Percentual de famílias endividadas tem quinta alta consecutiva A proporção de famílias que declararam não ter condições de pagar as suas contas ou dívidas em atraso ficou estável em 10,1%

O percentual de famílias endividadas alcançou 62,2% em novembro de 2017, com aumento de 0,4 ponto percentual na comparação com outubro.

Fonte Diario de Pernambuco

duduEste foi o quinto mês seguido de altas no indicador, segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), divulgada nesta segunda-feira (4) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

A Peic aponta ainda um recuo no percentual de famílias inadimplentes.

Além de ser a quinta alta consecutiva no indicador, também houve incremento de 0,6 ponto percentual em relação ao mesmo período do ano passado, quando o indicador alcançava 59,6% do total de famílias.

Para a economista da CNC, Marianne Hanson, “a taxa de desemprego ainda bastante alta ajuda a explicar a dificuldade das famílias em pagar suas contas em dia e o pessimismo elevado em relação à capacidade de pagamento”.

Inadimplência

Apesar da alta do percentual de famílias endividadas, a proporção daquelas com dívidas ou contas em atraso diminuiu em novembro, atingindo 25,8% das famílias, ante 26% em outubro. A segunda queda mensal consecutiva do indicador acontece após ele ter alcançado o maior patamar do ano em setembro (26,5%). Na comparação com novembro de 2016, entretanto, houve alta de 1,4 ponto percentual.

A proporção de famílias que declararam não ter condições de pagar as suas contas ou dívidas em atraso e que, portanto, permaneceriam inadimplentes ficou estável em 10,1% entre outubro e novembro, embora tenha apresentado alta em relação aos 9,5% de novembro do ano passado.

Nível e prazo de endividamento

A Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor aponta estabilidade no percentual de famílias que se declararam muito endividadas, que permaneceu em 14,6% do total. Na comparação anual, a variação foi de apenas 0,1 ponto percentual.

Já o percentual de famílias pouco endividadas teve leve alta de 0,9 ponto percentual na comparação mensal: passou de 24,5% para 24,6% do total de entrevistados – o que também indica estabilidade. Em relação ao mesmo período do ano passado este aumento foi de 0,6 ponto percentual.

O tempo médio de atraso para o pagamento de dívidas foi de 64,2 dias em novembro deste ano, superior aos 63,3 dias de novembro de 2016. “Em média, o comprometimento com as dívidas das famílias foi de 7,1 meses, sendo que 32,3% das famílias possuem dívidas por mais de um ano. Entre aquelas endividadas, 23,8% afirmam ter mais da metade da sua renda mensal comprometida com o pagamento de dívidas”, apurou a pesquisa.

Segundo a CNC, para 76,9% das famílias que possuem dívidas, o cartão de crédito permanece como a principal forma de endividamento, seguido de carnês (16,7%) e financiamento de carro (10,4%).

A Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic Nacional) é apurada mensalmente pela CNC desde janeiro de 2010. Os dados são coletados em todas as capitais dos Estados e no Distrito Federal, com cerca de 18 mil consumidores.

BANDA XV DE NOVEMBRO ANO 123. Livro da Jornalista Fernanda Tavares é referência na indicação da Banda como “Patrimônio vivo de Pernambuco”

NANDA 120Sociedade Musical XV de Novembro, patrimônio vivo de Pernambuco

Incentivo do Governo do Estado ampliará as ações formativas da banda e possibilitará gravação de um novo álbum

Foto: acervo Sociedade Musical XV de NovembroFoto: acervo Sociedade Musical XV de Novembro

Por Roberto Moraes Filho

Surgindo como um pequeno conjunto musical, o qual se tornou a primeira banda da cidade de Gravatá, no Agreste pernambucano, a Sociedade Musical XV de Novembro teve a sua formação artístico-cultural registrada oficialmente em 1894, quando foi fundada e passou a acompanhar o ritmo de desenvolvimento econômico e cultural do município.

Marcada por acontecimentos políticos da sociedade da época, a banda teve o seu nome inspirado em ideais republicanos, que foram repercutidos com intensidade no Brasil, a partir da Proclamação da República, ocorrida em 15 de novembro de 1889.

