Cinco vereadores faltaram a reunião da Câmara Municipal, que votou e aprovou o PPA – Plano Plurianual e a Lei Orçamentária enviadas pelos executivo

Foi uma das reuniões mais rápidas do ano que teve a ausência dos vereadores Luiz Prequé (PSB), Junior de Obras (PPS), Junior de Paulo (PRP), Léo do Ar (PSDB) e Dona Sônia (PP).

Foi uma reunião também esvaziada de público. O pátio externo da Câmara estava deserto e apenas três viaturas da Policia Militar faziam o policiamento.

Na plateia alunos da Escola Erempaf acompanhados da diretora Ialene Esley e dos professores José Constantino, Vital Medeiros e Lenilson Lima, que foram prestigiar a aluna Maria Eduarda – a jovem que participou do  Programa Parlamento Jovem Brasileiro selecionada entre 1.600 estudantes, com a experiência de ser “deputado federal” por uma semana, juntamente com 78 colegas do Brasil inteiro, na Câmara dos Deputados, em Brasília,  fato ocorrido  no período 23 e 27 de setembro passado.

Maria Eduarda – homenageada com um voto de aplauso por indicação do vereador Luiz Prequé  – foi para o plenário da Câmara e falou para os vereadores. Fez um relato de sua experiência utilizando um telão e dando detalhes do seu projeto de Lei apresentado na Assembleia Legislativa de Pernambuco e no Congresso Nacional,  que determina por lei a obrigatoriedade dos municípios em implantarem creches e pré-escolas que funcionem, em período integral, e assim garantir que nossas crianças tenham um futuro brilhante pela frente.

Na reunião da Câmara desta terça-feira, dia 26, os vereadores não utilizaram a tribuna. Ocorreu apenas votações dos projetos enviados pelo executivo do Plano Plurianual (PPA) e da Lei Orçamentária.

A ausência dos cinco vereadores deixou o plenário silencioso e esvaziado.