Eduardo Campos (PSB) anuncia reforma administrativa do seu Governo na próxima quarta-feira

Vai reduzir secretarias, passando das atuais 27 para 21 as estruturas que dão suporte à gestão.

 

eduardo no divamO governador Eduardo Campos (PSB0) deve anunciar nesta quarta-feira, dia 20, a reforma administrativa do seu governo,  apresentando seis incorporações de secretarias, reduzindo das atuais 27 para 21 as estruturas que dão suporte à gestão.

A pasta de Desenvolvimento Econômico abrigará a Extraordinária da Copa e a de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo; Transporte incorporará Recursos Hídricos; Esportes será incorporada por Educação; e Articulação Regional e Social será transformada em executiva de Governo.

A única secretaria que deverá ser extinta é a de Assessorias do Governador. A pasta, de cunho estritamente político, abriga ex-prefeitos sem mandato que teria a função de aconselhar Eduardo Campos sobre ações que possam vir a ter influência nas suas regiões de origem.

A Secretaria de Cultura, que vinha sendo especulada como uma das prováveis extintas, seguirá no organograma do Governo do Estado.

Os secretários de caráter mais técnico da administração estadual estão discutindo como deverá se dar a incorporação das atividades das pastas que serão absorvidas e como ficará o corpo de pessoal de cada uma delas. Até o momento, não haveria uma definição se haverá exonerações de assessores.

Todas as modificações foram discutidas entre o governador Eduardo Campos e o seu vice, João Lyra Neto (PSB), que deverá assumir o Governo do Estado no início do próximo ano. O chefe do Executivo estadual deverá se desincompatibilizar antes do previsto (abril) para mergulhar na sua pré-candidatura presidencial.

________________________

Com informações de Gilberto Paixão, do BLOG da Folha

A Política como ela é. Na opinião de NICÉA LIMA

OPINIÃO

 

NICEA NOVA FOTOAmigo

Durante essa semana que passou li muito sobre a política brasileira e os políticos.
Gosto muito de política e tinha esperança de que o cenário fosse mudar e oferecer um panorama mais real, mais verdadeiro.

Quanta decepção!

Vejo que as pessoas não escolhem os partidos pelos seus programas e suas ideologias, mas pelo oportunismo. Começa a se delinear um verdadeiro samba do crioulo doido. O PMDB já não é mais o mesmo, está dividido em dois, o PMDB de  um e o PMDB do outro. Onde foram parar o programa e a ideologia do partido?

Por outro lado, vemos socialistas fazendo alianças com não socialistas, programas e ideologias completamente antagônicas, em troca de cargos e favores. Ai, perguntamos, como ficará uma administração tão eclética?

E, ainda nos perguntamos, onde foi parar a honestidade de tantos políticos condenados pela justiça e que pertencem a diferentes partidos, inclusive àqueles que pregavam honestidade quando estavam na oposição?

Vejo que o horizonte está cada vez mais distante, inatingível mesmo. E nós outros fadados a encararmos governos corruptos, em todas as esferas, e o que nos resta de esperança é que agora começam a serem punidos, muito embora ainda timidamente. Pois tem deputado condenado em última instância pela justiça e continua a ser deputado. Caso fosse um funcionário público, teria perdido o emprego e estaria preso, num perfeito dois pesos e duas medidas. Não que eu defenda o funcionário desonesto, mas que a justiça seja igual para todos.

Já fui filiada a dois partidos, hoje sem partido, estava pensando em filiar-me a um partido que me parecia o melhor, mas com os últimos acontecimentos estou quase certa de que esse também é mais um igual a tantos outros.

Os desentendimentos entre aliados me parece imaturidade e deixa dúvidas difíceis de serem esclarecidas.

Nunca exerci cargos políticos e nem me passa pela cabeça candidatar-me a nenhum, isso é ponto pacífico, mas gosto de emitir opiniões despretensiosas, com o intuito de colaborar com algumas decisões.

O ano que vem é ano político. É a oportunidade que teremos de tentar separar o joio do trigo, analisarmos os candidatos  e sermos coerentes com nós mesmos fazendo a escolha certa e não trocarmos nossos votos por favores ou vendermos, porque não  vendemos só o voto, mas sobretudo nossa consciência e o futuro de nossa pátria e do nosso estado.

A honestidade é como a justiça, que quando boa começa em casa.

