FESTA DO PADROEIRO SÃO SEVERINO NA RUINHA. Neste fim de semana.

distrito

De 14 a 17 de janeiro, o evento conta com celebrações eucarísticas e procissão

distrito_são_severinoO distrito de São Severino, zona rural de Gravatá, celebra neste fim de semana, sábado e domingo, 16 e 17, respectivamente, o padroeiro da comunidade.

Com programação religiosa, as celebrações eucarísticas tem início nesta quinta-feira (14), às 16h. No domingo (17), último dia do evento, a tradicional procissão de São Severino acontece, no mesmo horário, também às 16h.

Na sequência, haverá a celebração da Santa Missa.

________________________

Texto enviado pela Imprensa da Prefeitura de Gravatá

Igreja Matriz de Sant’Ana lotada para a Missa Solene em comemoração aos 75 anos de dedicação

1A noite da última sexta-feira (13) foi de muita emoção para os fiéis católicos de Gravatá. A igreja Matriz de Sant’Ana, no Centro da cidade ficou pequena para a quantidade de fiéis que participaram da celebração solene presidida pelo bispo da Diocese de Caruaru, Dom Bernardino Marchió em comemoração aos 75 anos da dedicação da igreja. Na ocasião, cerca de 40 padres diocesanos e mais de 30 seminaristas estiveram presentes para também participar da ordenação sacerdotal de um jovem gravataense.

 

Com início às 19h30, a celebração eucarística foi de muita emoção e alegria, pois além de celebrar a morte e ressurreição do Senhor, a igreja está em festa, pois há 75 anos a atual igreja matriz foi construída e dedicada à senhora Sant’Ana, a avó de Jesus Cristo. Presidida pelo bispo, durante a celebração o jovem diácono, Ezequias Dantas, natural de Gravatá foi ordenado padre. A família do novo padre esteve presente, e muitos amigos e fiéis participaram desse momento tão importante e feliz para a história de Gravatá e da Igreja Católica Apostólica Romana. Ao final da celebração, todos se confraternizaram com abraços e compartilharam a alegria com um bolo oferecido aos presentes.

 

O bispo da Diocese de Caruaru, Dom Bernardino Marchió estava muito feliz em poder celebrar esta data importante para Gravatá e falou sobre a solenidade: “É uma alegria poder estar aqui na cidade de Gravatá que tem um povo de muita fé. Hoje nos festejamos os 75 anos de dedicação da igreja Matriz de Sant’Ana que é a igreja mãe do município. Com o crescimento da cidade, temos outra igreja Matriz, que é a de Nossa Senhora das Graças. Mas esta igreja aqui no centro da cidade, faz parte da história desse povo que é muito acolhedor e feliz. Outra alegria para celebrarmos é a ordenação de um jovem da terra. O mais novo padre em nossa Diocese, filho de Gravatá e que agora segue à serviço do Reino de Deus”, disse.

 

A Igreja Matriz de Sant’Ana foi dedicada na manhã do dia 15 de novembro de 1940. Ela substituiu a antiga Matriz que datava de 1822. Os trabalhos de construção começaram em 1937 e duraram três anos, graças à generosidade dos fiéis. O templo foi concluído em curto espaço de tempo e foi dedicado pelo então arcebispo de Olinda e Recife.

 

Atualmente, a Igreja é o centro irradiador do trabalho pastoral em toda cidade, com capacidade para mais de 800 pessoas sentadas, sua torre de mais de 40 metros é ponto turístico da cidade. Além das atividades e cerimônias religiosas a Igreja de Sant’Ana sediou encontros e espetáculos de música erudita.

 

Texto – Rodolfo Lima

Fotos – Marcone Barros

 

No dia de finados igrejas católicas de Gravatá celebram missas em horários especiais

Confiram os horários e locais das celebrações

 

borda verdeNa segunda-feira (02/11) dia em que se celebra o Dia dos Finados, as igrejas católicas de Gravatá estão organizadas para realizar celebrações em horários especiais. Em sinal de tradição e fé, milhares de famílias gravataenses visitam o cemitério de Santo Amaro e em seguida participam da Santa Missa. Na Igreja de Cristo Rei localizada no bairro do Cruzeiro ao lado do cemitério haverá três celebrações nos seguintes horários: 7 da manhã, 10 da manhã e 16 horas. As demais igrejas – Matriz, Nossa Senhora das Graças, Uruçu Mirim, e Mandacaru. Confira abaixo os locais e horários de cada missa.

