PAULINHO DO PADRE CREMILDO: “Feliz Aniversário Vozinha!” – 108 ANOS DE VIDA

UM TEXTO DE PAULINHO DO PADRE.

Chega hoje, 18/08/2016, aos 108 anos de idade, Dona Luzia a mãe do Mons. Cremildo, mais conhecida por Mâia ou simplesmente VOZINHA…

vozinha2“Hoje é um dia precioso para mim, porque simboliza a maior felicidade que um coração de neto pode sentir poder dizer com muito carinho: Feliz aniversário VOZINHA, nós te amamos!

Vozinha a senhora é a maior herança que meu pai poderia ter deixado para mim, tenho muita sorte de ser neto de alguém como à senhora que é sinônimo de carinho, atenção, meiguice, amor, dedicação, paz e muita sabedoria.

A senhora é a luz que me livra do medo, é o colo que me protege do frio, a rocha firme que me transmite segurança, nada me traz mais paz do que estar com a senhora, enfim, a senhora é meu porto seguro…

Ahhhh vozinha, quem pode não amar esse seu rostinho carinhoso, esse olhar seguro, e tantas histórias bonitas marcadas no coração e sempre contadas com sua mente tão lúcida. DEUS, com certeza vai nos presentear com muitos mais dias felizes iguais a esse….

Agradeço ao amigo Cláudio Castanha por sempre se lembrar de vozinha e falar com tanto carinho dela (o senhor se tornou mais um neto). Peço a todos que rezem e se rejubilem conosco neste momento de êxtase. VIVA VOZINHA pelos seus 108 ANINHOS!!!”

18 DE AGOSTO. Dia do Aniversário de 108 anos de Vozinha Luzia, mãe do saudoso Monsenhor Padre CREMILDO

UMA VIDA DIGNA E EXEMPLAR. UMA DÁDIVA DE DEUS. UMA REFERENCIA APARA TODOS NÓS DAQUI DE GRAVATÁ.

VOZINHAEla nasceu no dia 18 de agosto de 1908. Chega hoje, aos 108 anos de idade, mãe, avó, bizavõ, Dona Luzia, mais conhecida por Mâia, teve 6 filhos, dentre eles o saudoso Monsenhor Padre Cremildo, pároco da Paróquia de Sant´Ana de Gravatá por muitos anos e ex-prefeito da Cidade que tanto amou.

Monsenhor Cremildo já dizia: “Mãe vai passar dos 100 anos!”.  No seu Blog, Evandro Farias escreveu certa vez que o Monsenhor estava certo. “E ele estava certo não sabemos ao certo a que se deve tal longevidade! Mas uma coisa todos sabemos: é uma pessoa simples que viveu todo esse tempo de de forma simples, toda uma vida cheia de trabalho e com muita fé. Sim, muita fé! Reza todos os dias, pela família e por muita gente! Sempre gostou muito de rezar! Ainda hoje recordo com muito carinho e saudade todas as orações e cânticos que me ensinara na casa paroquial…

Certa vez escreveu seu neto, Paulinho do Padre (que está na foto de arquivo a cima) : “- Atrás da aparência frágil, com um corpo miúdo e fala mansa, Dona Luzia esconde a longevidade de poucos e uma lucidez invejável. De personalidade forte, porém com uma receptividade incrível e um coração acolhedor. Mulher de fé e oração. Com a saúde um pouco fragilizada, mas, sem nunca deixar de contar suas histórias de vida, verdadeiras lições para nós”.

Nossa singela homenagem a essa mulher excepcional e maravilhosa.

. PARABÉNS VOZINHA PELOS SEUS 108 ANOS DE VIDA !!!

 

Comemore o Dia dos Pais no restaurante Taverna Suíça em Gravatá e ganhe brindes

tv 2

Quem ainda não decidiu onde vai comemorar o dia dos pais, nesse domingo dia 14 de agosto? Vai ter um motivo à mais para escolher o restaurante Taverna Suíça em Gravatá, um dos mais antigos de fondue servido no Brasil. 

tv 3 tv 4 tv 5 tv 6Está com várias opções de pratos em seu novo cardápio, destacando sua especialidade o fondue de queijo  gruyere  e o fondue bourguignonne  ou fondue de carne,  vai estar aberta, a partir das 11h, e dará de brinde aos pais que escolherem o espaço para almoçar, miniaturas do Wysk 50ml, Johnny Walker red entre outros.

