Governador EUARDO CAMPOS abre exposição fotográfica na Torre Malakoff

Iniciativa da  Secretaria  de  Cultura  a  exposição  “Nação  Leão  Coroado  150  anos” marca  as  comemorações  dos  150  anos  da  agremiação  recifense.  Já  a mostra “Pernambuco Vivo” é uma parceria do Governo do Estado com o Jornal do Commercio e retrata os patrimônios vivos em momentos do cotidiano.

eduardo na malakoffO governador Eduardo Campos,  secretário da Casa Civil, Tadeu Alencar, e o secretário executivo da Casa Civil e de Cultura, Marcelo Canuto, prestigiaram, na  noite  de  ontem  (25),  na  Torre  Malakoff,  no  Bairro  do  Recife,  a  abertura de  duas  exposições  fotográficas  com  patrimônios  vivos   de  Pernambuco  – artistas e agremiações que foram agraciados com o título em  reconhecimento à  sua  trajetória  e  contribuição  para  a  cultura  pernambucana.

A  mostra  “Nação  Leão  Coroado  150  anos”,  que  tem  curadoria  de  Lia  Miceli Lopez  Lecube,  reúne  46  imagens  que  ficarão  instaladas  nas  salas  Diálogos e  Alcir  Lacerda  até  o  dia  2  de  fevereiro  de  2014.

Os  registros  são  de  seis fotógrafos  pernambucanos:  Costa  Neto,  Diego  Di  Niglio,  Guga  Soares,  Ivan Alecrim,  Mateus  Sá  e  Roberto  Rômulo.   O  Leão  Coroado,  que  foi  declarado Patrimônio  Vivo  em   2005,  ano  da  instituição  do  título  no  Estado,  surgiu  no Recife,  em  1863.  Hoje,  a  agremiação  é  uma  das  maiores  defensoras  da tradição  de matriz  africana  no País. O maracatu,  atualmente  conduzido  pelas mãos  do  mestre  Afonso,  foi  definido  pelo  governador  como  uma  “resistência extraordinária”, que preserva a história e modos da comunidade.

Já  a  exposição  “Pernambuco Vivo”,  que  é fruto  de  uma  série  de  reportagens publicada  em  dois  cadernos  especiais  pelo  Jornal  do  Commercio,  no mês  de outubro,  é  composta  por  39  imagens  do  cotidiano  e  da  vida  dos  patrimônios vivos.  As  imagens  são   dos  fotógrafos  Heudes  Regis,  Ricardo  Labastier  e Priscila Buhr. As fotografias também fazem parte do acervo do JC Imagem. A mostra segue até o dia 5 de janeiro de 2014.