O POVO NÃO AGUENTA MAIS. PESQUISA REVELA: Onda de rejeição popular alcança políticos e até ministros do Supremo. Gilmar Mendes é o mais odiado.

Até o juiz Sérgio Moro sofre degaste de sua imagem.

Fonte: Diario de Pernambuco

1 gilmar 1 joaquim 1 moroA onda de rejeição a políticos e autoridades públicas já não se limita ao governo e ao Congresso, e chegou com força ao Poder Judiciário e ao Ministério Público.

Pesquisa Ipsos mostra que, entre julho e agosto, houve aumento significativo da desaprovação a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Até o juiz Sérgio Moro enfrenta desgaste: apesar de seu desempenho ainda ser majoritariamente aprovado pela população, sua taxa de rejeição está no nível mais alto em dois anos.

A pesquisa avaliou a opinião dos brasileiros sobre 26 autoridades de distintas esferas de poder, além de uma celebridade televisiva, o apresentador de TV Luciano Huck. Quase todos estão no vermelho, ou seja, são mais desaprovados do que aprovados. As exceções são Huck, Moro e o ex-presidente do Supremo Joaquim Barbosa. Os dois últimos são responsáveis pelos julgamentos dos dois maiores escândalos de corrupção do País: mensalão e Operação Lava Jato.

Para Danilo Cersosimo, um dos responsáveis pela pesquisa, o aumento do descontentamento com o Judiciário pode estar relacionado “à percepção de que a Lava Jato não trará os resultados esperados pelos brasileiros”. Outros levantamentos do Ipsos mostram que o apoio à operação continua alto, mas vem caindo a expectativa de que a força-tarefa responsável por apurar desvios e corrupção na Petrobrás provoque efeitos concretos e mude o País. “Há uma percepção de que a sangria foi estancada, de que a Lava Jato foi enfraquecida”, disse Cersosimo.

Na lista de avaliados pelo Ipsos estão três dos 11 atuais integrantes do Supremo: Cármen Lúcia, a presidente; Edson Fachin relator dos casos relacionados à Lava Jato; e Gilmar Mendes, principal interlocutor do presidente Michel Temer no Tribunal. Os três enfrentam deterioração da imagem.

Além de Moro e Fachin, há na lista outros dois nomes relacionados à Lava Jato: o do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e o do procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da operação em Curitiba. Eles também sofrem desgastes.

Líder

No STF, a pior situação é a de Gilmar: no último mês, sua taxa de desaprovação subiu de 58% para 67%. Desde abril, o aumento foi ainda maior: 24 pontos porcentuais.

O descontentamento com Gilmar cresceu ao mesmo tempo em que ele ficou mais conhecido: até maio, mais da metade da população (53%) não sabia dele o suficiente para opinar. Agora, esse índice caiu para 30%. Já a taxa de aprovação se manteve praticamente estável, oscilando em torno de 3%. A avaliação crítica é maior nas faixas mais escolarizadas: chega a 80% entre os brasileiros com curso superior, e é de 50% entre os sem instrução.

Nos últimos meses, Gilmar, que também preside o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), se notabilizou por constantes e duras críticas ao que classifica como abusos na atuação do Ministério Público Federal em grandes investigações no País, incluindo a Lava Jato. O ministro protagonizou embates com o procurador-geral da República e chegou a chamar Janot de “desqualificado”.

Na pesquisa Ipsos, o chefe do Ministério Público Federal – que vai deixar o cargo em breve – teve seu desempenho reprovado por 52% dos entrevistados. A avaliação favorável ficou em 22%.

Evolução

Cármen Lúcia teve aumento de 11 pontos porcentuais em sua taxa de desaprovação entre julho e agosto, de 36% para 47%. Já sua aprovação está em 31% – queda de cinco pontos porcentuais em um mês e de 20 pontos desde janeiro. A avaliação favorável de Fachin caiu, em um mês, de 45% para 38%, enquanto a desfavorável subiu de 41% para 51%.