Além de um fondue de carne será sorteado, acompanhada de uma garrafa de vinho para quem deixar o nome de seu pai na urna, será instalada na entrada do restaurante. A cheff Anna Truan, filha do Sr Truan, 97 anos idade,também destaca para a ocasião entre as sugestões: bacalhau à moda da casa, o delicioso filé suiço ou o suculento filé Café de Paris.

Para arrematar com a sobremesa reserva uma última surpresa do restaurante : o Mont Blanc, enorme suspiro recheado com sorvete e deliciosa calda de creme e chocolate. Também se destacam a tradicional torta de maçã da casa (uma receita de dona Madalena Truan guardada em segredo), e os fondues doces nas versões de chocolate escuro, chocolate ao leite, chocolate branco, doce de leite e doce de coco. Mas o must é a fondue de chocolate Toblerone com mel e castanhas.

SOBRE A TAVERNA SUÌÇA

O restaurante Taverna Suíça, localizado em Gravatá, agreste pernambucano, no próximo dia 20 de agosto vai estar celebrando 48 anos de fundação. Para comemorar a data, está sendo preparada uma grade programação, com algumas novidades estão sendo desenvolvidas pela família.

Desde a volta do  suíço José Luis Truan – empresário do ramo hoteleiro e gastronômico de 1950, distante do Brasil desde 2010, o restaurante está em festa comemora o marco, montou novo cardápio, mantendo a tradição do fondue bourguignonne ou fondue de carne e o de queijo gruyere.

Os netos Joe e Henry Truan, estão sendo preparados pela mãe a cheffe Anna Truan para sucederem o avô e dar continuidade ao famoso e tradicional restaurante.

SERVIÇO:

Serviço:

Local – Restaurante Taverna Suiça- Via local BR 232, km 78, próximo ao antigo hotel da Serra em Gravatá

Domingo dia 14 de agosto das 11h às 15h e de 18h às 23h

Maiores informações e reservas pelo: (81) (81) 3533-0299

 

O que dizer ao meu pai?

Um texto do Prof. Dr. Reginaldo de Souza Silva
 
Muitos deverão concluir esta semana com as seguintes palavras: Querido papai, painho, paizão, meu velho… Eu te Amo, você é muito importante para mim, o que seria de mim sem você?
Outros, que não são uma minoria, já não têm mais seus pais para dizer estas e outras palavras. Alguns só tiveram poucos anos de convivência, outros, nunca puderam conviver com ele, pois sua mãe exerceu esta função.
Hoje resolvi andar pela universidade e conversar com aluno(a)s de diversos cursos formulando a seguinte pergunta:  no Dia dos Pais o que você diria a ele? Foi um momento de comoção, alegria, dor, reflexão ou mesmo de não saber o que falar e apenas pensar. Como falar de um pai se ele me abandonou aos seis anos de idade?
Os relatos foram a distancia da família, a idade e a cultura, as alegrias e tristezas, o abandono, o uso de álcool, o amor e sua importância, o cuidar dele, e outras palavras caladas no fundo do coração.
Sei ouvi-lo ainda que ele se expresse muito pouco, pois para ele o mais importante é garantir as condições materiais de sobrevivência! Em um momento da vida ele virou dependente de álcool, mas continuo a amá-lo e respeitá-lo.  Para outras, ele é o exemplo, a vida, a alegria, o lutador, aquele que esta sempre presente.
Ser pai remete ao diálogo, ao cuidar, as experiências de vida, a superação das dificuldades, ao acreditar no presente e no futuro, aos exemplos e o amor, pois sem ele, tudo o mais terá pouco valor.
Ah, se cada filho(a), pudesse cuidar com carinho de seu pai, pudesse ouvi-lo, e respeitar os seus valores, suas crenças, seu modo de vida, mais do que dizer que amam, pudessem demonstrar o seu amor e que efetivamente ele sentisse este amor.
Quantos pais são exemplos de amor e dedicação: os médicos Braulito e Cadete; o zootecnista e diretor de escola Francisco Mororó; o professor e reitor Paulo Santos; o Pastor Stenio Verde; o jornalista Paulo Nunes, os empresários José Marcos Costa e Alber Resende e outros, como o Arcebispo da Diocese de Lins – SP, Dom Irineu Danelon, muito mais do que um pai, salvando e dando oportunidade para muitos jovens deste imenso país, de se recuperarem do uso de substancias psicoativas; estimulando e dando oportunidade de vida e dignidade através da Pastoral do Menor e da Juventude.
Aos milhões de pais deste imenso país, que Deus os abençoe e possam continuar a ser o exemplo da presença dele na vida de seus filhos e filhas e na comunidade onde atuam.
____________________________
Prof. Dr. Reginaldo de Souza Silva, coordenador do Núcleo de Estudos da Criança e do Adolescente – NECA/UESB

