Estudantes do Nordeste têm a melhor colocação em Olimpíada de História

A ONHB é um projeto desenvolvido pelo departamento de história da Unicamp e conta com a participação de estudantes do ensino fundamental (8º e 9º anos) e médio de escolas públicas e particulares.

Texto e foto, do UOL EDUCAÇÃO, em São Paulo

olipiada de histotiaMais de mil alunos e professores de escolas  publicas e privadas  espalhadas pelo Brasil participaram no ultimo fim de semana da 8ª Olimpíada Nacional em História do Brasil – ONHB – realizada da Universidade de Campinas – UNICAMP, em São Paulo.

A Região Nordeste foi a que teve o melhor desempenho no Pais.

Estudantes da Bahia (6 medalhas), Ceará (19), Pernambuco (4) e Rio Grande do Norte (14) contabilizaram juntos 43 medalhas de ouro, prata e bronze – de um total de 75.

Dos finalistas, 15 times receberam medalhas de ouro, 25 de prata e 35 de bronze, de acordo com informações da organização do evento.

Ceará foi o Estado que conseguiu o maior número de premiações: 1 ouro, 9 prata e 9 bronze, somando 19 medalhas. Os estudantes do time “Vire à Esquerda”, do Colégio Cônego Francisco Pereira (Fortaleza), foram os grandes vencedores .

Os times de São Paulo ocuparam a segunda posição no ranking geral de quantidade de medalhas, com 15. Os três ouros do Estado foram para os alunos dos times “Oxe Filomena”, do Colégio Poliedro (São Paulo), e “Triângulo dos Bermudas.

A terceira colocação geral ficou com os estudantes do Rio Grande do Norte, que somou 14 medalhas.

A ONHB é um projeto desenvolvido pelo departamento de história da Unicamp e conta com a participação de estudantes do ensino fundamental (8º e 9º anos) e médio de escolas públicas e particulares.

Na competição, as equipes participam de cinco fases online e uma final presencial. A cada etapa, os times vão pontuando. Vencem os que conseguirem as maiores pontuações.

A 8ª edição contou com mais de 40 mil participantes inscritos e o tema central foi “Escola, lugar de história”.

Confira o quadro geral por quantidade de medalhas

Ceará – 19 medalhas (1 ouro, 9 prata, 9 bronze)

São Paulo – 15 medalhas (3 ouro, 4 prata, 8 bronze)

Rio Grande do Norte – 14 medalhas (5 ouro, 4 prata, 5 bronze)

Bahia – 6 medalhas (3 ouro, 1 prata, 2 bronze)

Espírito Santo – 5 medalhas (2 pratas e 3 bronze)

Minas Gerais – 5 medalhas (1 prata e 4 bronze)

Pernambuco – 4 medalhas (1 ouro, 1 prata, 2 bronze)

Mato Grosso – 2 medalhas (1 ouro e 1 bronze)

Pará – 1 medalha (1 bronze) Rio de Janeiro – 2 medalhas (1 ouro, 1 prata)

Alagoas – 1 medalha (1 prata) Roraima – 1 medalha (1 prata)