Conhecido por sua atuação no julgamento de acusados no escândalo da Lava Jato, Moro, titular da 13.ª Vara Federal de Curitiba, tem seu desempenho aprovado por mais da metade da população (55%). Sua taxa de desaprovação, porém, subiu nove pontos porcentuais no último mês, de 28% para 37% – o ponto mais alto na série histórica do Ipsos, que teve início em agosto de 2015.

Brasileiros são as maiores vítimas de novo ataque no Facebook

Uma colaboração de Anselmo Ricardo (anselmo_ricardo_soares@hotmail.com)

anselmo ricardoSegundo a Kaspersky, ataque de phishing envia mensagem falsa aos usuários para roubar contas na rede social. Máquinas com Windows foram as mais afetadas.

Usuários brasileiros são as maiores vítimas de um novo ataque de phishing no Facebook que tem o objetivo de roubar contas na rede de Mark Zuckerberg, segundo dados da Kaspersky Lab coletados entre 24 e 27 de junho.

De acordo com a empresa de segurança, esse recente ataque de malware afetou cerca de 10 mil usuários da rede social no mundo todo, incluindo países como Polônia, Peru, Colômbia, México, Equador, Grécia, Portugal, Tunísia, Venezuela, Alemanha e Israel.

O Brasil é o local com o maior número de infectados pelo malware, que se divide em duas fases e engana os usuários por meio de uma mensagem enviada por um amigo no Facebook afirmando que foram mencionados em um comentário na plataforma.

Na primeira fase do ataque, é feito o download para o PC do usuário de um trojan que instala, entre outras coisas, uma extensão maliciosa do Chrome. Feito isso, a chamada segunda fase é ativada, quando o navegador comprometido é usado para acessar o Facebook e o controle da conta é efetivamente tomado pelo criminoso.

Com o roubo da conta do usuário na rede social, o criminoso pode disseminar o malware ainda mais entre os contatos da vítima, além de também poder roubar dados pessoais, enviar spam e produzir “curtidas” e “compartilhamentos” fraudulentos.

Windows na mira – Os usuários de PCs e smartphones Windows são os que mais correm risco em relação ao ataque, enquanto que os smartphones iOS e Android estão imunes.

Resposta – O Facebook afirma ter conseguido atenuar a ameaça, bloqueando as técnicas de propagação do malware pelos computadores infectados. A empresa também alega não ter observado outras tentativas de infecção. O Google, por sua vez, também diz ter removido pelo menos uma das extensões criminosas da Chrome Web Store.

______________________

Uma colaboração de Anselmo Ricardo (anselmo_ricardo_soares@hotmail.com)

BLOG DA FOLHA “Prefeito de Gravatá corta gastos para atender Lei Fiscal”

Assinado pelo jornalista MARCIO DIDIER, hoje, 18 de fevereiro de 2015

    (Postado aqui no blogdocastanha.com às 18:30 horas do dia 19 de fevereiro de 2015   –    QUINTA FEIRA   )

Depois de extrapolar o limite da Lei de Responsabilidade Fiscal, ao chegar a atingir 63,85% de comprometimento da folha de pessoal, o prefeito de Gravatá, Bruno Martiniano (PTB), após cortar salários dos comissionados, reduziu, no mês de janeiro, a gasto com pessoal para menos de 50% (o máximo aceitável pela legislação é de 54%).

Ao contrário do que ocorreu em 2013, nos primeiros meses de sua gestão, as despesas com o pessoal que em vez de cair aumentaram do primeiro quadrimestre para o segundo de 58,89% para 63,85%, no que chegou a ser notificado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Desse total, à época, 70% estavam comprometidos com Educação e Saúde, quando, por exemplo, o número de médicos contratados no início da gestão passou de 8 para mais de 70 profissionais, necessários para manter as 20 equipes do Programa Saúde da Família (PSF), já que apenas menos de 1/3 estavam funcionando adequadamente.

De acordo com o prefeito, além das necessidades de contratação do município, outro motivo o teria levado a exceder o limite da lei: crise generalizada do municipalismo brasileiro, que vem tendo quedas acentuadas dos repasses dos governos Federal e Estadual, bem como em suas arrecadações próprias, que vem sendo gradativamente sanadas na gestão administrativa de Gravatá.