Propaganda Eleitoral – O que PODE e o que NÃO PODE – Eleições 2016

eleiçoesO QUE PODE E O QUE NÃO  PODE NESTA CAMPANHA POLÍTICA DE 2016

 

Comício

Pode

A partir do dia 16 de agosto até 48h antes do dia das eleições (29 de setembro), das 8h às 24h, com exceção do comício de encerramento da campanha, que poderá ser prorrogado por mais duas horas. Também pode ser utilizada aparelhagem de sonorização fixa e trio elétrico, desde que este permaneça parado durante o evento, servindo como mero suporte para sua sonorização.

Não pode

Com a realização de show ou de evento assemelhado e apresentação, remunerada ou não, de artistas com a finalidade de animação. Não é necessária a licença da polícia para a realização deste tipo de propaganda. Entretanto, as autoridades policiais devem ser comunicadas em, no mínimo, 24h antes de sua realização. Os candidatos profissionais da classe artística poderão realizar as atividades normais de sua profissão durante o período eleitoral, exceto para promover sua candidatura, ainda que de forma dissimulada.

Alto-falantes e amplificadores de som

Pode

A partir do dia 16 de agosto até a véspera da eleição, entre 8h e 22h (exceto o comício de encerramento de campanha), desde que observadas as limitações descritas abaixo.

Não pode

A menos de 200 metros das sedes dos Poderes Executivo e Legislativo da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios; das sedes dos Tribunais Judiciais; dos quartéis e de outros estabelecimentos militares; dos hospitais e casas de saúde; bem como das escolas, bibliotecas públicas, igrejas e teatros, quando em funcionamento.

Caminhada, passeata e carreata

Pode

A partir do dia 16 de agosto até as 22h do dia que antecede as eleições. Também são permitidos a distribuição de material gráfico e o uso de carro de som que transite pela cidade divulgando jingles ou mensagens de candidatos.

No dia das eleições: é permitida apenas a manifestação individual e silenciosa da preferência do eleitor por determinado partido ou candidato, revelada pelo uso exclusivamente de bandeiras,

broches, dísticos e adesivos.

Não pode

A utilização dos microfones do evento para transformar o ato em comício. Além disso, as vedações sobre distância mínima de órgãos públicos são as mesmas para alto-falantes e amplificadores de som.

Camisetas, chaveiros, bonés, canetas e brindes

Não pode

A confecção, utilização ou distribuição realizada por comitê de candidato ou com a sua autorização durante a campanha eleitoral. Esta vedação também vale para quaisquer outros bens ou materiais que possam proporcionar vantagem ao eleitor.

Bandeiras e mesas para distribuição de materiais

Pode

Ao longo das vias públicas, desde que móveis e não dificultem o bom andamento do trânsito de pessoas e veículos.

Não pode

Ocorrer a afixação de tais propagandas em local público e ali permanecer durante todo o período da campanha. Devem ser colocados e retirados diariamente, entre 6h e 22h.

Bens públicos e bens particulares de uso comum

Não pode

Nos bens cujo uso dependa de cessão ou permissão do poder público, ou que a ele pertençam, e nos bens de uso comum, inclusive postes de iluminação pública, sinalização de tráfego, viadutos, passarelas, pontes, paradas de ônibus e outros equipamentos urbanos, é vedada a veiculação de propaganda de qualquer natureza, inclusive pichação, inscrição a tinta e exposição de placas,
estandartes, faixas, cavaletes, bonecos e assemelhados.

