Gilson Neto é filiado ao PMDB de Alagoas com ficha assinada pelo senador Renan Calheiros. Pode disputar uma vaga de deputado federal.

Existe uma movimentação no Estado de Alagoas para GN sair para a disputa eleitoral para o Congresso Nacional

GILSONO BLOG do Castanha ficou sabendo de uma fonte do Estado das Alagoas que o empresário Gilson Machado Neto vem sendo cogitado para disputar as próximas eleições alagoanas a uma vaga no Congresso Nacional pelo PMDB.

A indicação teria partido do senador Renan Calheiros (PMDB-AL), responsável direto pela sua filiação ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro.

O BLOG tentou um contato com o empresário Gilson Machado Neto, no entanto, sem sucesso. Ele estaria viajando e não conseguimos o contato telefônico.

O empresário Gilson Machado Neto é um personagem muito popular no Estado das Alagoas. É diretor da Rádio Maragogi FM, agropecuarista, veterinário, cultivador de côcos, dono de pousada no litoral Norte alagoano. É conhecido muito em Pernambuco, sua terra natal, e em todo o Nordeste como líder, sanfoneiro e compositor da Banda Brucelose. É fazendeiro de criação de gado no Tocantins, dentre outras atividades.

Sua campanha para deputado federal pelo PMDB de Alagoas teria o apoio incondicional do senador Renan Calheiros.

 

A POLÍTICA COMO ELA É. – A candidatura de RAUL HENRY (PMDB) na vice de PAULO CÂMARA (PSB) trás o nome do ex-vereador DANILO MELO (PMDB) para à cena política de Gravatá

Pensa errado quem pensa que o bom político com história está morto para a cena política do momento. Em política, dinâmica como ela é, tudo renasce, tudo se transforma e políticos inimigos passam a ocupar o mesmo palanque.

Danilo e Raul. Juntos outra vez, como sempre … (a foto é de arquivo)

RAUL-E-DANILODanilo Melo foi vereador de Gravatá por dois mandatos. Foi vice-prefeito e candidato a vice-prefeito numa chapa derrotada nas urnas nas últimas eleições. E um competente presidente de uma legenda forte no Brasil: O PMDB de Gravatá.

Aí, alguém deve ter pensado. “Danilo Melo sacrificou sua cabeça enfiando numa chapa derrotada e agora está morto”. Tudo balela. Um bom político nunca estar morto. Apenas ele recua. Administra o tempo, uma fase, mas sempre pode voltar a qualquer momento, forte e por cima.

Danilo Melo sempre pediu votos para Raul Henry, seu amigo particular e companheiro de lutas e de legenda partidária. O deputado federal Raul Henry ressurge como um novo protagonista na cena política estadual. É o vice-governador na chapa do candidato a governador Paulo Câmara (PSB) e Fernando Bezerra Coelho (PSB) para senador, lançada recentemente pelo governador disposto e anunciado candidato a presidente da Republica, Eduardo Campos (PSB).

Eduardo Campos içou Raul Henry por que precisa do apoio do ex-governador de Pernambuco, senador Jarbas Vasconcelos uma das lideranças – histórica e atual – do PMDB do Brasil. Um PMDB que faz parte da base de sustentação do Governo da presidente Dilma (PT) e provavelmente da sua chapa política para concorre as próximas eleições de 2014, mas que é dividido em todo o Brasil. A linha dissidente do PMDB, que tem Jarbas Vasconcelos e outros grandes nomes do Partido, certamente vão apoiar a candidatura de Eduardo Campos.

E aqui em Gravatá, o ex-vereador Danilo Melo, até então tão calado e meio desaparecido, passa a ser peça importante para eleger Eduardo Campos Presidente e o seu candidato Paulo Câmara para o governo do Estado.

Quem disse que Danilo Melo está acabado politicamente?  … se enganou. 

Curso de Teatro na cidade de Bezerros

São 25 vagas, com inscrições que começam nesta segunda (17) e seguem até o dia 28 de março.

teatroA Prefeitura de Bezerros através da secretaria de Juventude está com inscrições abertas para nova turma do curso de teatro.

Ao todo são oferecidas 25 vagas, com inscrições que começam nesta segunda (17) e seguem até o dia 28 de março.

A turma de 2013 continuará no curso também com aulas a partir desta segunda no auditório do CEMAIC, às 19h.