 

Igreja Matriz de Sant’Ana – Centro

17 horas

 

Igreja Nossa Senhora das Graças – Bairro Nossa Senhora das Graças

19h30m

 

Igreja de Cristo Rei – Bairro do Cruzeiro

7 horas

10 horas

16 horas

 

Igreja de Uruçu Mirim – Zona Rural

8 horas

 

Igreja de São José em Mandacaru – Zona Rural

10 horas

Senhora Sant’Ana: Padroeira de Gravatá celebrada com grande festa no domingo

Procissão arrastou milhares de fiéis que saíram da Igreja Nossa Senhora das Graças com destino à Matriz de Sant’Ana

1O domingo, 26 de julho foi dia de festa em Gravatá, quando se comemora o dia de Senhora Sant’Ana, Padroeira da cidade. Desde cedo as comemorações começaram e o ápice foi a tradicional Procissão, que este ano teve seu percurso alterado, saindo pontualmente às 16 horas da Igreja Nossa Senhora das Graças com destino à Matriz. Uma hora de caminhada e milhares de fiéis que lotaram as ruas e entoavam a peregrinação com orações e louvor. O andor que carregou a imagem de Sant’Ana e seu companheiro São Joaquim merece destaque. Posicionado na viatura da Guarda Municipal, estava também uma réplica fiel da Igreja da Matriz, um espetáculo bonito de se ver, feito pelas mãos de um gravataense.

 

Chegando à Praça da Matriz um grande palco estava montado onde foi celebrada a Santa Missa presidida pelo Bispo da Diocese de Caruaru, Dom Bernardino Marchió, o pároco de Gravatá, João Paulo Gomes, padres e seminaristas convidados. A festa da Padroeira de Gravatá teve início no dia 17 de julho com tema “Sant’Ana, ensina-nos a ser igreja viva”. Novenário, celebrações e missas solenes fizeram parte de toda a programação que contou com a presença de celebrantes vindos de outras cidades. A chuva fina e o friozinho foram apenas atrativos diante da grandiosidade que a festa teve, um verdadeiro momento de fé.

 

O prefeito de Gravatá, Bruno Martiniano ao lado de secretários e vereadores acompanhou a procissão e salientou a importância da religiosidade do povo gravataense, “A cidade de Gravatá é abençoada por ter um povo tão fiel e temente à Deus. Todos os anos faço questão de estar presente na procissão de nossa Padroeira, é um dos grandes momentos para renovarmos a nossa fé e nos aproximarmos de Deus”, disse o prefeito. A festa de Senhora Sant’Ana teve o apoio da Prefeitura de Gravatá através da Secretaria de Turismo, Guarda Municipal e Infraestrutura.

ABERTURA OFICIAL DA TORRE DA IGREJA – Após a missa, o Bispo ao lado do Padre João Paulo e do prefeito Bruno Martiniano descerraram a placa de abertura para visitação da Torre da Igreja, ela que tem mais de 40 metros de altura e abriga o acervo histórico da cidade, podendo ser visitada de sexta à domingo das 8 ao meio dia e das 14 às 18 horas.

 

QUERMESSE – Na praça a quermesse estava animada com show do grupo Centelha Divina e a venda de comidas e bebidas em prol da Igreja.

 

Texto – Adriana Bezerra

Fotos – Ednaldo Lourenço e Marcone Barros

 

 

(A qualquer momento, tem mais noticias aqui no Blog – Se for necessário e o fato for importante) 

Torre de 40 metros de altura é aberta para visitação na Igreja Matriz de Gravatá

Visitação tem início no próximo domingo dia da Padroeira

 

1Gravatá ganha mais um atrativo turístico a partir de agora. A torre da Igreja Matriz de Sant’Ana que mede aproximadamente 40 metros, que abriga os sinos do templo, será aberta a partir de domingo (26/07) dia da Padroeira Senhora Sant’Ana para visitação do público. Do alto é possível ver toda a cidade e apreciar as belezas de Gravatá. O local abrigará um acervo histórico com obras de arte e fotografias. A visitação pública acontecerá de sexta à domingo das 9 da manhã ao meio dia, e das 14 às 17 horas.

 

A iniciativa é uma parceria com a Prefeitura de Gravatá através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo e a Paróquia de Sant’Ana. De acordo com o secretário José Pereira, a Torre de Gravatá é uma das poucas no mundo que abrigam exposições de artes e fotografias, e que são abertas à visitação pública, a exemplo da torre de São Marcos, em Veneza, na Itália. A Igreja Matriz de Sant’Ana foi fundada em 15 de Novembro de 1940.

 

Para que a visitação fosse aberta ao público a Igreja providenciou telas de proteção que foram instaladas nas partes abertas da Torre.

 

Subindo da base até a Torre são ao todo seis pisos com diversas exposições como:

 

1° piso – “Exposição Temporária de Artes”

2° piso – “História da Igreja Matriz”

3° piso – “Exposição Fotográfica de Pontos Turísticos de Gravatá”

4° Piso – “Exposição de Santos e Santas de Gravatá”

5° piso – Campanário

6° piso – “Cruzeiro e Vista Aérea de Toda Cidade de Gravatá” (área descoberta, topo da torre e a imagem da padroeira da cidade).