Atenção: Bens de uso comum, para fins eleitorais, são aqueles a que a população em geral tem acesso, tais como cinemas, clubes, lojas, centros comerciais, templos, ginásios, estádios, ainda que de propriedade privada.

Bens particulares

Pode

E não depende de licença municipal nem de autorização da Justiça Eleitoral. Mas a propaganda deve ser feita apenas em adesivo ou em papel e suas dimensões não podem ultrapassar o limite máximo de 0,5 m2, nem contrariar outras disposições da legislação eleitoral.

Não pode

Em troca de dinheiro ou de qualquer tipo de pagamento pelo espaço utilizado. A propaganda deve ser feita espontânea e gratuitamente. Não é permitida a justaposição de adesivos ou cartazes se a dimensão total da propaganda extrapolar 0,5 m2. Também não é permitida a pintura de muros e paredes, ainda que em dimensões inferiores ao limite estabelecido.

Folhetos, volantes, adesivos e outros impressos (santinhos)

Pode

Até as 22h do dia que antecede as eleições e não depende da obtenção de licença municipal e de autorização da Justiça Eleitoral. Os adesivos devem ter a dimensão máxima de 50 cm x 40 cm.

Não pode

Apenas com a estampa da propaganda do candidato. Todo material impresso de campanha deverá conter também o número de inscrição no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) ou o número de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) do responsável pela confecção, bem como de quem a contratou, e a respectiva tiragem.

No dia das eleições: é vedada a arregimentação de eleitor ou a propaganda de boca-de-urna (distribuição de santinhos) e a divulgação de qualquer espécie de propaganda de partidos políticos ou de seus candidatos. É proibido também espalhar material de campanha no local de votação ou nas vias próximas, ainda que realizado na véspera da eleição, sujeitando-se os infratores a multa e
apuração criminal.

Outdoor

Não pode

Independentemente do local, sujeitando-se a empresa responsável, os partidos, as coligações e os candidatos às penalidades cabíveis (retirada imediata e pagamento de multa). Incluem-se na vedação os outdoors eletrônicos e demais engenhos, equipamentos publicitários ou conjunto de peças de propaganda que justapostas se assemelhem ou causem efeito visual de outdoor.

Adesivos em veículos

Pode

É permitido colar adesivos microperfurados até a extensão total do para-brisa traseiro e, em outras posições, até a dimensão máxima de 50 cm x 40 cm.

Não pode

Em troca de dinheiro ou de qualquer tipo de pagamento pelo espaço utilizado. Os adesivos também deverão conter o número de inscrição no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) ou o número de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) do responsável pela confecção, bem como de quem a contratou, e a respectiva tiragem.

Telemarketing
Não pode

É vedada a propaganda via telemarketing em qualquer horário.

Jornais e revistas
Pode

Até a antevéspera das eleições, para divulgação paga de propaganda eleitoral na imprensa escrita.
É permitida também a divulgação de opinião favorável a candidato, a partido político ou a coligação pela imprensa escrita, desde que não seja matéria paga. Entretanto, eventuais abusos ou o uso indevido dos meios de comunicação estarão sujeitos a punições.

Não pode

Para publicação de propaganda eleitoral que exceda a 10 anúncios, por veículo, em datas diversas, para cada candidato, num espaço máximo, por edição, de 1/8 (um oitavo) de página de jornal padrão e 1/4 (um quarto) de página de revista ou tabloide. Também não pode deixar de constar no anúncio, de forma visível, o valor pago pela inserção.

Rádio e televisão

Pode

Apenas para a propaganda eleitoral gratuita, veiculada nos 35 dias anteriores à antevéspera das eleições (de 26 de agosto a 29 de setembro), e debates eleitorais.