 

(A qualquer momento, tem mais noticias aqui no Blog – Se for necessário e o fato for importante

_________________________

A CADA DUAS HORAS, UMA NOVA NOTÍCIA POSTADA AQUI

A quem interessar possa. A real versão da Prefeitura

Resposta enviada ao JORNAL DO COMMERCIO sobre a reportagem “Gravatá Enfrenta Denúncia”

    (Postado aqui no blogdocastanha.com às 17:30 horas do dia 18 de fevereiro de 2015   –    QUARTA FEIRA   )

 

jornalCom relação à matéria publicada pelo JC na edição do dia 18 deste mês, esclarecemos que a conduta administrativa do prefeito de Gravatá, Bruno Coutinho Martiniano Lins, segue toda e qualquer determinação do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco TCE-PE, tanto do ponto de vista preventivo, quanto corretivo.

 Quanto aos itens publicados esclarecemos que:

1. A Prefeitura de Gravatá mantém um contrato com escritório de advocacia desde o ano de 2006, passando pelas gestões dos prefeitos Joaquim Neto, Ozano Brito e agora Bruno Martiniano, que, no que pertine a referida contratação, ressaltamos por zelo, que nenhum pagamento foi realizado, pois o contrato em apreço são denominados como contrato de risco, ou seja, apenas e tão somente após o sucesso da demanda, com natural ingresso de recursos nos cofres públicos, efetua-se o pagamento ao profissional contratado por notória especialização.

  2.  Com relação a citação na referida matéria de que a Prefeitura, no seu relatório de gestão fiscal de 2013, primeiro ano da administração de Bruno Martiniano, estaria cometendo irregularidades contra a Lei de Responsabilidade Fiscal relativas a despesas com o pessoal que “em vez de cair aumentaram do primeiro quadrimestre para o segundo de 58,89% para 63,85%” esclarecemos que esse tipo de problema, fruto de uma crise generalizada do municipalismo brasileiro, que vem tendo quedas acentuadas dos repasses dos governos Federal e Estadual, bem como em suas arrecadações próprias, vem sendo gradativamente sanadas na gestão administrativa de Gravatá.

Para um melhor entendimento da situação, é importante esclarecer que na atual gestão, 70% do total da Folha são comprometidos com Educação e Saúde, serviços essenciais para a população.  Na administração Bruno Martiniano, por exemplo, foram realizados fortes investimentos na saúde, passando de 8 médicos contratados no início da gestão para mais de 70 profissionais, necessários para manter cerca de 20 Postos de Saúde da Família – PSF, já que apenas menos de 1/3 estavam funcionando adequadamente.

  A realidade das despesas com pessoal em Gravatá mudou radicalmente. Em dezembro de 2014 o comprometimento da folha foi reduzido para cerca de 55% das receitas do município, muito próximo dos 54% recomendados pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Em janeiro deste ano a expectativa é de fechar o balanço abaixo de 50% da arrecadação das receitas, tudo por conta de medidas drásticas de contenção de despesas adotadas pela gestão municipal, como cortes nos salários, reduções nas gratificações e o enxugamento do corpo funcional, dentre outras ações.

 3.  Em busca dos esclarecimentos dos fatos, a recuperação do Centro de Atenção Integral à Criança (CAIC) encontra-se em pleno andamento. As obras estão sendo realizadas com recursos do FEM 1 e passou por um processo licitatório difícil e complicado, com inúmeras suspensões frutos de várias impugnações promovidas por empreiteiras envolvidas no certame. Em dezembro de 2014 as obras foram iniciadas, estão com mais de 60% concluídas, estando previsto sua reinauguração para 15 de março de 2015.

   4. Por fim, quanto a questão da limpeza urbana, informamos que o contrato foi mais uma vez prorrogado por mais três meses atendendo mais uma recomendação do TCE, que solicitou que o Edital fosse novamente examinado por técnicos daquela Corte.