Os interessados em ingressar na nova turma do curso de teatro devem procurar a secretaria de Juventude que fica na Rua Martins Júnior, por trás da Prefeitura, das 7h às 13.  O telefone é o 3728 6713

Senador Armando Monteiro (PTB) quer discutir abastecimento de energia para o Nordeste

A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE) aprovou requerimento proposto pelo senador do PTB-PE para realização de audiência pública que discutirá a oferta de energia de base para o Nordeste.

Senador Armando Monteiro - crédito Pedro França - Agência SenadoSegundo Armando, o Nordeste tem hoje uma grande dependência porque importa do sistema interligado nacional 40% da energia. O senador defende que é o momento de redefinir a matriz energética da região porque não há nenhuma forma de constrangimento físico ao crescimento mais efetivo do que a indisponibilidade da oferta de energia.

Para Armando, é preciso, de forma previdente, discutir essas questões para não condenar a região a uma espécie de estrangulamento do seu processo de crescimento. “Creio que os especialistas indicados poderão contribuir muito para o debate que se propõe”, disse.

 

 

 

NET.COM, o melhor provedor de Internet de Gravatá e região é mais uma vez, finalista do Prêmio MPE BRASIL NACIONAL, do SEBRAE.

net com

O reconhecimento nacional da NET.COM na categoria Serviços de Tecnologia e Informação concedido pelo Sebrae Nacional.

.
Acaba de chegar a notícia aqui no BLOG que a Net.Com é uma das finalistas do prêmio  MPE BRASIL NACIONAL, concedido pelo Sebrae Nacional
.
Alcimar e Almir, dois jovens empreendedores de sucesso – gente daqui de Gravatá nascida no Sítio da Pedra Miúda – estarão em Brasília nos dias 24, 25, e 26 de março para receber as homenagens e possivelmente o Prêmio Nacional, que é concedido a poucas empresas nacionais do ramo.
.
A honrosa premiação é na categoria Serviços de Tecnologia da Informação à Net.Com, de Gravatá. “É um prazer e uma honra estarmos aqui presentes para receber o Prêmio MPE. Quero reconhecer a visão do Sebrae, que é de apoiar, capacitar e prover o desenvolvimento das micro e pequenas empresas de nosso País. Estejam certos de que continuaremos juntos nessa mesma direção”, disse o diretor administrativo Almir Bezerra.
.
___________a foto é de arquivo – nov.2013

MENSAGEM DO SINDICATO DOS PROFESSORES MUNICIPAIS DE GRAVATÁ – SIPROG

REGIMENTO ELEITORAL-ELEIÇÃO SIPROG 2014

 PREÂMBULO

Este regimento visa disciplinar as eleições complementares, referentes a três vagas oriundas da renúncia dos diretores, profª. EDVONE IZAURA DA SILVA, profª. MARIA DE FÁTIMA DE SOUSA NASCIMENTO e ROSSANA FERREIRA DE LIMA BEZERRA, conforme apresentação de Carta de Renúncia pelas referidas diretoras, tudo como dispõe o Parágrafo único do art. 74, do Estatuto do SIPPROG, com o fim de cumprimento do mandato desta gestão, que se encerrará em dezembro de 2014, tudo consoantea deliberação da assembleia geral realizada no dia 21 de fevereiro de 2014.

Art. 1º. As profªs. JOSELMA MARIA DE CARVALHO, ZENEIDE DE OLIVEIRA CAVALCANTI e ALCIONE BATISTA LOPES, filiadas, regularmente, ao SIPROG, são as candidatas à vaga das três diretoras citadas no preâmbulo deste regimento, as quais tiveram o nome referendado, por unanimidade, como candidatas, na assembleia geral do dia 21/02/2014.

Art.2°. As eleições de que trata o deliberado na assembleia do dia 21 de fevereiro de 2014serão realizadas no dia 18 de março de 2014, na Sociedade Musical XV, situada à Praça Aarão Lins de Andrade S/N – centro – Gravatá – PE.

Art. 3°. A escolha dos membros para eleição complementar dar-se-á da seguinte forma:

a) a eleição para escolha dos diretores substitutos realizar-se-á no horário das 10 horas, do dia 18 de março de 2014, no local referenciado no caput do art. 1º;

b) estarão habilitados a votar todos os professores sindicalizados.

Art. 4°. A comissão eleitoral será constituída por Maria José de Lima, Janaina Lúcia da Silva e Hercília da Costa Magalhães, a qual responderá pelo pleito em tela, conforme dispõe o art. 43 e seguintes do Estatuto do SIPROG.