Não pode

Com exceção da propaganda eleitoral gratuita, é vedada às emissoras transmitir, a partir de 30 de junho, programa apresentado ou comentado por pré-candidato. A partir de 6 de agosto, transmitir, ainda que sob a forma de entrevista jornalística, imagens de realização de pesquisa ou qualquer outro tipo de consulta popular de natureza eleitoral em que seja possível identificar o entrevistado ou em que haja manipulação de dados; dar tratamento privilegiado a candidato, partido político ou
coligação; veicular ou divulgar filmes, novelas, minisséries ou qualquer outro programa com alusão ou crítica a candidato ou a partido político, mesmo que dissimuladamente, exceto programas jornalísticos ou debates políticos; divulgar nome de programa que se refira a candidato escolhido em convenção, ainda quando preexistente, inclusive se coincidente com o nome do candidato ou o
nome por ele indicado para uso na urna eletrônica, e, sendo o nome do programa o mesmo que o do candidato, fica proibida a sua divulgação.

Internet

Pode

Após o dia 15 de agosto, em sites de partidos e candidatos, desde que comunicados à Justiça Eleitoral e hospedados em provedores estabelecidos no Brasil. Após essa data é permitida também a veiculação de propaganda eleitoral por meio de blogs, sites de relacionamento (Facebook, Twitter, etc) e sites de mensagens instantâneas. As propagandas eleitorais veiculadas por e-mail são permitidas, mas deverão conter mecanismo que possibilite ao destinatário solicitar seu descadastramento. É permitida ainda a reprodução do jornal impresso na internet, desde que seja feita no sítio do próprio jornal, respeitado integralmente o formato e o conteúdo da versão impressa. A propaganda eleitoral na internet pode ser veiculada inclusive no dia da eleição.

Não pode

Qualquer tipo de propaganda eleitoral paga. Nem propaganda em sites de pessoas jurídicas, com ou sem fins lucrativos, e em sites oficiais ou hospedados por órgãos ou entidades da administração pública. A divulgação de propaganda e de mensagens relativas ao processo eleitoral, inclusive quando provenientes de eleitor, não pode ser impulsionada por mecanismos ou serviços que, mediante remuneração paga aos provedores de serviços, potencializem o alcance e a divulgação da informação para atingir usuários que, normalmente, não teriam acesso ao seu conteúdo. Serão aplicadas aos provedores de conteúdo ou de serviços multimídia as penalidades previstas em lei, caso não cumpram, no prazo estipulado, a determinação da Justiça Eleitoral para cessar a divulgação de propaganda irregular veiculada sob sua responsabilidade, desde que comprovado
seu prévio conhecimento. Constitui crime a contratação direta ou indireta de grupo de pessoas com a finalidade específica de emitir mensagens ou comentários na Internet para ofender a honra ou denegrir a imagem de candidato, de partido ou de coligação.

_____________________________

– Lei no 9.504/97, art. 57-A e seguintes.
– Res. TSE no 23.457/15, art. 21 e seguintes.

________________________________________________________

Elaboração: Diogo Mendonça Cruvinel (diogo.cruvinel@tre-mg.jus.br). Revisão: Beatriz Barbosa Ferreira, Mariana Machado Rabelo e Mardém Alves Luz. Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais – Secretaria Judiciária. (31) 3307-1163 – propaganda@tre-mg.jus.br .
Propaganda Eleitoral – Pode x Não pode – Eleições 2016 – Resumo. TRE-MG – SJU. Diogo Mendonça Cruvinel.
Disponível em www.tre-mg.jus.br. É permitida a reprodução total ou parcial deste trabalho, desde que citada a fonte.

Teatro dos Guararapes recebe X Festival de Música na Escola de Pernambuco

Final do concurso será realizada nesta sexta (12). Os campeões e suas escolas serão premiados com instrumentos musicais. O primeiro colocado ainda se apresentará no Domingo na Arena e no Recife Antigo de Coração

 

Recife, 11 de agosto de 2016 – Estudantes da rede pública de ensino de Pernambuco participam, nesta sexta-feira (12), da 10ª edição do Festival de Música na Escola (COEP Rede Nacional de Mobilização Social Pernambuco), que será realizada, de forma inédita, no Teatro Guararapes, um dos mais importantes palcos da cultura em Pernambuco.

