Ciência perto de comprovar que pessoas absorvem energia de outras

No Mundo da Ciência, é comum ouvirmos dizer que tudo é energia, o que não seria diferente em nós e para nós.

Do site Conti Outra – http://www.contioutra.com

enerhiaO artigo trata de uma experiência feita em algas, e com o resultado, a doutora e terapeuta Olivia Bader Lee, sugere que o mesmo pode se aplicar aos humanos.

A equipe de pesquisa da Universidade de Bielefeld, na Alemanha, fez uma interessante descoberta mostrando que as plantas podem absorver fontes de energias alternativas de outras plantas.

Essa descoberta pode causar um grande impacto no futuro da bioenergia, eventualmente fornecendo a evidência de que pessoas absorvem energias de outras, da mesma maneira.

Membros da pesquisa biológica do Professor Olaf Kruse, confirmaram pela primeira vez que uma planta, Chlamydomonas Reinhardtii, não apenas realiza a fotossíntese, mas também tem uma fonte alternativa de energia, que pode absorver de outras plantas, conforme publicado no site Nature.com.

sentir e

As flores precisam de água e luz para crescerem, e as pessoas não são diferentes.

Nossos corpos físicos são como esponjas, absorvendo o ambiente a nossa volta.

“É exatamente por isso que há pessoas que se sentem desconfortáveis onde há um certo grupo com mistura de energias e emoções”, disse a psicóloga e terapeuta Dr. Olivia Bader Lee.

Plantas produzem a fotossíntese a partir do dióxido de carbono, água e luz. Em uma série de experimentos, Professor Ola Kruse e sua equipe, cultivaram a alga microscopicamente pequena, Chlamydomonas Reinhardtii, e observaram quequando expostas à falta de energia, essas plantas de células únicas podem absorver energia de vegetais ao redor.

A alga ‘digere’ as enzimas de celulose, tornando-as pequenos componentes de açúcar, sendo então transportados para células e transformados em fontes de energia.

“Essa é a primeira vez que esse comportamento é confirmado em um organismo vegetal. Essas algas poderem digerir a celulose, contradiz todos os livros anteriores. Até certo ponto, o que estamos vendo é plantas se alimentando de plantas”, diz  Professor Kruse.

Dr. Bader Lee diz que quando os estudos sobre energia se tornarem mais avançados nos próximos anos, nós poderemos ver toda essa ação sendo traduzida também para os seres humanos.

Bader Lee complementa: “O organismo humano é bastante similar à uma planta, que suga, absorve a energia necessária para alimentar seu estado emocional, e isso pode energizar as células ou causar o aumento de cortisol e catabolizar, alimentar as células dependendo da necessidade emocional.”

Finalizando, Dr. Bader fala da conexão do homem com a natureza, que se perdeu durante os anos mas que está se reencontrando novamente, afirmando que o ser humano pode absorver e curar através de outros seres humanos, animais e qualquer parte da natureza. É por isso que estar perto da natureza é frequentemente tonificante, curativo e energizante para tantas pessoas.

Ao contrário do que pensam muitos ‘cientistas’ da idade moderna, que clamam conhecer tudo, se existe o Mundo Espiritual, ele não é separado da Ciência, e sim separado da ciência reduzida do homem.

Por conta de inúmeros relatos de pessoas com capacidades ‘paranormais’ para o padrão moderno do mundo, pesquisadores da Universidade de Granada, na Espanha, conduziram um estudo sobre o fato de pessoas que afirmam verem a aura de outras, conforme publicado no site MedicalXpress.

O fenômeno neuropsicológico ‘Synesthesia’, é uma condição na qual um padrão cognitivo leva a outro, misturando seus sentidos. Dessa maneira, as pessoas que possuem essa capacidade, podem ver ou até mesmo sentir o som, ouvir um cheiro, ou associar pessoas a um tipo de cor ou música.

Vemos que não se trata apenas de uma suposição, mas algo sendo descoberto pelos cientistas e afirmado por outros, o que há milênios se sabia nas culturas orientais, por exemplo.

Sendo assim, o nosso campo áurico pode tanto afetar quanto ser afetado não só por pessoas ao nosso redor, mas também por objetos, já que conforme afirma a Ciência, tudo é energia.

O BioField Global, fala detalhadamente sobre os nossos corpos mais sutis, do conhecimento dos antigos hindus, e do aprofundamento dos estudos da aura com o auxílio da moderna tecnologia.