SINDICATO DOS PROFESSORES MUNICIPAIS DE GRAVATÁ (SIPROG) – Rua Vereador Elias Torres, 138 – S.04/ Galeria Modelo – Centro – CEP: 55641-040 – Gravatá – PE. Tel. 3533 – 2006 / 9446-3037/ 9464-2735 –  E-mail : siprog_@hotmail.com CNPJ: 14.591.643/0001-61 Insc. Municipal – 13140.

UNIÃO E FORÇA

Art. 5°. As reclamações deverão ser encaminhadas à comissão eleitoral, com relatos claros, precisos e concisos, por escrito, devendo as mesmas ser protocolizadas na sede do SIPROG, sito à Rua Vereador Elias Torres, 138, sala 4, Centro–Gravatá –PE, no horário das 8:00 às 17:00horas, até 48 horas após a conclusão do pleito.

Art.6°. Todo processo de votação da eleição de que trata este regimento, dar-se-á por aclamação e obedecerão aos seguintes critérios.

I – O resultado da eleição será registrado e declarado em ata.
II – Os votos dos candidatos que serão colhidos por aclamação, a principio será observado o contraste visual, havendo duvidas, serão contados pela comissão eleitoral, caso persista a duvida, serão contados apenas mais uma vez e, em seguida, será declarado o resultado.
III – No momento da votação, não serão permitidos pedidos de esclarecimentos, questões de ordem e/ou outro tipo de intervenção a que venham tumultuar o processo eleitoral.

Art. 7º. Todos os casos omissos a este regimento serão dirimidos pela comissão eleitoral.

Art.8°. Este regimento entrará em vigor a partir desta data,

Art. 9º. Ficam revogadas as disposições em contrario.

Gravatá/PE, 11 de março de 2014.

HERCILIA DA COSTA MAGALHÃES
JANAINA LUCIA DA SILVA
JOSINETE MARIA DE OLIVEIRA
MARIA DAS GRAÇAS DE LIMA
MARIA JOSÉ DE LIMA
MURIEL DE LIRA

 

 

Ex-prefeito Joaquim Neto. Quatro vezes FICHA-SUJA. Câmara votou mais duas contas rejeitadas pelo TCE

A Câmara Municipal de Gravatá votou na noite desta terça-feira, dia 11 de março, pela rejeição de  mais duas prestações contas do ex-prefeito Joaquim Neto (PSDB), dos anos de 2004 e 2007.

O ex-prefeito é um contumaz mau administrador do dinheiro público. Foi prefeito durante sete anos e todas as suas contas foram rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado. Das sete prestações de contas, quatro já foram rejeitada pela Câmara Municipal. No ano passado, nos meses de maio e dezembro foram votadas e rejeitadas – sempre acompanhado a decisão do TCE – as contas dos anos de 2005 e 2008. Na noite dessa terça-feira, foram rejeitadas as contas de 2004 e 2007.

Dois vereadores estavam ausentes da reunião. Luiz Prequé (PSB) e Junior de Paulo (PRP). Faltaram. Votaram pela orientação do TCE rejeitando as contas os vereadores Regis da Compesan (PSL), Gimário de Uruçu (PTB), Ana de Jaci (PSD), Angélica de Ademir (PTB), Neto da Banca (PRP), João Paulo (PDT), Léo Giestosa (PTC), Elson Campos (PSD), Junior de Obras (PPS) e Pedro Martiniano (PRB).

Só o vereador Lé do Ar (PSDB) votou contra a decisão do TCE e a favor do seu líder político, Joaquim Neto. O vereador argumentou que essas questões do TCE são de caráter meramente técnicos e acusou a Câmara de estar fazendo julgamento, político. Levou uma vaia da plateia e de seus colegas vereadores.

Na mesma reunião a Câmara dos Vereadores de Gravatá votou pela aprovação com ressalvas das prestações de contas do ex-prefeito Ozano Brito Valença (PSB), correspondente ao exercício de 2011, tendo a votação e aprovação seguindo as orientações do TCE.

 

A Igreja Católica celebra mais uma quaresma.

Um texto do Pároco de Gravatá, Padre João Paulo Gomes

joão paulo padreDesde a ultima quarta-feira, a Igreja Católica celebra mais uma quaresma.

É o tempo que tem como objetivo preparar os cristãos e as comunidades para celebrar a festa das festas que é a Páscoa.