A edição comemorativa acontece na semana do Dia do Estudante e conta com o apoio das Secretarias de Turismo, Esportes e Lazer e Educação do Estado. Os três primeiros colocados no concurso serão premiados com instrumentos musicais fornecidos pelos associados do COEP-PE e medalhas de classificação.

O primeiro colocado ainda vai tocar em duas programações que reúnem milhares de pessoas no Estado, o Domingo na Arena, na Arena de Pernambuco, e o Recife Antigo de Coração, no Bairro do Recife.

Para participar do concurso, os alunos produziram letras inéditas, com melodia, que pode ser uma paródia, com duração de até cinco minutos. As músicas devem ser inspiradas no tema do 8º objetivo do milênio, que é “Todo Mundo Trabalhando pelo Desenvolvimento”. Para seleção das composições será observado letra, música e arranjo. A composição e a apresentação poderão ser individuais ou coletivas com, no máximo, cinco alunos. O aluno deve ser regularmente matriculado na escola.

No total, participam 20 escolas de 14 municípios pernambucanos: Recife, Olinda, Surubim, São Vicente Férrer, Garanhuns, Carnaubeira da Penha, Paudalho, Belém do São Francisco, Feira Nova, Águas Belas, Paulista, Petrolina, Jaboatão e Igarassu. O público que for conferir as apresentações no Teatro Guararapes poderá votar nos favoritos por meio do aplicativo do COEP, X Festival de Música, desenvolvido pelos alunos da Escola Técnica de Bezerros. A plataforma também trará informações sobre o turismo do Estado e pode ser baixada nos sistemas operacionais android e IOS. Nos intervalos das apresentações, os alunos receberão treinamento de coaching para o Enem.

“O Festival de Música é uma iniciativa com foco na elevação da cidadania e inclusão social, que permite a integração, crescimento, e incentiva o trabalho em equipe e a revelação de valores artísticos. Será muito bom receber os futuros nomes da música de Pernambuco no palco do Teatro Guararapes, que é referência entre os principais equipamentos culturais do Estado”, comenta o secretário de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, Felipe Carreras.

As escolas ganhadoras do festival receberão troféus e serão sorteados brindes entre os participantes, além de certificados de participação e medalhas. O público interessado também poderá acompanhar a transmissão do evento pela internet. O site www.coepbrasil.org.br/coeppe disponibilizará um link para transmissão.

______________________________

SECRETARIA DE TURISMO, ESPORTES E LAZER DE PERNAMBUCO – ASSESSORIA DE IMPRENSA

ANDRÉ ALBUQUERQUE – Superintendente de Comunicação – +55 (81) 3182.8397 – 
ANA LUÍZA ACCIOLY, JOYCE PINA e TERNI CASTRO – Assessores de Comunicação – +55 (81) 3182.8355 – +55 (81) 3182.8357 –  HESÍODO GÓES – Fotógrafo  – CAMILA UCHÔA, JENNIFER ALBUQUERQUE e TIAGO MELO. = Estagiários

Senar apresenta capacitações gratuitas na II Feira de Aprendizagem de Pernambuco

O Senar Pernambuco e as demais instituições formadoras, que compõem o sistema “S” de aprendizagem e outros projetos educativos, participarão da II Feira da Aprendizagem Profissional, que acontece nesta quarta-feira (10), no Centro de Convenções do Estado.

feiraDurante o evento, o público terá a oportunidade de conhecer o trabalho de 16 instituições habilitadas para formação profissional de aprendizes. Além disso, serão oferecidas palestras esclarecedoras sobre aprendizagem profissional, de forma a promover sua implantação nos diversos municípios do Estado, na administração pública, empresas privadas e cooperativas.

As capacitações gratuitas, destinadas ao homem do campo, serão apresentadas pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Pernambuco, em estande institucional. Essas atividades são executadas em parceria com as empresas agropecuárias contratantes do Programa de Aprendizagem – Jovem Aprendiz, que no ano de 2015 atendeu a aproximadamente 320 jovens/cotistas nas treze turmas formadas em todo o Estado. No período de capacitação, os jovens têm a carteira profissional assinada pelo empregador e contam com remuneração de um salário mínimo/hora.