Prêmios de loterias NÃO RESGATADOS somam R$ 326 milhões em 2017

10_LotofacilValor equivalente a cerca de 8% do valor ofertado em prêmios pela Caixa. Nos últimos 4 anos, ganhadores de loterias deixaram de sacar R$ 1,26 bilhão no país.

Por Darlan Alvarenga, G1 da Globo

Ganhar na loteria não é facil. Mas ser premiado e não retirar o valor é mais comum do que pode parecer. Somente em 2017, R$ 326 milhões deixaram de ser resgatados por ganhadores de prêmios de loterias no Brasil, segundo a Caixa Econômica Federal.

O valor equivale a cerca de 8% dos mais de R$ 4,2 bilhões ofertados em prêmios pelas Loterias Caixa no ano passado.

Nos últimos 4 anos, os valores não retirados pelos ganhadores esquecidos ou desatentos na Mega-Sena, Lotofácil, Quina, Lotomania, Timemania, Dupla Sena, Loteca, Lotogol e Federal somam R$ 1,26 bilhão. Veja gráfico abaixo:

Dinheiro é repassado para o Fies

Pelas regras das loterias, os ganhadores de qualquer um dos sorteios da Caixa tem até 90 dias após a realização do concurso para retirar o valor do prêmio. De acordo com a Caixa, “o dinheiro dos prêmios prescritos (não resgatados no prazo) é repassado integralmente ao Fundo de Financiamento Estudantil (FIES). O programa oferece créditos para estudantes cursarem o ensino superior em universidades privadas.

Mega-Sena da Virada teve 17 acertadores e pagou o maior prêmio da história das loterias no Brasil: R$ 306,7 milhões. (Foto: Heloise Hamada/G1) Mega-Sena da Virada teve 17 acertadores e pagou o maior prêmio da história das loterias no Brasil: R$ 306,7 milhões. (Foto: Heloise Hamada/G1)

Mega-Sena da Virada teve 17 acertadores e pagou o maior prêmio da história das loterias no Brasil: R$ 306,7 milhões. (Foto: Heloise Hamada/G1)

Explicação da Caixa

A Caixa não divulga o detalhamento dos prêmios não resgatados, por modalidade ou faixa de valor, mas informa que a maioria do montante refere-se a pequenos valores.

“Na maioria das vezes, esse montante decorre da soma de prêmios de pequeno valor, entre as faixas de menores premiações em cada modalidade”, informou o banco.

Questionada pelo G1, a Caixa não informou o maior valor de prêmio não resgatado em 2017. “Os sistemas Caixa somam os valores eventualmente não reclamados e no mês subsequente à prescrição realiza o repasse ao FIES, e desta forma, não dispomos de consulta estruturada por faixa de premiação”.

O banco explicou que procura “constantemente” informar e esclarecer os apostadores acerca dos prazos e formas de recebimento dos prêmios. “Para divulgação das informações de recebimento de prêmios são utilizados cartazes nas casas lotéricas, volantes de aposta, bilhete original de aposta e o site da Caixa”, explicou.

Dos 17 acertadores da Mega-Sena da Virada, a Caixa informou que duas das 22 cotas do bilhete premiado em Belém ainda não tinham sido resgatadas até segunda-feira (22). Os dois ganhadores ‘esquecidos’ tem até o final de março para retirar o prêmio individual de R$ 820 mil.

Arrecadação cresce 8,14% em 2017

Segundo balanço da Caixa, as loterias federais arrecadaram R$ 13,88 bilhões em 2017. O valor representa uma alta nominal de 8,14% em relação ao mesmo período de 2016 (R$ 12,85 bilhões), mas ainda ficou abaixo da marca recorde de 2015, quando a venda de bilhetes somou R$ 14,9 bilhões.

Dentre as modalidades, a Mega-Sena seguiu em 2017 como o jogo preferido dos apostadores, sendo responsável por 42% da arrecadação, seguida pela Lotofacil (26%) e Quina (18%).

O grande destaque do ano foi a Mega da Virada, que ofereceu o maior prêmio da história das loterias da Caixa. Os R$ 306,7 milhões foram divididos entre 17 apostadores, quantidade também recorde para o concurso especial, que ainda registrou a maior arrecadação por concurso, de mais de R$ 890 milhões.

Além dos mais de R$ 4,2 bilhões ofertados em prêmios pela Caixa no ano passado, outros R$ 6,5 bilhões foram destinados aos cofres do Tesouro Nacional, sendo R$ 1,08 bilhão arrecadados diretamente como Imposto de Renda sobre os prêmios pagos, R$ 1,29 bilhão para a Educação e R$ 1,06 bilhão para o Esporte.

