GRAVATÁ – Criadores apresentam elite das raças Mangalarga Marchador, Quarto de Milha e Campolina

Criadores de todo o Brasil participam da Festa do Cavalo, que reúne o melhor das raças Mangalarga Marchador, Quarto de Milha e Campolina, até domingo 04 de junho, no Haras Dr. Luiz Ignácio. A mostra é promovida pela Federação da Agricultura do Estado de Pernambuco (Faepe), com apoio do Sebrae e Senar-PE.

“O objetivo é fomentar o turismo equestre, incrementar a economia local e permitir a troca de informações e experiências, entre os setores produtivos ligados à equinocultura”, explica o presidente da Faepe, Pio Guerra.

Nesse sentido, serão realizados três grandes eventos. Destaque para a Etapa Final do Campeonato Nordestino do Cavalo Mangalarga Marchador, consolidada como a segunda maior prova da raça no Brasil. Participam dessa fase mais de 250 Marchadores de diversos estados do Nordeste. Durante o campeonato regional, foram realizadas provas em diversos estados, na seguinte ordem: Ceará, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe, Paraíba, Maceió e Pernambuco.  A Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador (ABCCMM) reúne 13,3 mil criadores, sendo considerada a maior associação de equinos de uma mesma raça da América Latina, com 600 mil animais, registrados em 74 núcleos nacionais.

“Desse total de criadores, 1864 são do Nordeste, que concentra também 90.870 animais da raça, aparecendo como a segunda maior região do País, ficando atrás apenas do Sudeste”, destaca Pio Guerra. Outro ponto forte é a Exposição Oficial do Cavalo Campolina, que acontece de quinta-feira, (1º) a sábado (03). Participam 100 animais de alta qualidade genética, de Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba e Pernambuco.

O evento também conta com a Prova de Três Tambores do Cavalo Quarto de Milha, que ocorre no domingo (04/06). Por sua vez, a 15ª Etapa do Caminhos do Marchador será realizada no sábado (03/06) e domingo (04/06). Essa prova é parte integrante do Ranking de Esportes da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador.  A prova é caracterizada por três fases distintas de avaliação dos conjuntos, são elas: Marcha, Cavalgada Planilhada e Maneabilidade.

A Festa do cavalo também reúne praça de alimentação, food truck, estandes comerciais e de serviços. Os organizadores calculam que mais de dez mil pessoas devem visitar o evento. O público alvo são criadores e donos de cavalo, produtores, empresários do turismo rural, turistas e moradores da região Agreste, além de estandes e expositores de outros estados.