No livro ‘Sociedade Musical XV de Novembro de Gravatá’ (2013), a jornalista Fernanda Tavares resgata o início da banda, originada por volta de 1857 e que teve como idealizador o fazendeiro e militante republicano Lourenço Lins de Araújo, acompanhado de seus filhos e demais integrantes.

“Para falar de política e pregar sua ideologia anti-imperialista, Lourenço Lins de Araújo fazia festas para atrair amigos, vizinhos, adeptos e outros correligionários.

Para animar essas festas, ele fundou uma banda de música, uma fanfarra que deu o nome de Banda do Republicano. Teria adquirido os instrumentos musicais e os distribuiu com cada um dos seus 14 filhos e algumas pessoas agregadas. Contratou professores e cada filho, e filha, passaram a ser músicos e praticar esta arte”, relatou a escritora gravataense.

Posteriormente, segundo Fernanda Tavares, com a separação de parte dos integrantes dos filhos de Lourenço Lins de Araújo, a banda foi oficializada com o nome de Sociedade Musical XV de Novembro, durante o ato do segundo decreto municipal, ocorrido na posse de Antônio Avelino do Rêgo Barros, primeiro prefeito eleito do município de Gravatá.

Com o passar das décadas, diversos músicos iniciantes e também com carreiras já iniciadas, foram ingressando na banda, tendo um papel fundamental na trajetória da XV de Novembro, a exemplo de Manuel Bombardino, Adelson Pereira e Moacir Santos. Por mais de 50 anos a frente da banda, o maestro Manoel Pereira da Silva – ou maestro Manoel Bombardino, falecido em 1995 – iniciou suas atividades na banda em 1931, após sair de Pesqueira, sua cidade natal, a convite do maestro Trajano.

 “Em 1994, quando ele já estava idoso e decidiu se aposentar da carreira de músico, transferiu o seu cargo para mim. Então pude dar continuidade à tradição do meu pai com o mesmo estilo sinfônico que já acompanhava quando iniciante”, explicou o maestro Adelson Pereira, que integra a banda há 22 anos.

“De todas as atividades que desempenho, o que mais me fascina é ser instrutor da escola de música mantida pela banda. A medida em que os alunos vão concluindo o curso, alguns deles se interessam em integrar a XV de Novembro e passam a ser meus colegas”, comentou o maestro,  atualmente o integrante mais antigo entre os demais componentes. Entre os trabalhos musicais importantes que foram compostos por Manoel Bombardino, dentro da banda, está o Hino de Gravatá, feito em parceria com a professora Maria José de Carvalho.

Já o compositor e saxofonista Moacir Santos, falecido em 2006, também fez história na XV de Novembro e posteriormente ganhou projeção internacional como jazzista nos Estados Unidos. Sua passagem pela banda foi marcada por aprendizados com o maestro Bombardino, que o abrigou em sua residência, quando Moacir saiu de São Joaquim do Monte, no Sertão, aos 11 anos, para se estabelecer e estudar música. Após iniciar a carreira artística na banda, o músico saiu de Gravatá em 1940, e foi para o Rio de Janeiro, onde passou a exercer funções como arranjador, maestro e multi-instrumentista.

Foto: acervo da Sociedade Musical XV de NovembroFoto: acervo da Sociedade Musical XV de Novembro


Possuindo como característica principal a manutenção e a formação da música instrumental através de jovens interessados em levar a tradição adiante, a Sociedade Musical XV de Novembro está composta atualmente por 40 componentes e possui como presidente Almir de Souza Silva, desde maio de 2015.

No último dia 22 de dezembro, durante cerimônia realizada no Palácio do Campo das Princesas, no Recife, a banda recebeu o título de Patrimônio Vivo de Pernambuco.

“Para a gente, é uma importância muito grande este prêmio, não só como reconhecimento da Sociedade Musical XV de Novembro, que é uma instituição com mais de 122 anos, mas que já é um patrimônio da cidade de Gravatá, do Estado de Pernambuco e do Brasil.

O incentivo financeiro do Governo do Estado possibilitará ampliar deste projeto, desenvolvendo ainda mais as ações culturais que realizamos em Gravatá, com mais crianças e adolescentes sendo atendidos pela nossa escola de música, além do nosso próximo projeto musical, que será um CD de dobrados, relembrando vários autores brasileiros. Em breve, também estaremos realizando o planejamento da gravação do nosso primeiro DVD”, comentou emocionado Almir de Souza Silva.

