselheiro vitalício do clube. Além deles, o ex-volante Sangaletti, o meia Acosta, o atacante Thiago Tubarão, além, é claro, do ídolo Kuki também devem participar da festa.

“A nossa ideia é mexer com o coração do torcedor. Queremos que ele tenha a experiência de viver os Aflitos e não apenas ter um jogo amistoso com o time profissional. Mexer com a nostalgia. Não apenas do torcedor do hexa, mas também daqueles pós-hexa, que possuem hoje de 20 a 45 anos. Por isso queremos trazer ex-jogadores e treinadores que trarão essas memórias. Mas ainda tudo está em fase embrionária. Ainda estamos mapeando os nomes e vendo a possibilidade junto com patrocinadores”, destacou o presidente da comissão paritaria dos Aflitos, Luiz Felipe Figueiredo.

Com relação ao amistoso envolvendo a equipe principal, ainda não foi feito contato com nenhum possível adversário. Porém, a ideia inicial da diretoria é convidar um clube de fora do país.

 

BOM SINAL DA ECONOMIA – Busca por imóveis tem melhora nos últimos dois meses

Segundo balanço da OLX, em julho, Pernambuco registrou 3,1 milhões de buscas por imóveis, representando uma alta de 16% com relação a julho de 2017

Por: Rochelli Dantas – Diario de Pernambuco

mercado-imobiliario

Os pernambucanos estão voltando a procurar por imóveis.

Ao menos é o que indica levantamento realizado pela OLX, plataforma virtual de compra e venda.

Segundo dados apresentados pelo site, em julho o estado registrou 3,1 milhões de buscas por imóveis.

O número representa um crescimento de 16% com relação ao mesmo período do ano passado.

No período, o aumento foi de 19% na procura por venda e de 12% nas buscas por locação.

Grande parte das buscas para compra é por imóveis de até R$ 250 mil, representando 71% das pesquisas.

“Na OLX, notamos que o perfil de busca do pernambucano destoa na maior busca por apartamentos.

Enquanto no Brasil, 53% das pessoas buscam por casas na OLX, 51% dos pernambucanos buscam por apartamentos na plataforma”, afirma o vice-presidente executivo da OLX Brasil, Marcos Leite.

Com relação ao valor, o executivo também aponta divergências entre a demanda nacional e a local. “Quando olhamos faixa de preço, a busca por imóveis mais baratos predomina”, pontua.

Segundo as estatísticas, pelo menos 80% buscam por imóveis no valor de até R$ 250 mil em Pernambuco (oito pontos percentuais acima da média Brasil) e 75% buscam pela locação de imóveis no valor de até R$ 1.000 (4  pontos percentuais acima da média Brasil).

De acordo com Marcos Leite, a demanda por aluguel ainda está em alta no país como um todo. “Até por conta da crise as pessoas estão demandando mais este tipo de operação. Tem muita gente buscando por imóveis por aluguel por ainda não se sentir seguro para efeturar uma compra de alto valor”, pontua. No caso dos alugueis, 42% da demanda está entre R$ 500 e R$ 1 mil.

Sobre os locais mais procurados, os dados da plataforma apontam que as cinco cidades mais buscadas por quem procura procura imóvel em Pernambuco são: Recife (93%), Jaboatão dos Guararapes (34%), Paulista (17%), Olinda (16%) e Caruaru (11%).

Há também os locais que tiveram um aumento no  interesse por imóveis para venda  Neste caso, o maior aumento (84%) foi na Ilha de Itamaracá, seguido de Gravatá (40%), Camaragibe (38%) e Ipojuca (37%). Já a demanda por imóveis para locação aumentou 69% em Ipojuca, 69% na Ilha de Itamaracá, 50% no Cabo de Santo Agostinho, 16% em Petrolina e 15% no Recife. “As top 10 da lista representam 93% das buscas por aluguel  no estado. Na busca por imóveis para venda, elas representam 80%”.