Muito grata,

Nicéa Lima – Professora e Advogada

 

 

Luiz Felipe, orgulho de Gravatá para o Brasil

MENINO PRODÍGIO

Felipe Pianista no ESE o menino gravataense de 16 anos, o pianista Luiz Felipe, foi para o Estado do Espírito Santo, participar do Festival Internacional de Piano, Violão e Canto Heitor Villa Lobos e se saiu muito bem.

Não ganhou o Primeiro Lugar no meio de tantos feras da Música Clássica e Erudita, mas, teve a honra e o orgulho de participar de um Festival tão importante, no momento em está apenas iniciando uma carreira de músico pianista. Logo estará na Universidade realizando seu grande sonho.

E nós aqui na terrinha que ficamos torcendo tanto por Luiz Felipe, estamos todos orgulhosos pela sua coragem e muito talento.

Terreno do ex-prefeito vai à Leilão Judicial

LEILÃO PÚBLICO DE EXECUÇÃO EXTRA-JUDICIAL

A Segunda Vara Cível da Comarca de Gravatá determinou a Execução de Título Extrajudicial, a venda através de Leilão Judicial Público, do terreno de 14,4 mil m2, situado na Avenida 4 de Outubro, Via Perimetral, avaliado em R$ 1 milhão e 750 mil Reais, para pagamento de dívida contraída pela empresa gravataense Indústria e Comércio de Reciclagem de Papel Ltda contra uma empresa da cidade de Franca, no Estado de São Paulo. O leilão está previsto para acontecer no dia 16 de dezembro de 2013, às 10hs30, no Fórum de Gravatá.

Eis o Edital

edital joaquim 001

Um fim de semana prolongado de muitos eventos em Gravatá. O prefeito Bruno Martiniano não parou.

O prefeito caminhou sempre junto com o presidente da Câmara Municipal, Pedro Martiniano e alguns vereadores da sua Bancada quando Gravatá vivenciou momentos de grande projeção no turismo e na economia do Município, que recebeu e recepcionou com seus hotéis, restaurantes, polos de atração e de prestação de serviços um grande número de visitantes.

 

feriado 1Quarta-feira, dia 13 de novembro o prefeito estava com o governador Eduardo Campos no Centro de Convenções de Olinda para ser homenageado por Gravatá ter sido contemplada com o Selo da Unicef.

feriado 31Na quinta-feira, dia 14, às 19 horas, Bruno e a primeira dama Paula Martiniano assistiram a Missa na Matriz pelos 119 Anos de Aniversário da Banda Musical XV de Novembro e prestigiaram o lançamento do livro “Banda XV de Novembro, presente em todos os momentos da história de um povo” da Jornalista e blogueira Fernanda Tavares em concorrida noite de autógrafos ocorrido na Praça da Matriz, com apresentação da Banda regida pelo Maestro Adelson Pereira.

feriado 4Na manhã da sexta-feira o prefeito coordenou a cerimônia pela passagem da Proclamação da República brasileira com o hasteamento das bandeiras do Brasil, de Pernambuco e de Gravatá, em frente ao prédio da Prefeitura. Em seguida, ofereceu um café-da-manhã em sua residência no Condomínio Villa Hípica, aos componentes da Banda XV de Novembro pela passagem do aniversário da mesma, uma tradição em Gravatá.

feriado 3Na parte da tarde, o prefeito e seu irmão presidente da Câmara, estiveram na grande festa popular promovida pela Rádio Gravatá-FM, no Alto do Cruzeiro, em comemoração a “Abertura do Verão” com apresentação de artistas da música, locutores da Emissora e uma massa popular. No inicio da noite eles compareceram a festa popular realizada no Pátio de Eventos com a Banda XV de Novembro e grupos musicais de Olinda e Recife, convidados para a apresentação.

feriado 5Em vários momentos neste fim de semana, o prefeito, a primeira dama-secretária de Ação Social Paula Martiniano, o presidente da Câmara Pedro Martiniano, vereadores, secretários e assessores estiveram no Hotel Portal de Gravatá para visitar o 10º Encontro de Automóveis Antigos de Pernambuco, um dos maiores ventos do segmento de carros antigos e seus colecionadores do Nordeste com a participação dos estados do Maranhão, Piaui, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas e Sergipe.. Representações e relíquias automotivas dos Estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul também participaram do evento.