BOA OPORTUNIDADE – Marinha abrirá concurso para temporários, com salário inicial de R$ 8,9 mil

A Marinha anunciou um processo seletivo com 600 vagas para Serviço Militar Voluntário (SMV) de Oficiais temporários, com salário inicial é de R$ 8,9 mil. O edital será publicado no dia 9 de novembro.

NAVIOAs vagas são para quem possui ensino superior, e abrangem diversas áreas. É preciso ter entre 18 e 45 anos para participar. Segundo a Marinha, “o vínculo entre a instituição e os futuros militares será renovado anualmente, podendo chegar a oito anos, não podendo adquirir a estabilidade”.

A primeira etapa da seleção será uma prova com 50 questões, sendo 25 de língua portuguesa e 25 de formação militar-naval. Essa avaliação deve ocorrer no dia 4 de março. A segunda fase consiste em verificação de dados biográficos, inspeção de saúde, prova de títulos, verificação documental, designação à incorporação e incorporação.

Para participar, os interessados devem, após a data de publicação do edital, entrar no site de seleção da Marinha, escolhendo em seguida a opção “Serviço Militar Voluntário”. O candidato então deve escolher o Distrito Naval em que deseja disputar a vaga.

PERNAMBUCO. Governador Paulo Câmara atua por uma segurança nas ruas reforçada com mais 1,5 mil PMs

Com informações do Diário de Pernambuco

Os novos 1.448 soldados da Polícia Militar estarão nas ruas de Pernambuco a partir de hoje, para tentar, junto aos demais agentes, diminuir a criminalidade.

pmsO grupo vai atuar na Região Metropolitana e do interior. A solenidade de formatura aconteceu ontem, com participação do governador Paulo Câmara, do secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua e do comandante da PM, coronel Vanildo Maranhão.

Familiares de formandos também acompanharam o evento, que aconteceu no Quartel do Derby. Na segunda-feira, uma nova turma de 1,3 mil alunos iniciará o Curso de Formação e Habilitação de Praças da PM.

A expectativa é de que esse efetivo esteja pronto para o trabalho ostensivo em até seis meses.

Sobre as tentativas de reduzir a criminalidade no estado, o governador Paulo Câmara falou  sobre a entrada de novos alunos no curso de formação e da abertura de curso de formação da Polícia Civil. “A partir da próxima segunda-feira, começa uma academia com 1,3 mil novos PMs. E já em outubro, a academia dos policiais civis também vai começar. Teremos 140 novos delegados, 600 agentes e quase 500 novos profissionais da Polícia Científica” disse o governador.

 

Sesc Caruaru realiza oficina sobre gestualidade na produção artística

Expressionismo Gestual com espátula é o tema da oficina voltada para profissionais da arte

Nos dias 7, 12 e 14 de julho, o Sesc Caruaru vai realizar a oficina “Expressionismo Gestual com espátula”. Em uma proposta criativa, a iniciativa apresenta uma metodologia de formação diferenciada para artistas plásticos, professores de arte da rede de ensino e demais pessoas interessadas pelo tema que queiram romper com padrões de produção artística e estejam dispostos a utilizar a gestualidade na criação de suas obras.

Os tradicionais pincéis darão lugar às possibilidades da espátula na tela. Os inscritos vão conhecer o potencial do gesto em sua espontaneidade para a produção artística. Na oficina, a ação do pintor torna-se o foco da produção dentro de uma perspectiva expressionista, que é um estilo de arte que procura retratar as emoções e respostas subjetivas que as situações e os objetos provocam no artista.

Para participar, é necessário efetuar o pagamento de uma taxa de R$ 15. As aulas acontecerão no ateliê da unidade. Os inscritos devem levar seus materiais de trabalho como tintas, espátulas e paletas para pintura. Mais informações estão disponíveis pelo telefone: (81) 3719-3967.

