Por favor. Leia este texto. E pense!

Homens como Mandela e Arraes não existem mais. Precisamos pelo menos do exemplo deles para tocarmos à vida daqui prá frente.

nelson mandelamiguel arraesNelson Rolihlahla Mandela morreu ontem aos 95 anos de idade, no seu pais, a África do Sul.

Mandela teve a capacidade de unir seu povo, brancos opressores e negros oprimidos, como líder da resistência ao regime de segregação racial do apartheid como liderou de dentro cadeia aonde esteve trancado por 27 anos a bem-sucedida transição pacífica para uma ainda frágil democracia multirracial, no seu país.

Mandela saiu da cadeia injusta, sem ódio, sem revanchismo, sem espírito de vingança, depois de ter vivido por quase 3 décadas longe da família, dos amigos, mas sem esquecer um só minuto o seu povo.

Em 1994 se elegeu como o primeiro Presidente da história sul africana e depois de quatro anos recolheu-se na sua vida particular deixando a sua África do Sul  num rumo de uma democracia desenvolvimentista e pacifica com compromissos sócias de restauração da dignidade do seu povo .

Esteve com Miguel Arraes de Alencar por três vezes que, então no exílio, fora visita-lo na prisão. Dois grandes homens da história.

Miguel Arraes também foi preso depois de lhe tomaram a cadeira de governador de Pernambuco e o jogaram no exílio por mais de 20 anos. E nem por isso, Arraes destilou ódio, raiva, de vingança, de perseguições nem nunca foi visto reclamando da vida.

São dois exemplos. Duas histórias. Dois homens. Duas vidas. Nunca faltou o perdão e a doçura aos dois. Nunca foram gananciosos e dedicaram suas vidas aos semelhantes.

Um bom exemplo para ser seguido.

Direito de Resposta do vereador PEDRO MARTINIANO

Presidente da Câmara Municipal de Gravatá rebate a “Carta Aberta” dos cinco vereadores da oposição publicada aqui no BLOG

 

Acabo de ler o comunicado público de cinco vereadores do nosso Município e, em respeito ao povo de Gravatá, passo a exercer o meu direito de resposta para externar a minha grande surpresa com o texto que insultam a minha pessoa e a forma como conduzo os trabalhos enquanto Presidente da Câmara Municipal.

A carta dos nobres vereadores está contaminada de inverdades que são frutos de quem exercita uma oposição política contra a maioria absoluta dos vereadores, assim como também o fazem contra o chefe do Poder Executivo.

Pontuando cada acusação da carta dos cinco nobres vereadores, inicialmente quero arejar suas memórias, lembrando aos mesmos e a população de Gravatá que a presença da Guarda Municipal e da Polícia Militar na reunião da última terça-feira, assim como nas duas que a antecederam, foram medidas adotadas para preservar o patrimônio público e privado, face ao tumulto causado por alguns desordeiros e militantes da oposição infiltrados, que usando e abusando da violência depredaram veículos e tinham a nítida intenção de invadir o prédio da Câmara Municipal na sessão que antecedeu as três reuniões já citadas.

Uma grande inverdade é a afirmação de que na reunião da última terça-feira o plenário estava vazio, a praça estava deserta e que ali estava um grupo de vereadores amedrontados.

Ao contrário, na sessão todos os assentos disponíveis do plenário estavam tomados e os dez vereadores presentes trabalharam normalmente, dignificando seus mandatos em respeito em ao povo de Gravatá, que os elegeram democraticamente.

Sem querer formular qualquer juízo de valor, se amedrontados houveram, talvez entre estes estivessem os cinco vereadores, que não querendo debater democraticamente os projetos em pauta, abandonaram o plenário em uma sessão e, deliberadamente, de forma orquestrada, faltaram seguidamente as duas últimas reuniões.

Outra acusação inconcebível é afirmarem que fui reeleito passando por cima da lei. Minha recondução a Presidência da câmara está prevista no regimento interno e a nova mesa diretora foi eleita de forma legal e democrática.

Quanto às acusações formuladas a minha conduta pessoal, quem me conhece sabe que trato educadamente as pessoas e acato democraticamente opiniões divergentes, embora seja firme na defesa dos meus pontos de vistas, sempre pautando minhas ações respeitando à legalidade, à honradez e os princípios éticos impostos pelo cargo que exerço.

Que o povo Gravataense faça o seu julgamento.

Pedro Martiniano

__________________________Nota do Editor

O Direito de Resposta do vereador Pedro Martiniano Lins (PRB) responde ao “COMUNICADO – Câmara dos Vereadores de Gravatá afasta a população das sessões de reuniões e faz censura a Imprensa”, publicado na edição de hoje, dia 5 de dezembro aqui no BLOG, assinado pelos vereadores Luiz Prequé (PSB), Junior de Paulo (PRP), Léo do Ar (PSDB), Junior de Obras (PPS) e Dona Sônia (PP).