Ao meio dia o programa “Metralhadora Giratória” pela Rádio Gravatá FM com o jornalista e blogueiro Claudio Castanha ajudou a movimentar a cidade que ainda teve Cavalgada da Lua, cantorias de Violeiros e Cantadores no Bar do Bode na noite do sábado.

Foram momentos de grande projeção no turismo e na economia de Gravatá, que recebeu e recepcionou com seus hotéis, restaurantes, polos de atração e de prestação de serviços um grande número de visitantes.

Para quem gosta de recordar com a professora DILSA MARIA FARIAS LOPES

A METAMORFOSE DE UMA CIDADE

 

    dilsa foto 1 Gravatá abrigava serenamente sua pequena população. O verde, o silêncio, a brisa refrescante de um clima excepcional brindava seus moradores com uma qualidade de vida bastante saudável. Vista do alto, mas parecia um pequeno tapete florido sobre os contrafortes do Planalto da Borborema.

O frio era constante o ano todo, mas sem ofuscar os lindos dias ensolarados que a natureza presenteava seus habitantes.

A cidade passou um bom tempo se desenvolvendo lentamente, tal qual uma criança engatinhando na criatividade de seu povo. Vivia sua história guardada num porta-joia como um tesouro de imensas raridades a serem exploradas um dia…

          E Gravatá dormia em berço esplêndido. Todavia, a população tinha muitos motivos para ser feliz. Correr para ver o trem passar, ter a mais famosa festa de Reis do agreste pernambucano, brincar os quatro dias de carnaval nos famosos blocos Mocidade Alegre, O Pato em Folia e nas noites “calientes” do C.D.G. Sem esquecer os eventos religiosos que aglomeravam  multidões… Andar pelo calçamento, pois quase não havia veículos, as serestas nas noites de lua, o São João com as fogueiras, adivinhações e quadrilhas improvisadas e a famosa feira para alegrar o final de semana. Dividir seu dia a dia, suas alegrias e tristezas com a vizinhança…Era assim Gravatá. Para os dias de hoje, talvez um pouco solitária e melancólica, porém proporcionando a seus habitantes uma imensa alegria de viver!

Mas chegou um dia em que essa serenidade, esse marasmo mudou de tom e Gravatá chamou a atenção de muita gente. A pérola saiu da ostra! E assim galopou com rapidez nos caminhos do desenvolvimento. Fizeram uma nova cidade. As mudanças surgiram numa rapidez incrível, muitas vezes passando por cima de coisas que foram feitas com carinho, com arte e criatividade pelos nossos antepassados.

É comum o antigo cair no esquecimento. E o desenvolvimento torna o passado cada vez mais distante…

Uma coisa é importante, preservando as poucas coisas que restam do passado, seja na manutenção dos prédios centenários, seja nas histórias contadas pelos últimos remanescentes de gerações passadas, sempre haverá algo para ser lembrado, revivido e nunca esquecido!

 

Dilsa Maria Farias Lopes (dilsamaria@gmail.com)

 

GRAVATÁ, A HISTÓRIA DE UM POVO EM FOTOS E RECORDAÇÕES

Projeto editorial, acervo, pesquisa, edição de textos e fotos da professora DILSA MARIA FARIAS LOPES

* 

Segue uma homenagem especial a algumas famílias gravataenses que tanto enobreceram e enobrecem a nossa querida Gravatá! Aqui viveram e aproveitaram o que Gravatá oferecia, retribuindo com dignidade o carinho que a cidade lhes proporcionou.  Saudades da feira quando era no centro da cidade, das antigas procissões que estimulavam seus devotos a seguirem com todo respeito e dedicação.

dilsa nov4

Uma homenagem especial à nobre Professora Ana da Luz que partiu esse mês deixando uma enorme lacuna no coração de seus ex-alunos e colegas!

Da esquerda para a direita: Professores Estácio, Alzira Lucena, Abel, Inês Ferreira, ANA DA LUZ,  Luzinete Teixeira, Ivaldo Carvalho, Jamesson, Toinha Rito, Lúcia Cahu, Nely Bento, Eliete Gomes. Sentadas: Lourdinha Melo e Fátima Leite!

Dilsa Nov1

 

Meus agradecimentos pela colaboração das fotos a Fátima Batista, João Batista de Lima, Ênio Barbosa, Isolda Carvalho, pois tivemos a oportunidade de ver uma foto com Seu Edgar Nunes Batista, sua esposa Naninha e seus 11 filhos.