Segundo o superintendente do Senar/PE, Adriano Moraes, à contratação de aprendizes é um comprometimento legal estabelecido pela Lei Federal 10.097/2000. “Atualmente, as empresas agropecuárias destinam 0,02% para investimento em educação. Esse valor é revertido em capacitação, renda e, consequentemente, oportunidades de emprego nos diversos setores da economia”, esclarece Moraes. A Feira de Aprendizagem é uma iniciativa conjunta do Ministério do Trabalho e o Fórum Pernambucano de Aprendizagem Profissional (Forap). A entrada é franca.

SERVIÇO:

II Feira de Aprendizagem de Pernambuco

Data: Quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Horário: Das 9h às 16h

Local: Teatro Beberibe – Centro de Convenções.  Av. Prof. Andrade Bezerra, s/n – Complexo Salgadinho. Olinda, PE

____________________

Marina Lima – Assessora de Comunicação e Eventos – Sistema Faepe/ Senar – PE – Fone: (81) 3312. 8950 | 99999.3382 – marinalima87@gmail.com

DIA DO ADVOGADO

Nesta quinta-feira dia 11 de agosto é comemorado em todo o Brasil o Dia do Advogado. Tal fato, teve como marco inicial o surgimento em Olinda da Criação do Curso de Direito.

(texto do advogado Antonio Carlos Saldanha) 

SALDANHA 1Todos os dias ao acordar, na bela cidade de Gravatá esse ato tem dimensões mais poéticas e filosóficas, lembrei que há exatos 189 anos era implantado o primeiro curso de Direito do Brasil, no Mosteiro de São Bento, em Olinda.

Penso, então, qual a importância do advogado dentro de nossa sociedade hoje? Discutir a função social do advogado é apontar para a importância desse profissional para a civilização. Se há vida social, há, em algum nível, uma ordem jurídica. A advocacia é talvez uma das profissões mais antigas de que se tem conhecimento, haja vista, que todo o homem é dotado de direitos e obrigações.

O advogado é indispensável à administração da Justiça e está constitucionalmente garantido. A sociedade atual, por ser complexa, exige diariamente deste profissional uma boa formação acadêmica. É o exercício diário de seu ofício que o credencia a conhecer e operar o direito. Não é por acaso que atos da advocacia constituem múnus (dever) público. O advogado se obriga a encargos coletivos e de ordem social e caso seu desempenho acarrete prejuízo, o profissional está sujeito a sanções processuais e disciplinares.

Dentro deste contexto, o advogado no seu ministério privado, presta relevante serviço público e exerce uma inerente função social. Pode-se afirmar, sem exageros, que a trajetória de vida e a atuação destemida de alguns advogados, em tempos idos foram vitais para alcançarmos o tão antes, utópico estado de direito.

 Por isso, é função social do advogado velar pelos direitos e pelas garantias do cidadão, participando de forma ativa na construção de uma sociedade mais livre, harmônica e igualitária.

O advogado é a pedra basilar para que haja irrestrito cumprimento dos princípios constitucionais que fundamentam a República, em especial, o da dignidade da pessoa humana e dos valores sociais do trabalho e da livre iniciativa.

 Como as próprias transformações da sociedade e do direito, as funções sociais dos advogados evoluíram, pois não é algo inerte ou estático. Quanto mais complexas as relações maior a responsabilidade do advogado. É ele quem demonstra que a norma está em constante mutação. É papel do advogado ajustá-la à realidade e necessidades da sociedade, requerendo dos magistrados julgamento de novos casos propiciados aos constantes e mutáveis avanços sociais.

  No arremate, o exercício da advocacia é uma luta interminável. É o combate feroz pela liberdade, pelo direito, contra o abuso de poder, arbitrariedade e injustiça.

 _________________________

Antonio Carlos Saldanha – Advogado (respondeu pela Procuradoria Jurídica da Prefeitura de Gravatá, atua como Procurador Jurídico da Câmara Municipal de Gravatá e atua em banca própria em Recife e Gravatá na avenida Agamenon Magalhães, centro )

DIA DO ADVOGADO

oab 3OAB comemora em 11 de agosto, o dia nacional da FUNDAÇÃO DOS CURSOS JURÍDICOS NO BRASIL – Advogados divulgam carta aberta aos gravataeses.