 

___________________________

Texto produzido pela Secretaria de Imprensa e Comunicação de Gravatá e enviado ao JC

(A qualquer momento, tem mais noticias aqui no Blog – Se for necessário e o fato for importante

_________________________

A CADA DUAS HORAS, UMA NOVA NOTÍCIA POSTADA AQUI

Ultimas informações sobre o falso “jornalista” que escandalizou Gravatá numa desastrada entrevista a uma rádio

O esdrúxulo caso e mais ridícula “barriga” já registrada na imprensa de Gravatá já está nas mãos da Central de Jornalismo da TV Globo, em São Paulo, para uma tomada de decisão. Gravatá está exigindo uma retratação pública.

(Postado aqui no blogdocastanha.com às 06: 00 horas do dia 15 de janeiro de 2015).

robertyo falsariog umO falsário “jornalista” desapareceu da cidade tão de repente como teria surgido por aqui. Deixou seu grupo de amigos desolados e com a cara no chão de vergonha sem saber o que dizer, tentando explicar no ar o que não tem explicações.

A procuradoria jurídica da Prefeitura de Gravatá está aguardando um comunicado da Central Globo de jornalismo, de São Paulo, para se pronunciar e tomar uma posição.

O pessoal do Portal G1 da Globo da região, situado na cidade de Caruaru (que no momento da infeliz entrevista foi acionado pela Secretaria Municipal de Imprensa e Comunicação de Gravatá para que apurasse a gravidade da utilização do nome do Portal da Globo em propaganda política enganosa através da rádio educativa de um político local), informou no final da tarde que o caso foi enviado para a Central de Jornalismo.

No processo enviado, o áudio e a decodificação por escrito do programa que caracteriza o crime cometido pelos radialistas e a emissora, que utilizou o nome do Portal G1 na entrevista com um falsário para propaganda política de um grupo de oposição.

O assunto é muito serio e envergonha a cidade de Gravatá.

(As 08 horas ou a qualquer momento, tem mais noticias aqui no Blog)

  _________________________

A CADA DUAS HORAS, UMA NOVA NOTÍCIA POSTADA AQUI

A PROVA DO ENGÔDO. Transcrição do diálogo do programa que pode culminar em processo do G1-Rede Globo contra a rádio Educativa e o fechamento da emissora por crime de fraude e falsidade ideológica

g umA FARSA DENUNCIADA

A emissora Educativa Nova FM de um político de Gravatá pode ser fechada pelo Ministério das Comunicações por desrespeito ás Leis Constitucionais e de Imprensa por ter utilizado um impostor se passando por jornalista do G1 da Globo para fazer política de oposição. 

(Postado aqui no blogdocastanha.com às 10:20 horas do dia 14 de janeiro de 2015).

falsarioTranscrição na íntegra do programa “A Hora da Verdade” que está servindo de provas para o G1-Rede Globo se retratar para a população de Gravatá e entrar com processo para punir a fraude de utilização de sua marca para fins políticos.

Na integra, o diálogo dos radialistas com o falsário, para que ninguém fique na dúvida

José Fábio disse:Equipe da Globo, do G1, está na cidade e vão denunciar algumas irregularidades”.

Locutor disse: “Estamos recebendo o jornalista Roberto Rocha e ele vai fazer uma série de reportagens em Gravatá, ele é da Rede Globo, do G1”.

Roberto Rocha disse: “É triste estar aqui é vê a cidade dessa forma, participamos da festa no final de semana e vimos o número ínfimo de pessoas. Esperamos que melhore. Lamentamos a situação, outra coisa que é ridículo é a imprensa não poder ter acesso as sessões da Câmara, isso é um agravo ao povo, eu conheço cidade menores que a sessão é transmitida por caixas, nos postes”.

Locutor disse:O que lhe trouxe a cidade foram as denúncias?”.

Roberto Rocha disse: “Se eu fosse repórter desta cidade teria que ter minha casa vigiada por policiais e a guarda municipal, se já existe denuncia no Ministério Publico e na Policia Federal, telefones já estão grampeados e cada um tem que pagar pelos seus erros”.

Locutor disse: “Você já conhecia Gravatá”?

Roberto Rocha disse: “Conhecia de outras mídias, como Folha de São Paulo, pelo polo turístico que aqui fizeram”.

Locutor disse: “Você viu uma Gravatá do passado e hoje se depara com a cidade desta forma”.