 

Texto – Alexandre Carlos

Fotos – Ednaldo Lourenço

 

 

(A qualquer momento, tem mais noticias aqui no Blog – Se for necessário e o fato for importante) 

Padroeira de Gravatá – Tradicional Procissão de Sant’Ana acontece domingo e está com novo percurso

Concentração acontece na Igreja Nossa Senhora das Graças e sai pontualmente às 16 horas com destino à Igreja da Matriz

 

padroeiraGravatá está festejando desde o dia 17 de julho sua Padroeira Senhora Sant’Ana. Celebrações, novenário e missas solene acontecem diariamente na Igreja Matriz. E toda esta festa tem seu dia principal, o próximo domingo (26) dia da Santa, quando as comemorações terão sua culminância com a tradicional Procissão que este ano terá um percurso diferente. A concentração será na Igreja Nossa Senhora das Graças e sai pontualmente ás 16 horas com destino á Igreja da Matriz.

 

Com o tema: “Sant’Ana, ensina-nos a ser igreja viva”, os gravataenses estão vivenciando uma programação diversificada com quermesse na Praça da Matriz e atividades religiosas. Vinte e seis seminaristas da Diocese de Caruaru estarão entre os dias 21 a 26 de julho e realizarão trabalhos nas comunidades da cidade, entre elas visitas domiciliares e em instituições e entidades. Além dos seminaristas da Diocese, outros oito seminaristas europeus vem direto da França para conhecer a festa da padroeira.

 

Quermesse na Praça da Matriz: de 15 a 26 de julho uma grande barraca será montada para vender lanches ao público em prol da Paróquia. A quermesse será organizada pelas pastorais e haverá apresentações culturais.

 

Semana Missionária: de 21 a 26 de julho. Vinte e seis seminaristas da Diocese de Caruaru e mais oito seminaristas da França estarão na cidade para realizar um trabalho missionário nas comunidades.

 

Novena da Padroeira: de 17 a 25 de julho às 19:00 horas com celebração da Santa Missa.

 

“Sant’Ana, ensina-nos a ser igreja viva…”

 

23/07 (quinta-feira): “…Comunidade Clebrativa”

07h Missa na Igreja Matriz / Oração da Manhã

19h Solene Celebração Eucarística presidida pelo padre, Adriano Davi Curvelo de Souza, Diretor Espiritual do Seminário Interdiocesano Nossa Senhora das Dores (Caruaru). Serão noiteiros: Legião de Maria, Comunidades Centelha Divina, Santíssima Trindade, Obra de Maria, Canção Nova, Grupo Ágape, Grupo Mensageiros da Paz e Renovação Carismática de Gravatá.

 

24/07 (sexta-feira): “Desejosa de conhecer a sua fé”

07h Missa na Igreja Matriz / Oração da Manhã

19h Solene Celebração Eucarística presidida pelo padre, Fernando Lima, vigário paroquial de Sant’Ana. Serão noiteiros: Comunidades de Mandacaru, Uruçu Mirim, Candeeiro I e II, Jatobá, Sarampo, Ipapeconha, São Severino, Alto do Caboclo, Olho D’água e Riacho Seco. Comunidades de Lagoa do Fernando, Esquerdo, Serra das Caraíbas, Pedra Miúda, Assentamento Nossa Senhora das Graças, Loteamento Santana, Condomínio Colonial Inn, Caroá, Floresta, Carapotós, Caatinga Vermelha, Titara, Limeira, Retiro Saudoso, Brejo Velho e Caxito.

 

25/07 (sábado): “Atuante em suas pastorais e movimentos”

09h Missa na Igreja Matriz

19h Solene Celebração Eucarística presidida pelo padre, Kennedy Amorim de Melo, pároco da Paróquia de Nossa Senhora do Monte Carmelo e ecônomo diocesano. Serão noiteiros: Setor Juventude, Juventude do Grupo Santíssima Trindade, Juventude do Centelha Divina, JOED, Jovens Unidos em Cristo, Comunidades de Nossa Senhora de Lourdes, Cristo Rei, São Sebastião e Sagrado Coração de Jesus.

Encerramento com Quermesse e apresentações culturais.

 

26/07 (domingo): Dia da padroeira Nossa Senhora Sant’Ana

07h Missa na Matriz

09h Missa na Matriz

16h Procissão com a imagem de Sant’Ana pelas ruas centrais da cidade de Gravatá

Concentração na Igreja Nossa Senhora das Graças com destino à Igreja da Matriz.

17h Solene Celebração Eucarística presidida pelo bispo diocesano, Dom Bernardino Marchió na Praça da Matriz.

Encerramento com apresentação cultural e quermesse.

 

Texto – Rodolfo Lima

 

(A qualquer momento, tem mais noticias aqui no Blog – Se for necessário e o fato for importante)