Tumulo de Eduardo Campos muito visitado neste Dia de Finados, em Recife

O túmulo, que fica ao lado da sepultura do também ex-governador e avô de Campos, Miguel Arraes, no Cemitério de Santo Amaro, recebeu flores, velas e uma bandeira de Pernambuco.

cemiterio-580x500Admiradores do ex-governador Eduardo Campos, morto em um acidente aéreo em agosto de 2014, aproveitaram o Dia de Finados para prestar homenagens póstumas no Cemitério de Santo Amaro, no Centro do Recife.

O aposentado Marcos Antônio de Figueiredo aproveitou a visita a túmulos de parentes para homenagear os ex-governadores. “Eu era eleitor dos dois. Se Eduardo não tivesse morrido, seria meu candidato à presidência”, contou.

Dionísio Pereira trabalhou como segurança na campanha de Campos e lamentou a morte do político. “Ele deixou muita saudade. Faz muita falta para a esposa e para os filhos”, disse.

Eduardo Campos faleceu no dia 13 de agosto aos 49 anos, exatos nove anos após a morte do avô, o ex-governador Miguel Arraes. Em sua trajetória política, foi deputado estadual e federal, secretário da Fazenda, ministro da Ciência e Tecnologia, e governador de Pernambuco, antes de renunciar para concorrer ao Palácio do Planalto.