Roberto Rocha disse: “Soubemos de um caso onde um médico estava trabalhando embriagado, o caos está implantado no município, com as drogas, ontem uma vida de mais um jovem foi dizimada”.

Ouvinte disse: “Eu quero fazer uma pergunta, até quando vocês vão ficar em Gravatá”?

Roberto Rocha disse: “Por medida de segurança, uns três dias”.

Ouvinte Paula disse: “Fui eu quem filmou o médico naquele caso, a prefeitura tomou conhecimento e retirou o médico, mas não deu explicação, mas eu estou tão desacreditada”.

Roberto Rocha disse: “Eu não estou aqui para fazer matéria, mas aqui vemos secretário com patrimônios elevados e não vamos ficar só por aqui, vamos passar para a Veja (revista) também, outra coisa, não está tendo médicos na cidade, porque não estão recebendo seus proventos, eu acho que o povo está levando uma gravata”.

Roberto Rocha disse: “A carne aqui é boa”?

Locutor disse: “Pode até ser, mas da forma que estão fazendo não, você vai visitar hoje”?

Roberto Rocha disse: “Vou, mas não é bom nem avisar”.

Ouvinte Professora Fátima disse:A situação de Gravatá é gritante, tem uma pessoa que mora próximo a minha casa que está ha três meses sem receber, é muita violência, estou muito feliz pela participação da Globo na rádio, o gestor do município não precisou de bomba para destruir ninguém, destruiu com as próprias mãos, é desemprego, aluno sem estudar devido a falta de pagamento dos funcionários, a mesma coisa com os pacientes de hemodiálise, foi bom estar aqui, pois só assim temos uma ponte para sair deste caos”.

Locutor disse: “Um jovem relata aqui no facebook, da embriaguez do médico, você pode ver”.

Roberto Rocha disse: “É uma vergonha, lamentável”.

Ouvinte disse: “O gestor vai a uma emissora e diz que quem não aguentar que corra, chama palavrão”.

Locutor disse: “É um gestor que chama palavrão, bate boca na frente da escola”.

Ouvinte disse: “Não adianta ligar para outra rádio, porque o irmão do outro locutor, tem irmão empregado na prefeitura”.

Roberto Rocha disse: “O nepotismo é grande, eu soube que o gestor está acamado devido a um acidente, mas eu quero deixar uma frase, quem faz aqui, ou paga aqui ou no inferno, o povo tem o governo que merece, mas nada está perdido, eu quero dizer que nada que vocês fizeram aqui não foi em vão”.

Ouvinte Carlos disse: “Se a gente não reagir, não vai fazer nada, mas quem tem que fazer as coisas são os vereadores, mas ele tem a maioria e não passa nada para o punir”.

Ouvinte Célia, de Avencas disse:Eu estou feliz por ele estar em Gravatá, meu marido trabalhou todo o mês, e quando foi receber não tinha dinheiro, quando foi à Secretaria, disseram que ele estava fora há um mês, o que nós deveríamos fazer é nos unir e ir à prefeitura tirar esse prefeito”.

Roberto Rocha disse: “Existe subsídios fortes para que haja uma CPI e o prefeito ir falar na tribuna, da minha parte eu vou colher e jogar na mídia, eu aqui estou sozinho, mas vou mandar uma equipe aqui e num segundo momento, vai estourar, e o primeiro a tomar ciência é o Ministério Publico”.

Locutor disse: “Foi publicado em um blog que a denúncia do médico é infundada, então o que o jovem publicou também é mentira? Daqui a pouco vão dizer que você não é jornalista”.

Roberto Rocha disse: “Parece um carro forte! Cada município têm seus problemas, mas aqui não tem como tapar o sol com a peneira, eu não filmei nem fiz nada, eu vi muito lixo”.

Ouvinte Geraldo Moraes disse: “Eu quero pedir que ele vá ao CAIC, pois a verba esta aqui, não sei onde, muitas crianças foram acomodadas em minha igreja”

Roberto Rocha disse: “Eu já estou ciente do assunto e tenho em mãos a documentação protocolada junto ao Ministério Publico da capital”.