 

CARTA ABERTA AOS CIDADÃOS GRAVATAENSES

A Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção Vitória De Santo Antão – como entidade representativa da classe de advogados, atendendo aos reclames destes, preocupados com a caótica prestação jurisdicional na cidade de Gravatá/PE, vem informar\denunciar à população o que esta Comarca vem sofrendo com a falta de juízes e com a altíssima taxa de congestionamento

Denunciamos que o problema da falta de juízes tem persistido por mais de um ano, atingindo principalmente às 1a e 2a Varas Cíveis, que hoje tramitam com vultoso acervo de 12.739 e 11.755 processos, respectivamente. Muito embora reconheçamos os intensos esforços realizados pelos nobres magistrados dessa Comarca na condução dos referidos processos, muitas vezes, limitados pela impossibilidade física de proferir decisões relativas a tantas demandas, não vislumbramos soluções céleres que possam atender aos anseios da classe.

A situação de precariedade obriga a priorização de processos urgentes: réus presos, alimentos e medidas cautelares, estagnando os demais processos, impingindo sofrimento aos destinatários da prestação jurisdicional.

A OAB, através de sua Subseção Vitória de Santo Antão, em homenagem aos ditames do art. 133, da Constituição Federal de 1988, cobra reiteradamente do TJPE (Tribunal de Justiça de Pernambuco) a implementação das seguintes medidas urgentes e inadiáveis: designação de juízes titulares para 1a e 2a varas cíveis e instalação da 3a Vara Cível, com o fim de restaurar a justiça gravataense, no entanto, sem nenhuma resposta efetiva até o presente momento.

Com o intuito de sensibilizar as autoridades públicas os advogados militantes desta Comarca decidiram deflagrar a presente carta aberta, expondo de forma clara a precária situação da comarca de Gravatá/PE, bem como, a inoperância do TJ/PE em dar resolutividade aos problemas locais, para que assim, possamos cobrar das autoridades a solução dos nossos problemas.

Gravatá, 11 de Agosto de 2016.

_____________________________________

Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção Vitória De Santo Antão.  Rua Dr. Demócrito Cavalcante, 86 – Livramento. CEP 55.602-420 – Vitória de Santo Antão / PE = Fone/Fax (81) 3526-5008 / 9539-2407 / 8615-4694 E-mail: oabvitoria@yahoo.com.br

Operação tapa buracos tem início em Gravatá

Em paralelo, também acontece o Programa de Saneamento Ambiental da bacia Hidrográfica do Ipojuca

obra 1 - Cópia obra 2 - Cópia obra 4 obra 3Teve início na última segunda-feira (8), em Gravatá, no Agreste, os trabalhos da Operação Tapa Buracos.

A ação, que contemplará um total de 229 ruas em paralelo, está orçada em R$ 650 mil. As vias contempladas foram visitadas in loco pela Prefeitura, através da equipe da Secretaria de Infraestrutura que, na ocasião, priorizou as vias de acordo com o grau de necessidade que apresentavam.

A verba para a realização da Operação Tapa Buracos é proveniente da Emenda Parlamentar nº 140 / 2016, do Deputado Estadual Waldemar Borges.

Ao mesmo tempo em que acontece a Operação Tapa Buracos, também está em andamento, os trabalhos do Programa de Saneamento Ambiental da Bacia Hidrográfica do Ipojuca (PSA Ipojuca).

O projeto prevê a implantação de 80 mil metros de rede coletora e de redes condominiais, além da conclusão da estação elevatória (unidade de bombeamento) e da construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE).

Quando estiver em funcionamento, a ETE removerá de 90% a 95% da carga orgânica e eliminará, praticamente, 100% de coliformes fecais do esgoto coletado.

A Compesa contratou, em dezembro de 2015, a empresa Flamac para execução desta primeira etapa.

Um total de 229 vias, 14 delas receberão recapeamento asfáltico. O objetivo da intervenção é deixar a maior parte possível da malha viária do município em perfeito estado garantido, portanto, fluidez no trânsito, segurança e qualidade de vida aos gravataenses, tendo em vista a série de transtornos causados pelo desgaste das ruas.