Dilsa Nov2

A família Fagundes Marinho com o patriarca vestido com seu uniforme militar e não esqueceram dos animais de estimação.

Dilsa Nov3

A feira que era uma grande festa e uma antiga procissão da década de 40. Professores queridos ao lado da colega amada: ANA DA LUZ!

 

 

O Microfone “Metralhadora Giratória” da Rádio Gravatá FM, levado ao ar neste sábado, hoje, a partir das 12hs, está demais.

O programa é uma parceria do Jornalista Claudio Castanha – do blogdocastanha.com – com o diretor do Programa Primeira Página da Gravatá FM, Gilson Neto.

LOGOMARCA PRIMEIRA PAGINA  corelO Programa Primeira Página de hoje está quente, deixando o sábado, pelas ondas da Rádio Gravatá FM, muito mais inteligente.

O “Metralhadora Giratória” vai levar ao ar logo mais às 12hs para mais de 84 municípios pernambucanos e de de regiões dos Estados da Paraíba e Alagoas que recebem o sinal da Gravatá-FM, entrevistas com cantadores violeiros repentistas, com colecionadores de automóveis antigos, com os organizadores da Cavalgada da Lua e cavaleiros que vão falar do grande papel do cavalo na economia e promoção turística da região e com pessoas que estão organizando ceias de natal para famílias carentes da periferia de Gravatá.

O programa Primeira Página da Rádio Gravatá FM será transmitido diretamente das dependências do Hotel Portal de Gravatá, com  os âncoras Bosco Silva e Simone Cristina, produção de Márcia Daniele e direção de Gilson Machado Neto. O microfone “Metralhadora Giratória” é de responsabilidade do jornalista e blogueiro Claudio Castanha.

Não perca. Liga o rádio logo cedo e acompanha a programação. Das 12hs às 14hs tem o “Metralhadora Giratória”.

 

 

SOLIDARIEDADE – Participantes da “Cavalgada da Lua”, a ser realizada na noite de hoje em Gravatá, fazem doação de alimentos e brinquedos

cavalos noturnos 1

A foto é de arquivo

A noite de lua cheia de hoje em Gravatá será dos cavalos e cavaleiros

Sair por aí em grupo organizado, montado em cavalos percorrendo à noite de lua cheia, os caminhos de beleza natural de Gravatá virou modismo e atração turística na cidade.

A cada mês a Cavalgada da Lua ganha proporções bem maiores, e a partir de hoje, traz uma proposta de solidariedade. Cada cavalheiro vai colaborar com dois quilos de alimentos não perecíveis ou brinquedos e utensílios para serem doados as famílias carentes de Gravatá, em evento promovido pela Secretari8a Municipal de Assistência Social – dirigida pela Primeira Dama Pau7la Martiniano – até o final do ano.

A Cavalgada da Lua da Solidária é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Turismo que a cada mês fica mais organizada e participativa.

Os cavaleiros que vão abraçar a causa podem fazer a entrega dos donativos durante a concentração dos seus animais no Pátio de Eventos da Cidade, a partir das 19 horas deste sábado.

 

 

10º Encontro Pernambucano de Vaículos Antigos é sucesso absoluto no Hotel Portal de Gravatá, até o domingo

carro antigoA exposição é gratuita, aberta ao público e reúne cerca de 300 automóveis antigos, verdadeira relíquias. Gravatá é um dos mais importantes polos de automóveis antigos de colecionadores do Nordeste.

O hoteleiro Eduardo Cavalcanti nunca imaginou que uma ideia e iniciativa sua fosse um dia ter tanto sucesso. Gravatá foi invadida neste fim de semana por centenas de veículos antigos de inúmeras marcas e diferentes anos de fabricação, verdadeiras relíquias de colecionadores de todos o Nordeste.

A 10ª Edição do Encontro Pernambucano de Veículos Antigos e o 9º Encontro Nordestino de Veículos Antigos é sucesso absoluto em Graavatá neste fim de semana. Os eventos são promovidos pelo Clube de Automóveis Antigos de Pernambuco (CAAPE) no Hotel Portal, reunindo cerca de 200 colecionadores e 300 automóveis.

Quem visitar a exposição vai ficar surpreso com tanta relíquia trazidas da Bahia, Alagoas, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará e Piauí, além dos automóveis dos colecionadores pernambucanos e gravataenses.

A exposição termina domingo.