Morre NELSON MANDELA aos 95 anos de idade

mandela 1

O maior símbolo da luta contra o apartheid na África do Sul e Prêmio Nobel da Paz por seus esforços contra o racismo morreu nesta quinta-feira.

mandela 2Nelson Mandela tinha 95 anos, sofria de uma grave infecção respiratória e estava sendo mantido em sua casa em Johannesburgo sob cuidados médicos.

Ele esteve hospitalizado de 8 de junho a 1º de setembro com um quadro de infecção pulmonar e outras complicações. No fim de semana, Zindzi, sua filha mais nova, disse ao New York Times que sabe que ele está morrendo.

Nossos pensamentos e de milhões de pessoas ao redor do mundo estão agora com Mandiba”, disse o presidente Jacob Zuma, em um pronunciamento televisionado nesta quinta-feira.

Mandela passou 27 anos em três prisões diferentes durante o regime racista branco e contraiu tuberculose no cárcere. A maior parte desse período, passou em Robben Island, na costa da Cidade do Cabo, onde ele e outros prisioneiros trabalhavam em uma pedreira. Foi libertado em 1990 e se tornou o primeiro presidente negro da África do Sul em 1994.

O ativista deixou o cargo de chefe de Estado em 1999, após um mandato, e se afastou da vida política há uma década. Sua última aparição em público foi na final da Copa do Mundo de futebol em Johanesburgo, em 2010.

 

Governador Eduardo Campos mantém inalterado o status da atual Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos.

Wal e eduardo 2

Diálogo entre Governo e sociedade civil voltado para as políticas públicas continua sendo prioritário

Wal e eduardo 1O governador Eduardo Campos assinou, na tarde desta quinta-feira (05/12), emenda para manter inalterado o status da atual Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos.

A decisão foi tomada após diálogo com representantes da sociedade civil organizada voltada para as políticas públicas sociais. O encontro aconteceu na Sede Provisória do Governo do Estado, no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda. O líder do Governo na Assembleia Legislativa, Waldemar Borges, participou da reunião.

Com a reforma administrativa proposta no último dia 20 de novembro, as secretarias de Governo, de Articulação Social e Regional, e de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos seriam fundidas.

Essa proposta motivou que membros da sociedade civil organizada procurassem o governo na quarta-feira (04/12) para fazer ponderações. O debate proporcionou o entendimento de que a melhor decisão seria manter Desenvolvimento Social e Direitos Humanos com status de secretaria.

_______________________

Com informações da jornalista Ida Comber

Capitão Wolney Pereira recebe condecoração por mérito e a notória colaboração a PM

Capitãp Wolney 2

O Capitão é Subcomandante da 5ª CIPM (Gravatá)

Capitãp Wolney 1O Capitão PM Wolney Pereira, Subcomandante da 5ª CIPM (Gravatá), foi condecorado na manhã de hoje com a Medalha do Mérito da Secretaria da Casa Militar de Pernambuco.

A solenidade ocorreu no Centro de Convenções de Pernambuco e várias Autoridades e Instituições também receberam a comenda. A prefeitura de Gravatá foi representada na solenidade pelo Procurador Humberto Interaminense, que prestigiou o evento.

A condecoração é um ato de distinção e reconhecimento me deixa ainda mais motivado a continuar o trabalho em defesa da sociedade pernambucana, em especial da gravataense, afirmou Wolney, que aproveitou para agradecer ao Governador Eduardo Campos e ao Secretário da Casa Militar Coronel Mário Cavalcanti pelo reconhecimento e a sua equipe de Oficiais e Praças que trabalham diuturnamente para assegurar a segurança no município, enaltecendo o nome da Polícia Militar e da Defesa Social.

– Veja a Portaria assinada pelo governador Eduardo Campos que concedeu a Medalha do Mérito ao  Capitão PM Wolney Alexandre Pereira da Silva.

ATOS DO DIA 3 DE DEZEMBRO DE 2013.
O GOVERNADOR DO ESTADO, no uso de suas atribuições RESOLVE:

Nº 4941 – Conceder a Medalha do Mérito da Secretaria da Casa Militar de Pernambuco, atendendo proposta que lhe foi encaminhada pelo Secretário da Casa Militar nos termos do Decreto n.º 36.028, de 21 de dezembro de 2010, e alteração, considerando a notória colaboração com as atividades desenvolvidas pela Secretaria da Casa Militar ao Capitão PM Wolney Alexandre Pereira da Silva e a outros militares da Corporação.

 

 

Imóvel do ex-prefeito de Gravatá vai à Leilão Extrajudicial no próximo dia 16 de dezembro

P1180551 copy

LEILÃO PÚBLICO DE EXECUÇÃO EXTRA-JUDICIAL

Veja o Edital – A Segunda Vara Cível da Comarca de Gravatá determinou a Execução de Título Extrajudicial, a venda através de Leilão Judicial Público, do terreno de 14,4 mil m2, situado na Avenida 4 de Outubro, Via Perimetral, avaliado em R$ 1 milhão e 750 mil Reais, para pagamento de dívida contraída pela empresa gravataense Indústria e Comércio de Reciclagem de Papel Ltda contra uma empresa da cidade de Franca, no Estado de São Paulo. O leilão está previsto para acontecer no dia 16 de dezembro de 2013, às 10hs30, no Fórum de Gravatá.