Serviço

Oficina Expressionismo Gestual com espátula

Data: 7, 12 e 14 de julho de 2017

Local: Sesc Caruaru – Rua Rui Limeira Rosal, s/n, bairro Petrópolis

Horário: 15h às 17h

Entrada: R$ 15

Escritor pernambucano do Século XX, Hermilo Borba Filho, ganha site no ano do seu centenário de nascimento

 Portal Casa da Palavra de Hermilo será lançado nesta terça-feira (16), em Palmares, e na quarta, no Recife, com exposição multimídia, palestras e debates

hermiloUmbilicalmente ligado à tradições culturais nordestinas e, ao mesmo tempo, visceralmente vinculado à universalidade e à contemporaneidade, o dramaturgo, escritor, pesquisador, encenador e professor de teatro Hermilo Borba Filho, nascido no Engenho Verde, em Palmares, em 8 de julho de 1917, terá o seu centenário de nascimento comemorado de forma tão múltipla quanto sua própria personalidade e realizações na área artística e cultural.

Criado com o incentivo do Funcultura, do Governo do Estado, o site Casa da Palavra de Hermilo é um projeto que conta com a participação de José Terra, poeta e  produtor executivo da iniciativa; do diretor editorial, escritor, editor e o coordenador de conteúdos Juareiz Correya; do web designer Hugo Campos  e do webmaster João Guarani.  Com exceção de Hugo Campos, todos são nascidos na cidade natal de Hermilo.

As atividades comemorativas começam às 15h da próxima terça-feira (16.05), no Centro de Treinamento João XXIII,  com o lançamento do  Casa da Palavra de Hermilo e abertura de uma exposição multimídia, além de realizadas palestras e debates sobre a obra e a vida do escritor. No dia seguinte, às 19h, essas mesmas atividades ocuparão o Teatro Hermilo Borba Filho, na avenida Cais do Apolo, Bairro do Recife.

O site divulgará livros publicados e inéditos (estudos, peças teatrais, contos, romances), um “Jornal de Hermilo”, de crônicas, reportagens e artigos publicados em jornais e revistas de vários estados, desde a década de 1940, e manterá dois menus muito especiais :  “Hermilo em outras palavras”, com destaque para ensaios, artigos, reportagens, textos publicados ou inéditos sobre a vida e a obra do escritor; e “Blogs Amigos”, um espaço aberto para familiares, poetas, ficcionistas, artistas, jornalistas, editores, críticos e professores que conviveram com Hermilo, em Palmares, no Recife,  São Paulo, João Pessoa, Natal e Porto Alegre.

 Carlos Carvalho, Juareiz Correya, Leda Alves, Luís Reis e Sônia van Dijck são alguns nomes confirmados e que contarão com blogs no portal hemiliano. Outros nomes de Pernambuco, da Paraíba, Rio Grande do Norte, São Paulo e Rio Grande do Sul -, igualmente comprometidos com a vida e a obra do escritor homenageado – serão confirmados nas próximas semanas.

 A programação em homenagem a Hermilo inclui também o lançamento, no início de julho – período em que o ele completaria 100 anos – de três livros relacionados com dramaturgo e escritor pela Companhia Editora de Pernambuco (Cepe).

Dois deles escritos pelo próprio Hermilo: uma trilogia reunindo os contos “O general está pintando”, “Sete dias a cavalo” e “As meninas do sobrado” (2ª edição) e a novela Os ambulantes de Deus (também 2ª edição). O terceiro livro, inédito, é Teatro Popular do Nordeste – O palco e o mundo de Hermilo, do professor de Teatro e Diretor de Cultura da UFPE, Luís Reis.

Sobre o dramaturgo, diz Luís Reis: “Hermilo Borba Filho é um dos nomes de maior relevo na cultura pernambucana do século 20. Atuou mais notadamente no teatro e na literatura, mas a influência do seu pensamento alcança outros campos da expressão humana, como a música, a dança e as artes visuais. Foi um pioneiro na percepção do valor artístico, e não apenas antropológico, presente nas manifestações culturais advindas das camadas populacionais menos favorecidas socialmente.”

CONTATOS :

Juareiz Correya (Coordenação de Conteúdos): 986852194 / 984990948

Leda Alves / Secretaria de Cultura do Recife (Iris Vidal, assessora) – 33559012

Luís Reis / UFPE: liguto@uol.com.br / 999776613.