Ouvinte Fátima, moradora da Rua do Norte, disse:Meu irmão esta há três meses sem receber, já vendeu tudo o que tinha e se ele falar vai ser demitido”.

Roberto Rocha disse: “Você já recebeu ameaças”?

Locutor disse: “Já várias vezes antes eu dizia, exponha, mas hoje parei para não estar dando crédito a esse povo”.

Roberto Rocha disse: “Vou ficar aqui para ver a reunião do Sindicato do funcionários, a secretária de saúde recebeu seu salário, tem dinheiro para por combustível, eu vim com minha família à passeio, mas chego aqui encontro isso”.

__________________________

Está aí o texto, que desmascara à farsa, para o leitor tirar as conclusões. Nem adianta a rádio tentar explicar o que é óbvio e muito menos alegar que também foi enganada pelo falso jornalista. A farsa foi montada 24 horas antes do programa ir para o ar com reuniões pré agendadas com a participação de um grupo político.

(As 12 horas ou a qualquer momento, tem mais noticias aqui no Blog)

  _________________________

A CADA DUAS HORAS, UMA NOVA NOTÍCIA POSTADA AQUI

Conselho Regional de Medicina – CREMEPE – quer apurar se o médico estava realmente bêbado no Plantão do Hospital Municipal de Gravatá

A denuncia foi feita pela Rádio Educativa de um político local através de uma ouvinte. Os fatos vão ser apurados e os responsáveis pela denúncia serão convocados para depor. O médico que foi acusado e a reclamante que usou a emissora de rádio para fazer denuncias sem provas, com anuência do locutor do horário que permitiu que o assunto fosse propagado em forma de calúnia sem ouvir as partes envolvidas.

(Postado aqui no blogdocastanha.com às 04: 50 horas do dia 13 de janeiro de 2015).

O preço caro da mentira?

HOSPITALO prefeito Bruno Martiniano deu inicio na tarde de ontem (13) ao processo de decretação de instalação de uma Sindicância Administrativa Interna para apurar os fatos denunciados numa emissora de rádio educativa pertencente a um político local através de uma ouvinte, que um dos médicos do plantão do último domingo do Hospital  Dr. Paulo da Veiga Pessoa estaria trabalhando embriagado.

A denunciante, todo tempo estimulada pelo radialista, afirmou que o médico “estaria trancado com uma mulher numa sala durante 32 minutos e quando saiu estaria com a braguilha aberta e com sinais de embriaguês alcóolica”.

A gravação do programa e a sua transcrição em forma de texto estão sendo enviadas ao Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (CREMEPE), já que um de seus associados – no caso o médico acusado sem provas – sofreu acusações caluniosas amplamente divulgadas por uma emissora de rádio educativa de concessão federal.

O programa  repercutiu e revoltou a categoria dos médicos que passou a exigir a apuração dos fatos,  do seu Conselho Regional e Federal.

A Prefeitura de Gravatá, através da procuradoria jurídica está notificando o CREMEPE para que o referido Conselho cobre responsabilidade da emissora de rádio para revelar o nome do seu associado acusado e o da denunciante. Os fatos serão amplamente apurados, antes que o assunto se transforme num escândalo que venha denegrir a imagem do profissional de saúde.

Na tarde de ontem, o procurador geral da prefeitura de Gravatá, advogado Dr. Antonio Carlos Saldanha reuniu-se com a secretária de Saúde do Município, Aglaine Oliveira e sua equipe, para dar inicio ao processo oficial de apuração das denuncias publicadas pela emissora de rádio e elaboração do texto do decreto a ser assinado pelo prefeito nesta quarta-feira.

Serão ouvidos todo o pessoal do plantão, médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, atendentes, recepcionistas, motoristas de ambulâncias que estavam de serviço naquela noite de domingo dia 11.

A comissão de Sindicância, já de posse da gravação do programa de rádio, vai convocar a denunciante para explicar os fatos que a teria levado a reclamar.

Todos os fatos serão apurados e confrontados e depois, se necessário, enviados aos orgãos competentes – Cremepe, Policia Federal, Ministério Público e Justiça – para as devidas providencias.