Eis o Edital

edital joaquim 001

Compartilhe com seus amigos!

Gravatá Fest Folia, em fevereiro, com a despedida de Bell do Chiclete

Chiclete 2

Atenção Chicleteros!

chiclete 1Caro amigo Castanha.
.
Ainda está meio longe, mas esse evento promete agitar a cidade de Gravatá, no Agreste de Pernambuco.
.
No dia 7 de fevereiro que vai acontecer no Haras Luiz Inácio, o Gravatá Fest Folia.
.
As atrações que irão animar a festa são as seguintes: Chiclete com Banana e a despedida de Bell Marques, Wesley Safadão & Garota Safada e Forró do Firma.
.
O evento promete reunir os chicleteiros de várias partes do Estado. Pois será uma das últimas apresentações do Chiclete com Banana, com Bel Marques ainda nos vocais
.
Cal Junior … (caljuniorgta@hotmail.com)

Irresponsabilidade política e ineficiência dos serviços públicos

Opinião de Carlos Moura, de Afogados da Ingazeira, Pernambuco

 

carlosMouraGomes2Dias atrás ouvi importante palestra de um cientista político sobre responsabilidade social da política. Lembrava com tristeza que “é perfeitamente compreensível e aceitável o manifesto de indignação do povo com certas feições que a política assume, por conta de atos descomprometidos com a verdade, a ética, a moral e o bem-estar do povo”.  

Em outro momento observei no livro “Poderes e Deveres do Administrador Público”, um conceito sobre o Dever de Eficiência. “Elevado à categoria de Princípio Constitucional de Administração Pública, o dever de eficiência impõe que a atividade administrativa seja cada vez mais célere e técnica, ou seja, que se busque não só o aumento quantitativo, mas também qualitativo do papel desempenhado pelo Administrador Público. A busca contínua pela eficiência resulta, sem dúvida, em maiores benefícios à própria coletividade, daí por que constitui dever do administrador.”

É de fundamental importância que toda gestão municipal tenha um bem elaborado planejamento e que nas áreas de riscos, como é o caso da seca, se trabalhe priorizando a prevenção, evitando assim que fatos desagradáveis e prejudiciais aconteçam a seus habitantes.

A Adutora do Pajeú, obra para abastecimento d’água em diversos municípios de Pernambuco e que caminha a “passos de tartaruga”, ainda não está totalmente concluída.  A Transposição do Rio São Francisco continua apenas no sonho dos sertanejos e nosso rico lençol freático aguarda decisões e vontades políticas para matar a sede de muitos “reféns da seca”. Hoje, muitas cidades do Sertão do Pajeú sofrem com a falta d’água ou com sua péssima e desorganizada distribuição. Ora, desde 1975, quando o então governador Eraldo Gueiros inaugurou a Barragem de Brotas, já alertava para a necessidade de se construir mais barragens e açudes, uma atitude que caberia aos futuros prefeitos e governadores.

Como filho dessa terra, convoco mulheres e homens desse valente e forte sertão a abraçar essa luta, cobrando das lideranças políticas e autoridades de nossa região, uma urgente resposta sobre essa comprovada irresponsabilidade social com a população.

“…se o povo calar até as pedras clamarão”

 

Carlos Mouras Gomes – Afogados da Ingazeira (PE) Dez/2013

 

Aniversário de GIOVANNI BARONI

Uma mensagem da sua companheira Macione Pessoa

GIOVANNI BARONI

GIOVANNI BARONI

MACIONE PESSOA

MACIONE PESSOA

Amigo, Castanha

Ontem, 04 de dezembro foi o dia do  aniversario de Giovanni Baroni. Todos os seus amigos de perto ou de longe, de sua terra natal, Padova-Itália o parabenizaram por seu aniversario!

Admiramos esse homem que desde muito jovem  entendeu que a forma de manifestar o verdadeiro amor era viver em comunhão com seus irmãos e irmãs da America latina.

Chegou ao Brasil em 1969, depois de ter passado pela França, Colômbia e Cuba, aqui colaborou fortemente contra a ditadura militar ao lado de grandes companheiros, entre estes, Carlúcio Castanha.

Aqui se casou, teve seus dois filhos e neto. Trabalhou e participou ativamente de movimentos sociais e lutas sindicais, colaborou na fundação do Partido dos Trabalhadores. Sempre manteve lanços com meio rural desde quando morou na Colômbia apoiando iniciativas de desenvolvimento local em alguns lugares pelo Nordeste.

Hoje mora nas colinas de São Severino, terra de gente boa! Coordenada ao lado de outros agricultores atividades de produção orgânica, reflorestamento de nascentes e desenvolvimento local.

Gosta de expressar através da escrita seus sentimentos e a forma de enxergar o mundo.

 

Giovanni, abraço forte de todos seus amig@s, filhos e neto.

Com carinho, sua companheira Macione Pessoa

São Severino, 04 de Dezembro de 2013.

 

____________________________nota do editor

Esse texto deveria ter sido publicado no dia de ontem. Desculpas ao aniversariante e a seus familiares e amigos.