Pelas regras das loterias federais, uma parte do valor arrecadado com as apostas é repassado ao governo federal e para as áreas de educação, segurança, cultura e esporte.

Confira abaixo os valores repassados em 2017 para o governo federal e áreas sociais:

Esporte

  • Ministério do Esporte: R$ 525,1 milhões

  • Clubes de Futebol: R$ 114,6 milhões

  • Comitê Olímpico Brasileiro (COB): R$ 223,8 milhões

  • Comitê Paraolímpico Brasileiro (CPB): R$ 131,7 milhões

  • Confederação Brasileira de Clubes (CBC): R$ 62,5 milhões

Educação

  • Fundo de Investimento do Estudante Superior (FIES): 1,29 bilhão

Cultura

  • Fundo Nacional da Cultura (FNC): R$ 384 milhões

Segurança

  • Fundo Penitenciário Nacional (Funpen): R$ 417 milhões

Seguridade

  • Seguridade Social: R$ 2,3 bilhões

 

Outros

  • Saúde e Testes Especiais (APAE e Cruz Vermelha): R$ 14,7 milhões

Receita Federal

  • Imposto de Renda sobre prêmios pagos: R$ 1,07 bilhão

 

 

Começa inscrição para programa que oferece bolsas para jovens que vão cursar o ensino superior em PE

Cadastramento no PE no Campus teve início ontem, sexta-feira (19) e segue até quarta-feira (24). Processo deve ser feito pela internet.

Com informações do Portal de Notícias G1 da Globo

Começa nesta sexta-feira (19) a inscrição para o Programa PE no Campus, que vai ajudar jovens a cursar o ensino superior. O cadastramento gratuito segue até quarta-feira (24), pelo site da Secretaria Estadual de Educação. Na primeira edição da iniciativa, o governo oferece mil bolsas de estudos.

O objetivo do programa é mobilizar e preparar alunos para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e para o Sistema Seriado de Avaliação (SSA) da Universidade de Pernambuco (UPE). A ação também prevê apoio financeiro aos jovens de baixa renda da rede estadual de ensino que forem aprovados em instituições públicas de ensino superior.

Segundo as regras do programa, o candidato deve ter estudado todo o ensino médio na rede pública do estado e ter concluído, no máximo, há cinco anos. Também é preciso comprovar ser atendido no Programa Bolsa Família ou ter renda familiar inferior a dois salários mínimos, além de e residir a uma distância da universidade igual ou superior a 50 quilômetros.

De acordo com o governo, a distribuição das bolsas ocorrerá da seguinte forma: 100 para os classificados pelo SSA e 900 para os classificados pelo Enem. A bolsa será de R$ 950 no primeiro ano e R$ 400, no segundo. Essa quantia ajudará os selecionados nas despesas do curso, moradia, alimentação e transporte.

estudantesPE no Campus prevê apoio financeirto para estudantes que vão cursar o ensino superior (Foto: Katherine Coutinho/G1)  

PE no Campus prevê apoio financeirto para estudantes que vão cursar o ensino superior (Foto: Katherine Coutinho/G1)

Etapas

A seleção é dividida em três etapas. A primeira, de caráter eliminatório, será de análise dos dados e documentos exigidos no momento da inscrição eletrônica, como o CPF e o RG do estudante, além do comprovante individual da nota obtida pelo estudante no Enem e no SSA.

A segunda fase será de classificação dos mil estudantes selecionados para as bolsas. Para a terceira etapa, o estudante precisa anexar comprovante de residência, comprovante de matrícula e comprovantes de renda ou termo de autodeclaração de possuir cadastro no Programa Bolsa Família.

Todos os resultados serão divulgados no site da Secretaria de Educação de Pernambuco. O resultado final com a convocação dos classificados para assinatura de Termo de Compromisso do PE no Campus será divulgado no dia 19 de fevereiro.

Cronograma

Inscrições: 19 a 24 de janeiro de 2018

Divulgação da lista preliminar dos estudantes que atenderam os requisitos do programa: 25 de janeiro de 2018

Recursos: 26 e 27 de janeiro de 2018

Resultado do recurso e divulgação dos classificados para as bolsas: 29 de janeiro de 2018

Comprovação dos requisitos dos classificados: 30 de janeiro a 08 de fevereiro de 2018

Resultado final: 19 de fevereiro de 2018

LUZ DE DEUS – Imagem de Nossa Senhora das Graças, localizada próxima a Ponte Cascavel, na BR-232, será iluminada com Energia Solar 100% sustentável

LUZ XUma iniciativa da empresa SOS SEGURANÇA ELETRÔNICA de Instalações e Manutenções de Câmeras de Segurança, Alarmes e Cercas , em Recife, Gravatá e Região. Atende pelo telefone zap (81) 9.9312-8333.