Ao longo dos seus quarenta dias (daí o nome quaresma), os cristãos são chamados a intensificarem as orações, penitências e gestos de caridade para poder chegarem à Páscoa ressuscitados com Cristo, ou seja, renovados, transformados, recriados.

Essa consciência não é somente pessoal mas também social, por isso também na quaresma, através da realização da Campanha da Fraternidade lançamos nosso olhar para alguma chaga do nosso querido Brasil. Este ano de 2014, com o lema: “É para a liberdade, que Cristo nos libertou”, procura-se refletir sobre o grave problema do tráfico humano.

Aproximadamente dois milhões de pessoas sofrem em todo o mundo dessa realidade, sem contar as famílias e os indiretamente envolvidos. São as vítimas dos tráficos de trabalhos escravos, prostituições, de crianças e de órgãos. São os escravos dos tempos modernos, realidade que constitui uma vergonha para a humanidade.

Em nossa Igreja, ao mesmo tempo que se reflete sobre essa escravidão escandalosa, cada cristão também é chamado para refletir sobre a sua liberdade. Fomos criados por Deus para sermos livres e o reconhecimento deste direito talvez seja uma das maiores conquistas de todos os tempos.

Certamente está liberdade não cai do céu, mas é uma conquista de todos os dias, é uma luta constante já que são muitos os elementos que querem nos prender e facilmente talvez em busca de segurança, afeto ou outras carências também nos deixamos escravizar. Em nossas atividades e celebrações estamos trabalhando este conceito da liberdade, procurando identificar o que nos escraviza e ao mesmo tempo apontando estratégias de libertação.

Não pode haver uma verdadeira ressurreição, se não é fruto de uma profunda libertação. Para isso, foi elaborada carinhosamente uma programação intensa que além das missas que já ocorrem em nossos templos, colocam as pessoas nas ruas (via-sacras), criam gestos de solidariedade (visitas a hospitais, abrigos, cadeia pública e aos doentes que estão em suas residências), ampliam-se momentos de reflexão (como os horários de atendimento especiais de confissões nesta quaresma nas quintas, sextas, sábados e domingos às 10h da manha na matriz, por exemplo).

É toda uma Igreja que se esforça, juntamente com seus padres e agentes de pastoral para ir ao encontro de cada fiel e propor um tempo novo de renovação e ressurreição.

Vivamos as palavras do apóstolo Paulo: “Não recebamos em vão a graça de Deus”. Este é um tempo privilegiado, este é o momento da salvação. Participe!

Hoje tem reunião na Câmara dos Vereadores. É dia de votar as contas rejeitadas do ex-prefeito Joaquim Neto dos anos de 2004 e 2007.

TETRA FICHA SUJA

O ex-prefeito governou Gravatá durante 7 anos e todas as suas prestações de contas foram rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado. Duas prestações de contas – 2006 e 2008 – já foram votadas e rejeitadas pela Câmara dos Vereadores. Na noite de hoje mais duas votações.

A prova do crime

Camara GTA contas de JN jpgSerão votadas hoje pela Câmara dos Vereadores as prestações de contas da Prefeitura de Gravatá referentes aos exercícios de 2004 e 2007, enviadas pelo Tribunal de Contas com a recomendação de que as mesmas sejam rejeitadas.

As prestações de 2006 e 2008 já foram votadas e rejeitadas pelo TCE e pela Câmara, respectivamente em maio e dezembro do ano passado.

As prestações de contas rejeitadas de 2004 apresentam um quadro gravíssimo de desvio de dinheiro, de 12 toneladas de merenda escolar, empresas fantasmas com CNPJ falsos (inclusive de gravataenses), improbidade administrativa, apropriação indébita de recursos, crimes de falsidade ideológica, de falsificação de documentos, de sonegação de impostos, de furto e muito mais.

No relatório do TCE, apresenta mais de 30 infrações graves praticadas exatamente no ano eleitoral de 2004 e tem o envolvimento de pelo menos cinco secretários municipais da época que terão de se explicar perante a Justiça.

Toda documentação chegou à Câmara dos Vereadores em várias caixas de papelão repletas de pastas de documentos. O ano de 2004 tem o processo TC Nº 054 0066 – 1, divididos em 31 volumes que pesados somam mais de 18 kg de papel. O Processo de 2007 estão distribuídos em 17 volumes dentro de caixas e tem no número TC Nº 084.0037-4.

 

Uma vergonha para Gravatá.