A Prefeitura deve uma satisfação a opinião pública sobre os fatos que tem repercutido negativamente junto à população local e a opinião pública de uma maneira geral.

(As 07  horas ou a qualquer momento, tem mais noticias aqui no Blog)

 _________________________

A CADA DUAS HORAS, UMA NOVA NOTÍCIA POSTADA AQUI

 

TJPE afasta 10 vereadores por corrupção em Caruaru

SACO DE NOELPRESENTE DE NATAL PARA VEREADORES CORRUPTOS

O Tribunal de Justiça do Estado (TJPE) determinou o afastamento dos 10 vereadores do município de Caruaru acusados de cobrar propina para aprovação dos projetos de Lei enviados pelo prefeito José Queiroz (PDT). A decisão foi tomada com base na Operação Ponto Final I da Polícia Civil, que produziu um relatório com 600 páginas sobre o esquema de corrupção ativa.

Os vereadores acusados Neto (PMN), Eduardo Cantarelli (SD), Cecílio Pedro (PTB), Val das Renderias (Pros), Pastor Jadiel (Pros), Jajá (sem partido), Evandro Silva (PMDB), Louro do Juá (SD), Sivaldo Oliveira (PP) e Val de Cachoeira Seca (DEM) devem ser afastados assim que a Câmara Municipal de Caruaru for notificada.

Todos eles já haviam sido expulsos dos cargos, em função das denúncias. No entanto, reassumiram os mandatos após liberação de uma liminar na Justiça. A nova decisão judicial ainda cabe recurso.

 

_______________

Com informações do jornalista Marcio Didier, do Blog da Folha

3o dias depois do acidente, paira a dúvida: Mataram Eduardo Campos?

aviao de eduardo

 Ninguém acredita que este caso será um dia revelado. Pode ter sido um crime perfeito. Uma maldade muito grande, uma dor, uma saudade que jamais será esquecida.

O acidente que vitimou Eduardo Campos vem sendo investigado intensivamente pelo Comando – Centro de Prevenção e Investigação de Acidentes Aéreos (Cenipa), pelo Conselho Nacional de Segurança em Transportes (NTSB), agência dos Estados Unidos, país fabricante da aeronave;  Transportation Safety Board (TSB), agência do Canadá, país da fabricante do motor; – Administração Federal de Aviação dos EUA, acompanhado de perto pelo FBI e a CIA; e pela Cessna Aircraft Company, fabricante do jato Cessna 560XL

O texto que se segue abaixo, que está circulando nas redes sociais, é atribuído ao coronel do Exército José Ori Dolvin Dantas, mas alguns jornalistas que entraram em contato com ele, negou categoricamente a informação.

No entanto, foi escrito por uma “pessoa do ramo”, dada a consistência das afirmações sobre a queda do avião Cessna que matou Eduardo Campos e mais seis pessoas.

Confira o texto atribuído ao Coronel

.

Usei os seguintes argumentos para justificar que o acidente foi um atentado.

1- Um jato executivo bimotor de porte médio fabricado em 2010 com 300 horas de voo é um avião novo!

2- A aeronave estava com as inspeções gerais e periódicas previstas no programa de manutenção em dia.

3- Equipado com sofisticados instrumentos de navegação que permitem pousos e decolagens em qualquer condição de tempo.

4- Gravador de voz em pane? Difícil de engolir. Ou o CENIPA recebeu ordem para não divulgar o conteúdo do áudio ou o gravador foi danificado durante o pernoite no pátio do Aeroporto Santos Dumont (RJ).

5- A voz do piloto no diálogo com a torre de controle e divulgada por uma emissora de TV (Globo) logo após o acidente mostrava muita tranquilidade da tripulação, apesar da chuva e da pouca visibilidade durante os procedimentos de aproximação.

6 – Há fortes indícios de duas explosões: uma na cabine ou nas turbinas, o que fez o avião despencar, e outra onde estavam os passageiros (motivo de os corpos terem sido totalmente esmigalhados). É tão evidente que houve esta explosão que não se achou, sequer, um pedaço de crânio, para se comparar fichas odontológicas a qualquer arcada dentária. Somente com o exame de DNA foi possível identificar o que sobrou de cada corpo.