A imagem da santa colocada alí para iluminar a mente e o coração das pessoas que passam ao longo da BR-232, continuará iluminado depois do entardecer. Com tecnologia avançada da luz solar (que também é a luz de Deus)

luz

UMA BOA NOTÍCIA – Proprietários de motos com IPVA atrasado têm anistia de 100% de multas e juros

 A facilidade é para estimular o contribuinte a regularizar a situação do veículo e sair da inadimplência

Com informações do Diario de Pernambuco

motosOs proprietários de motocicletas, ciclomotores e motonetas que estão com o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) em atraso terão a oportunidade de regularizar a situação até o dia 28 de dezembro deste ano.

O governador Paulo Câmara sancionou a lei complementar 376, de 12 de dezembro de 2017, anistiando 100% da multa e juros provenientes do atraso.

A facilidade é para estimular o contribuinte a regularizar a situação do veículo e sair da inadimplência, além de garantir a regularização da frota. A iniciativa é válida para proprietários com débitos até 30 de novembro de 2017 e que ainda não foram notificados.

O pagamento deve ser feito integral à vista do saldo total devido de IPVA. Se houver algum questionamento administrativo ou judicial em tramitação, o contribuinte precisa desistir do procedimento para ter acesso aos benefícios. Atualmente, Pernambuco conta com quase um milhão de motocicletas emplacadas.

Para regularizar as pendências, o proprietário deverá efetuar o pagamento através de boletos, que são retirados exclusivamente pela internet, no site do Detran-PE (www.detran.pe.gov.br). O valor do débito para pagamento à vista, já dispensados os juros e as multas, estará especificado nos boletos gerados.

TRANSPORTE – Em outro dispositivo publicado hoje, o Governo de Pernambuco reduz pela metade o IPVA de 2018 para veículos de empresas terceirizadas de transporte.

Conforme a Lei 16.225/2017, estão contemplados automóveis movidos a diesel, com capacidade para transportar 12 ou mais passageiros e que tenham, no mínimo, 70% de seu faturamento anual composto por serviços de transporte de funcionários para outras empresas.

O detalhamento sobre as condições de adesão será publicado posteriormente.

 

O POVO NÃO AGUENTA MAIS. PESQUISA REVELA: Onda de rejeição popular alcança políticos e até ministros do Supremo. Gilmar Mendes é o mais odiado.

Até o juiz Sérgio Moro sofre degaste de sua imagem.

Fonte: Diario de Pernambuco

1 gilmar 1 joaquim 1 moroA onda de rejeição a políticos e autoridades públicas já não se limita ao governo e ao Congresso, e chegou com força ao Poder Judiciário e ao Ministério Público.

Pesquisa Ipsos mostra que, entre julho e agosto, houve aumento significativo da desaprovação a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Até o juiz Sérgio Moro enfrenta desgaste: apesar de seu desempenho ainda ser majoritariamente aprovado pela população, sua taxa de rejeição está no nível mais alto em dois anos.

A pesquisa avaliou a opinião dos brasileiros sobre 26 autoridades de distintas esferas de poder, além de uma celebridade televisiva, o apresentador de TV Luciano Huck. Quase todos estão no vermelho, ou seja, são mais desaprovados do que aprovados. As exceções são Huck, Moro e o ex-presidente do Supremo Joaquim Barbosa. Os dois últimos são responsáveis pelos julgamentos dos dois maiores escândalos de corrupção do País: mensalão e Operação Lava Jato.

Para Danilo Cersosimo, um dos responsáveis pela pesquisa, o aumento do descontentamento com o Judiciário pode estar relacionado “à percepção de que a Lava Jato não trará os resultados esperados pelos brasileiros”. Outros levantamentos do Ipsos mostram que o apoio à operação continua alto, mas vem caindo a expectativa de que a força-tarefa responsável por apurar desvios e corrupção na Petrobrás provoque efeitos concretos e mude o País. “Há uma percepção de que a sangria foi estancada, de que a Lava Jato foi enfraquecida”, disse Cersosimo.

Na lista de avaliados pelo Ipsos estão três dos 11 atuais integrantes do Supremo: Cármen Lúcia, a presidente; Edson Fachin relator dos casos relacionados à Lava Jato; e Gilmar Mendes, principal interlocutor do presidente Michel Temer no Tribunal. Os três enfrentam deterioração da imagem.

Além de Moro e Fachin, há na lista outros dois nomes relacionados à Lava Jato: o do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e o do procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da operação em Curitiba. Eles também sofrem desgastes.

Líder

No STF, a pior situação é a de Gilmar: no último mês, sua taxa de desaprovação subiu de 58% para 67%. Desde abril, o aumento foi ainda maior: 24 pontos porcentuais.

O descontentamento com Gilmar cresceu ao mesmo tempo em que ele ficou mais conhecido: até maio, mais da metade da população (53%) não sabia dele o suficiente para opinar. Agora, esse índice caiu para 30%. Já a taxa de aprovação se manteve praticamente estável, oscilando em torno de 3%. A avaliação crítica é maior nas faixas mais escolarizadas: chega a 80% entre os brasileiros com curso superior, e é de 50% entre os sem instrução.

Nos últimos meses, Gilmar, que também preside o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), se notabilizou por constantes e duras críticas ao que classifica como abusos na atuação do Ministério Público Federal em grandes investigações no País, incluindo a Lava Jato. O ministro protagonizou embates com o procurador-geral da República e chegou a chamar Janot de “desqualificado”.

Na pesquisa Ipsos, o chefe do Ministério Público Federal – que vai deixar o cargo em breve – teve seu desempenho reprovado por 52% dos entrevistados. A avaliação favorável ficou em 22%.

Evolução

Cármen Lúcia teve aumento de 11 pontos porcentuais em sua taxa de desaprovação entre julho e agosto, de 36% para 47%. Já sua aprovação está em 31% – queda de cinco pontos porcentuais em um mês e de 20 pontos desde janeiro. A avaliação favorável de Fachin caiu, em um mês, de 45% para 38%, enquanto a desfavorável subiu de 41% para 51%.

Conhecido por sua atuação no julgamento de acusados no escândalo da Lava Jato, Moro, titular da 13.ª Vara Federal de Curitiba, tem seu desempenho aprovado por mais da metade da população (55%). Sua taxa de desaprovação, porém, subiu nove pontos porcentuais no último mês, de 28% para 37% – o ponto mais alto na série histórica do Ipsos, que teve início em agosto de 2015.

Justiça derruba aumento de salários dos vereadores de Caruaru

CAIU DE R$ 15 MIL PARA R$ 9 mil.

Blog do Wagner Gil

dinheiroAcaba de cair uma liminar do então juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública, José Fernando dos Santos Souza, que havia determinado a redução do salário dos vereadores de Caruaru de R$ 15 mil para R$9 mil.

O atual juiz da 1ª Vara da Fazenda, Rommel Silva Patriota, acatou o pedido de reconsideração impetrado pelos advogados da Câmara através da Procuradoria Legislativa.

A presidência da Câmara ainda não decidiu se vai pagar o retroativo aos vereadores.

Temer em Suape dia 27 de abril.

Presidente assina decreto que devolverá ao Estado plena autonomia sobre licitações.

suape temerO presidente estadual do PMDB, vice-governador Raul Henry, garante que ouviu do presidente Temer a confirmação da sua volta a Pernambuco, provavelmente para o próximo dia 27.

A agenda será em Suape, onde o presidente assina decreto que devolverá ao Estado plena autonomia sobre licitações.

Pernambuco perdeu essa autonomia em 2013, no governo de Dilma Rousseff, quando entrou em vigor a nova Lei dos Portos.

É possível que o presidente aproveite seu regresso ao Estado para reforçar, junto à bancada federal, pedido de apoio à reforma da Previdência.

LADROAGEM – A entrega da propina aos políticos era feita até por motoboys

CORRUPÇÃO

Os delatores da Odebrecht contaram detalhes de um sistema de delivery para entregar propina em casa.

motoboy n2A entrega era feita por motoboys – como se fosse um pedido de pizza. Em vez de pizza, o motoboy levava um envelope. E dentro do envelope, a propina.

Delatores descreveram os locais de distribuição de suborno. O delivery da corrupção cobria entregas nos gabinetes da Esplanada dos Ministérios e até nas casas de políticos.

O senador Edison Lobão, um dos citados, disse que nega veementemente o recebimento de qualquer tipo de dinheiro e espera que a palavra do delator não tenha validade, desacompanhada de provas.

O senador Fernando Collor também negou ter recebido qualquer vantagem indevida não contabilizada na campanha eleitoral de 2010.

O ministro Vital do Rêgo disse que está à disposição das autoridades e que confia que qualquer dúvida sobre a sua conduta será devidamente esclarecida.