7 – Algumas considerações (a respeito da tragédia que comoveu o país):

a) Se os pedaços da aeronave e partes significativas de corpos são encontrados em uma área extensa, pode-se afirmar que a explosão aconteceu ainda em voo. Foi o caso do atentado em 1988 ao Boeing 747 da PAN AM sobre a cidade escocesa de Lockerbie.

b) Se os pedaços da aeronave e partes significativas de corpos são encontrados concentrados em uma área, significa que a explosão aconteceu após a queda e foi ocasionada basicamente pelo combustível no momento do impacto com o chão.

8- Neste acidente com o Cessna 560 XL, o que chama a atenção é a evidente desintegração de toda a fuselagem e o despedaçamento completo de todos os corpos. A única forma de justificar um cenário como esse é um impacto frontal da aeronave com uma parede em pleno voo (o que não aconteceu), ou uma explosão ocasionada por um artefato explosivo durante o impacto com o chão. Vejam que o noticiário mostrou que, antes de a aeronave bater no solo, ela tocou na quina da cobertura de um prédio.

9- Possivelmente foi nesse momento que a turbina foi arrancada e arremessada como um míssil para dentro de um apartamento próximo. Com certeza essa colisão diminuiu ainda mais sua velocidade. Então, de forma nenhuma podemos justificar o fator velocidade como causa do esmigalhamento dos corpos e estilhaçamento de toda a fuselagem. No acidente da TAM em Congonhas foram encontrados centenas de corpos queimados ou carbonizados, mas praticamente inteiros.

10 – Há indícios fortes de que as explosões aconteceram de dentro para fora da aeronave. Uma evidência comprovada é a porta (do avião) ter sido encontrada longe do centro de gravidade do acidente.

11 – Dizer que acima de 8 “G” os corpos se desintegram é verdade, mas o avião estava subindo e manobrando. Caiu com velocidade muito aquém da velocidade cruzeiro.

12 – Neste voo estaria também a candidata Marina Silva. Acabaria qualquer possibilidade de haver 2º turno e de o PT não vencer as próximas eleições. O tiro saiu pela culatra!

13 – Esta aeronave não foi guarnecida durante o seu pernoite nas instalações do Aeroporto Santos Dumont no Rio de Janeiro. O sabotador teve tempo mais que necessário para o seu intento.

14- Aécio e Marina Silva que se cuidem! Celso Daniel e Toninho do PT que o digam…

Atenciosamente,

José Ori Dolvim Dantas – Coronel do Exército especialista em terrorismo e atentados terroristas.

Resumo dos principais cursos realizados:

a) Police Special Operations – SWAT- EUA;

b) Dignitary Protection – SWAT – EUA;

c) Chemical Agents Impact Munitions and Distraction Devices – SWAT – EUA;

d) Technical Intelligence – National Intelligence Academy – EUA;

e) Tolerância Zero – Universidade Metropolitana da Flórida – EUA;

f) Defense Planning and Resourse Management – National Defense University – EUA;

g) Avançado de Terrorismo e Contra-insurgência – National Defense
University – EUA;

h) Understanding Terrorism and Terrorism Threat – University of Maryland – EUA;

i) International Human Rights Law: Prospects and Challenges –
University of Duke – EUA;

j) Introduction to Human Behavioral Genetics – University of Minnesota – EUA:

l) Special Operations & Anti-terror Tactics – Israel;

m) Operaciones Tacticas Avanzadas (contraterrorismo) – Espanha;

n) Cours International de Criminologie – França;

o) Criminologia sob a ótica psicanalítica – Brasil;

p) Psicopedagogia (Especialização) – Como motivar a aprendizagem em instituições repressivas – Brasil;

q) Psicologia Comportamental (Mestrado) – Interpretação do suspeito pela linguagem do corpo – Brasil;

r) Logística de Transporte (Especialização) – Armazenamento, manuseio, transporte e distribuição de produtos perigosos – Brasil.

Observação – O coronel garantiu ao Blog que o currículo realmente é verdadeiro, mas o texto acima que lhe foi atribuído, não.